Advertisements
Anúncios

Advogados tentam receber calote do Corinthians, mas encontram apenas R$ 128,50 nas contas do clube

Felipe Ezabella

Recentemente, o Corinthians passou pelo vexame de ter suas contas bloqueadas para pagamento de R$ 3,5 milhões à UNISANTANA, em ação perdida por conta de rompimento unilateral de contrato.

À época, o então vice de esportes terrestres, Felipe Ezabella, ajudou o presidente Andres Sanches a afastar a Universidade, que prestava serviço no Parque São Jorge.

Deu no que deu.

Mas a dívida não parou por ai: sentenciado a pagar, além da pendência principal, também as custas processuais, o clube se manteve inerte e, agora, acaba de sofrer nova ação de cobrança, desta vez da Emerenciano, Baggio e Associados Advogados, defensores da UNISANTANA.

O valor, à princípio, era de R$ 392.648,56, mas, com a devidas correções, aproxima-se de R$ 500 mil.

Em dezembro, novo bloqueio foi autorizado pela justiça, mas R$ 128,50 foram encontrados nas contas alvinegras.

O Corinthians, na sequência, ofereceu acordo para pagamento parcelado, exigindo, ainda, desconto no preço final, mas, na última quinta-feira (21), a proposta foi negada pelo escritório.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: