Negócio “Fielzão” fica cada vez pior para o Corinthians

andreslula

Saiu publicada, hoje, no Estadão, a pauta da próxima reunião do Conselho Deliberativo do Corinthians, a ser realizada, de maneira inusitada, em Itaquera, e num sábado, dia 26, próximo.

Há quem diga que a escolha de um final de semana – tradicionalmente o Conselho se reúne em dias úteis, à noite – se deu visando dificultar a presença dos que poderiam, de alguma maneira, questionar a pauta do dia.

Ao observar os itens a serem discutidos, dá para entender bem a manobra.

b) Autorização para celebração, pela Diretoria, de Aditivo ao Contrato de Construção da Arena Corinthians, contemplando AUMENTO NO VALOR DA CONTRATAÇÃO.

c) Autorização para celebração, pela Diretoria, dos Instrumentos contratuais necessários à nova operação de financiamento bancário, no valor de R$ 350 milhões, a fim de fazer frente a compromissos financeiros assumidos no Âmbito da Construção da Arena Corinthians.

Em resumo, o que custava mais de R$ 1 bilhão, custará ainda mais.

Os empréstimos do BNDES, R$ 420 milhões (pelo qual o clube cedeu, em garantia, 1/3 do Parque São Jorge, o terreno de Itaquera e os direitos de comercialização de sua marca) e os CIDs da Prefeitura, mais R$ 400 milhões, não deram nem para o começo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.