Advertisements
Anúncios

Corinthians aumenta salário, diminui multa de Jadson, e não registra valor pago por Pato na CBF (com documento)

carlos leite

Na última semana, descobriu-se que os dirigentes do Corinthians, generosos, agraciaram os empresários de Jadson com 10% de comissão, mensais, sobre os valores do salário a ser recebido pelo atleta, mesmo sabedores de que o jogador já paga aos agente outros 10%.

Apenas para situar o leitor, apesar de Bruno Paiva assinar oficialmente como empresário do jogador, até as árvores do Parque São Jorge sabem da “ingerência” de Carlos Leite (foto) e do treinador Mano Menezes sobre o “produto”, aliás, convocado pela dupla em tempos de Seleção Brasileira, na Copa América.

Tivemos acesso, ontem, ao documento oficial da transação, entre FIFA E CBF, que demonstra, claramente, a boa vontade do clube para com os negociadores.

Jadson 1

O último salário de Jadson, registrado pelo São Paulo na CBF, foi de R$ 130 mil mensais, com a multa contratual estipulada em R$ 100 milhões.

Acordo assinado em 31/01/2012, que findaria no dia 31/12/2014.

Jadson 2

Fala-se que o clube do Morumbi pagava, de fato, R$ 250 mil mensais ao jogador, que podem ter sido complementados com os famosos “Direitos de Imagem”, ou mesmo, terem sido pagos à margem da Lei, sem conhecimento “oficial” de FIFA e CBF.

Em 13/02/2014, o Corinthians concluiu a negociação de Jadson, com contrato até 31/12/2015, envolvendo no negócio o empréstimo de Alexandre Pato, sem custo para o São Paulo, com o clube arcando com metade dos vencimentos, avaliados em R$ 400 mil (50% de R$ 800 mil).

Porém, o salário de Jadson, que o Tricolor não terá que pagar, apenas o Timão, saltou para R$ 300 mil mensais, acompanhada de uma estranha redução de multa, para R$ 15 milhões.

Na prática, aumentou-se os valores de referência para a remuneração dos empresários, ou seja, o salário, facilitando qualquer possível negociação, com a redução da multa, atitude que contraria os procedimentos naturais dos clubes, que é o de, proporcionalmente, equipar os salários aos direitos econômicos.

Até ontem, embora já treinando no São Paulo, Alexandre Pato permanecia vinculado, por contrato, ao Corinthians, com salário registrado na CBF de R$ 300 mil mensais (acrescidos de R$ 500 mil, por direito de imagem), e multa contratual de R$ 100 milhões, que o Timão, tudo indica, abriu mão de receber, além do notório prejuízo de R$ 40 milhões, pagos por apenas 60% dos direitos do atleta.

Embora seja estranho que, pelo documento registrado na CBF, não constem os valores da transação do Milan para o Timão, obrigatório, por Lei, apenas a indicação de rescisão do vínculo com a equipe italiana.

pato 1

pato 2

CONFIRA ABAIXO OS DOCUMENTOS OFICIAIS DE TRANSFERÊNCIA DE JADSON E ALEXANDRE PATO, REGISTRADOS NA CBF

TMS JADSON

TMS Pato

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

11 comentários sobre “Corinthians aumenta salário, diminui multa de Jadson, e não registra valor pago por Pato na CBF (com documento)

  1. Paulinho, que coincidência mais maluca. Os dois são Rodrigues da Silva?

    Bom, mas é típico do Caixa Preta governamental realizar negociatas obscuras. Depois, alguns BOÇAIS ABSOLUTOS não admitem o motivo de uns prosperarem mais que os outros em gestão, patrimônio, títulos, reputação e repertorio internacional…

  2. Arapuca montada para um futuro roubo…..rs

    Assim é a vida de um ladrão de ………..

  3. Empresario de jogador, melhor que político. Este sofre com a Receita Federal, tem a vida vasculhada, é alvo de CPI e o kct.

    empresário, dirigente, e similares vivem na surdina, mocozados, ninguém sabe, ninguém viu, e o clube que se f….

    quero ver qdo a mamata do curica com o governo acabar.
    Uma hora acaba, tenha certeza

  4. Paulinho, você deveria esfregar esses documentos na cara desse monte de “jornalistas” que cobriram ambas as transações passando pra população notícias falsas, uns por puro despreparo mesmo e outros… sabemos bem o porquê. como eu sei que são muitos, se quizer eu ajudo na empreitada.

  5. Ngm controla nada no Corinthians ?? Não tem uma pessoa, um grupo, um departamento de “vai dar merda” que quando um negocio desses acontece, para, e da um breque nessa bandidagem ???

    Que zona esse clube !!

  6. Vamos lá com nossas contas….

    R$ 300 mil para o Pato, R$ 300 mil em dois anos sem contar encargos trabalhista da um total de R$ 7.200.000,00 milhões

    Se a multa do Jadson é R$ 15 milhões, o Corinthians só tem direito a R$ 7.5 milhões, ou seja, 50%…

    Sendo assim se o Jadson for vendido amanhã seus valores serviram somente para o Corinthians bancar um jogador por dois anos no time rival.

    Se colocarmos encargos trabalhista, mais o aumento salarial do Jadson fica claro e notório que o Gobbi é o maior simpatizante do 5pfw que eu já vi na vida…

  7. Palhaçada… futebol virou lavagem de dinheiro!!!! Acho incrivel pelo seguinte, como pode os jogadores de antigamente ganhava muito menos e tinha mais brilho e mais raça, hoje os caras ganha o dobro e nao vale bosta….muito dinheiro se traz mordomia…então não reclame se pato ta jogando ou não…ganha muito pra isso….não faz diferença depois no bolso deles…..

  8. Olha todos estes presidentes de clubes só fazem negociatas, este GOBBI conseguiu quebrar o corinthians, deveria ter uma investigação do conselho lamentavel

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: