Órfãos do ALO Presidente

andres ALO

Durante três anos, o ALO Presidente esteve em campanha pelo cargo máximo do Corinthians, com direito a fã-page em facebook, distribuição de camisetas, entre outras coisas.

Nesse período, criticas ferozes foram feitas aos procedimentos de Roberto “da Nova” Andrade enquanto diretor do Corinthians.

Porém, quando da composição da chapa situacionista, semanas atrás, os admiradores do ALO Presidente, atônitos, nada entenderam.

Os pássaros, que cantavam felizes, emudeceram.

O ALO, mais uma vez, não seria Presidente.

Pior, aceitou posição subalterna a de Roberto, lançado candidato ao cargo máximo alvinegro.

Apesar de que, o procedimento do ALO, não chega a ser nenhuma novidade.

Nos anos que antecederam a eleição de Mario Gobbi, o ALO Presidente portou-se de maneira semelhante, criticando o delegado, lançando-se como alternativa, para, depois, abrir mão da promessa, contentando-se em servi-lo com submissão.

Os pobres admiradores do ALO Presidente, já naquela época, sentiram-se frustados.

“ALO, ALO, ALO”, era o som dos pássaros, ex-felizes, que não encontram mais forças para voar, seja no Parque São Jorge, ou no facebook, local em que foram criados.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.