Advertisements
Blog do Paulinho

Produtora de teatro detona Departamento Cultural do Corinthians

chaves momper

A produtora, atriz e diretora Tatyane Momper, responsável por peças teatrais de enorme sucesso, entre elas, “A Turma do Chaves”, não aguentou mais os maus tratos do Diretor Cultural do Corinthians, o desempregado Flávio Ferrari Junior, vulgo “Ferrarinho”, além da falta de condições mínimas de trabalho do clube, e retirou de cartaz, duas semanas antes do término, o espetáculo “Vida Loka”, que deveria ser exibido até o dia 25 de maio.

Indignada, desabafou:

“Tirei minha peça de cartaz dois finais de semana antes de acabar a temporada devido o mal tratamento do Sr. Ferrari, que trata as equipes teatrais como lixo, cobrando aluguel caro, por um teatro que não tem um técnico, um telefone de bilheteria, uma máquina de cartão, impressoras e computadores para controle de borderô.

Sinto muito, mas esse homem não entende de cultura.

Além de deixar esse teatro sempre fechado, as poucas companhias que se arriscam, como eu, a ficar em cartaz, são humilhadas, mal atendidas e não encontram estrutura para um bom trabalho devido a má direção.

Tive um gasto alto de gráfica e divulgação que foram inúteis pois tivemos que sair antes de lá por causa das ameaças e grosseiras desse Ferrari.

Sou Corinthians e me dói ver meu clube com um ser sem escrúpulos como esse lá dentro e na direção.

FORA FERRARI você não entende nada de cultura.

E me paga o que gastei de gráfica pois vou pra um teatro com um administrador descente

Fica aqui meu desabafo”

Ontem, publicamos Ação que o Timão perdeu, na justiça, para Cristiane Natali, que se recusou a participar de “atos ilícitos” no Parque São Jorge, também vítima da desorganização e incompetência do Departamento Cultural, além de maus-tratos, de “Ferrarinho”, responsável pelo setor.

Corinthians passa vexame na Justiça e perde ação para ex-gestora de Teatro do clube, que recusou-se a participar de “atos ilícitos”

EM TEMPO: procurado pelo Blog do Paulinho, o Corinthians, através da Sra. Shirley, que atendeu no ramal 3051, limitou-se a dizer que não haveria espetáculo porque o contrato foi rompido, sem dar mais detalhes.

vida loka

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: