Advertisements
Anúncios

Nosso sindicalismo é uma vergonha

Milton Simas, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, durante abordagem a repórter Marc Sousa, da Record, que estava próximo a acampamento pró-Lula em Curitiba (PR)

Da FOLHA

Por ROBERTO DIAS

‘Aviso’ de sindicalista a repórter é sintoma das fragilidades do movimento

“Vocês falaram mal do acampamento, tu vai lá para onde tá o carro da polícia.”

Quem diz isso é o presidente do Sindicato dos Jornalistas do RS, Milton Simas. Vestido com camiseta do MST, ele está no acampamento Marisa Letícia, em Curitiba, onde pessoas que defendem o ex-presidente Lula foram alvo de atentado a tiros no sábado passado (28).

Seu interlocutor é o repórter de televisão Marc Sousa. “Vocês são do SBT”, diz Simas. “Não, da Record”, responde o repórter. O erro de informação não lhe importou: “Acho que a imprensa tá toda junto no golpe”.

O que o sindicalista queria mesmo era advertir: “Sou jornalista, teu colega, tô te avisando que é para preservar tua integridade. Pro teu bem”.

O vídeo é constrangedor. Como tudo é possível neste mundo, a coisa ficou ainda pior quando Simas resolveu se explicar, noutro vídeo.

Dizendo defender “a liberdade de expressão e o livre exercício da profissão” —exatamente o contrário do que praticou—, ele afirmou que a CUT ajudou a bancar a viagem e recorreu a argumentos tão ou mais absurdos para explicar sua atitude.

“Fizemos cursos [sobre] como nós profissionais jornalistas devemos trabalhar em pautas de risco”, disse ao justificar seu “aviso” em Curitiba. Ele acha que estava em pauta? Ou que é chefe do repórter?

“Ressalto aqui que não tinha nenhum representante do sindicato dos jornalistas daquele estado [PR]”, afirmou. E deveria? Por qual motivo?

Simas é só um sintoma. Vale lembrar a nota do Sindicato dos Jornalistas de SP na prisão de Lula, culpando as empresas pelas agressões a seus profissionais, para ver como o problema está enraizado.

As fragilidades do sindicalismo obviamente atravessam profissões. Ficam por demais evidentes quando vistas dentro da sua. Gente que usa o dinheiro que deveria defender uma categoria para fazer política. O sindicalismo adora culpar todo mundo por seu enfraquecimento —mas ele é que enfraquece a si próprio.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: