Advertisements
Anúncios

Corinthians dá calote em FGTS e ex-funcionário leva R$ 400 mil na Justiça do Trabalho

Luis Bussab, diretor jurídico

Em maio de 2013, o ex-funcionário do Corinthians, José Martinez, ingressou com Ação Trabalhista contra o clube, cobrando diversas pendências, entre elas, calote de FGTS, oriundo da gestão “Renovação & Transparência”.

Para defendê-lo, contratou o ex-advogado do clube na gestão Dualib, Dr. Sergio Dante Grassini, que “duelou” no processo com Diogenes Pimentel, subordinado ao diretor jurídico Luis Alberto Bussab.

Na audiência de conciliação, mesmo tendo sido prejudicado, o Sr. Martinez aceitou fazer acordo, recebendo R$ 60 mil, que poderiam, até, vir a ser parcelados.

O Corinthians, que, a princípio foi simpático à proposta, por determinação de Bussab, mudou de posicionamento, pagando para ver no que o processo – uma causa perdida – iria dar.

E o prejuízo foi grande.

No último dia 15 de janeiro, a Justiça do Trabalho condenou o clube a pagar R$ 400 mil, corrigidos desde o início da Ação.

O mais alarmante, além da evidente incapacidade, diria, até, irresponsabilidade do departamento jurídico do Corinthians, e também do financeiro, responsável pelo calote, é que existem outras ações semelhantes, dezenas, todas podendo ser beneficiadas pela decisão destacada pela matéria.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: