Advertisements
Anúncios

Deu calote na cantina, mas queria administrar o Corinthians

fernando, paulo e andres

O empresário Paulo Garcia, dono da Kalunga, irmão de Fernando Garcia, que, ao lado do Deputado Federal Andres Sanches (PT), investigado por corrupção no STF, infelicita o departamento de futebol do Corinthians, queria ser presidente do Timão.

Porém, mesmo divulgando pesquisas (claramente inventadas), que o colocavam à frente da disputa eleitoral, teve que se render à realidade de sua enorme rejeição pessoal e abdicou da disputa, no último instante.

A reunião em que comunicou a desistência foi realizada na Cantina do Marinheiro, tradicional espaço gastronômico de São Paulo.

Garcia liberou a “boca-livre”, apesar de contrariado com a própria ineficiência.

Meses se passaram, e a conta do estabelecimento, cara, não foi paga.

Um calote que só pode ser explicado, para alguém com tanto dinheiro, pelo hábito de não honrar com a palavra.

O Noroeste que o diga.

O vexame só foi minimizado porque oposicionistas, solidários ao comerciante, se cotizaram e arcaram com o prejuízo.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: