Advertisements
Blog do Paulinho

Dinheiro da Seleção Brasileira foi parar no bolso de ex-candidato a presidente da FIFA

Andres Sanches e a lavagem de dinheiro: testemunha depõe hoje

A PriceWaterhouse Coopers descobriu, após minuciosa análise, que a ISE, empresa da Arábia Saudita responsável por organizar os lucrativos jogos da Seleção Brasileira, pagou propina ao ex-candidato a presidência da FIFA, Bin Hammn.

Vale lembrar que o contrato com a CBF, assinado em 2006, tem validade até 2022.

Os auditores dizem que se trata de “lavagem de dinheiro”, apontando que US$ 2 milhões foram pagos diretamente a Bin Hammn, e o restante, mais US$ 12 milhões, a AL BARAKA INVESTIMENT, de ligações com o dirigente.

Investiga-se, agora, os outros rumos do dinheiro, já que, por razões óbvias, ninguém acredita que Hammn tenha deixado de dividir o montante com comparsas, entre eles, os contratantes da ISE.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: