Advertisements

UEFA deixa lavadores de dinheiro preocupados

Andres Sanches e a lavagem de dinheiro: testemunha depõe hoje

Faz muito bem a UEFA, liderada por Michel Platini, em querer proibir em todo o mundo a farra de empresários, que já beira a indecência, ocasionadora, certamente, não apenas da inflação no custo de atletas no futebol, mas servindo também como via de acesso à lavagem de dinheiro de bandidos internacionais.

Pela proposta europeia, somente seriam aceitas negociações de clubes para clubes, o que já é previsto na Lei brasileira.

Embora, por interesses outros, lei esta nunca aplicada.

Evidentemente os “espertalhões” de sempre, gente ligada aos intermediários do esporte, que para operarem no mercado são extorquidos também por dirigentes de clubes, que exigem sua fatia no bolo, já começaram a chiar.

Por exemplo, Edu Gaspar, do Corinthians, disse que “o clube é fiel a seus parceiros”, evidentemente pensando em Carlos Leite, que manda e desmanda no futebol alvinegro, intermediário que é “daqueles” que 16 conselheiros expulsaram do clube, em 2006.

Gente ligada a Máfia Russa, que lava dinheiro no futebol, num esquema que, somente no Corinthians, fez girar quase 200 contratações em apenas 4 anos.

Lista que será aqui publicada, em breve.

Mas há outros clubes que também aderiram ao “lava-lava” que torna o futebol mais caro, e propicia muito mais lucro aos empresários do que às próprias agremiações.

No Palmeiras, por exemplo, comissões de até escandalosos 60% chegaram a ser pagas, porém, mais “democrático”, o clube transaciona com quase uma dezena de atravessadores.

O São Paulo, que já é quintal há anos de Juan Figger, cedeu parte do “terreno” a Eduardo Uran, que também faz negócios pontuais com gente de reputação ruim no esporte.

Santos e DIS por muito tempo trabalharam juntos.

Não há o menor sentido um clube possuir departamento de futebol se quem contrata e descontrata são agenciadores que pouco se importam com a agremiação.

Se os dirigentes não possuem competência para negociar, que sejam substituídos, e resguardem-se os direitos de quem, de fato, tem que lucrar com seu patrimônio.

Desconfie de dirigentes que pensem de maneira diferente.

Os que não se acomodaram na incompetência, certamente fazem parte de alguns desses “esquemas”.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: