A brilhante definição de Tostão sobre os “chatos” que comentam futebol

taticas

(trecho da Coluna de TOSTÃO, na FOLHA)

“O tecnicismo invadiu o futebol na televisão. As análises técnicas, táticas e as estatísticas são essenciais, desde que não sejam exageradas.

O jogo é também uma representação da vida.

Os sistemas táticos servem de referência, de repressão e de avisos aos atletas, de que eles não podem ultrapassar certos limites.

Isso gera conflitos.

Os momentos diferentes de um jogo e de uma existência se entrelaçam e formam uma história.

Quando termina, dissecamos os fatos, sem as emoções do instante em que aconteceram.

Muda-se a história.

A grande diferença entre a vida e o futebol é que, na vida, sempre perdemos no fim.

O narcisismo humano não suporta a finitude da vida.”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.