Advertisements

Tais como são, os “rolezinhos” atentam contra direitos coletivos

rolezinho

Da FOLHA

Por MAURO RODRIGUES PENTEADO

Por mais que nos solidarizemos com nossa juventude humilde que busca espaços para se relacionar e dar vazão ao seu amor e alegria, não é possível apoiá-la nessa onda recente de “rolezinhos” marcados em shoppings centers e outros locais privados com destinação específica.

É triste a ausência de opção de lazer para nossos jovens de camadas mais pobres. No entanto, os “rolezinhos”, tais como vêm sendo marcados, atentam contra os direitos individuais e coletivos assegurados pela Constituição Federal.

Isso sem falar no direito também constitucionalmente garantido à propriedade e à livre iniciativa (arts. 1º, inc. IV, 5º, “caput” e 170). Daí porque estão corretas as liminares concedidas pelo Judiciário aos shoppings –que estabeleceram multa aos participantes.

Os shoppings são empreendimentos privados abertos ao público especificamente para compras, lazer, diversão, passeio.

A maioria deles tem cinemas e praças de alimentação. Nenhum deles tem ainda uma “praça do rolezinho”, modalidade de diversão muitas vezes conturbada por jovens infratores, ferindo o legítimo direito de pais, mães e filhos a um lazer sossegado e seguro que vão buscar nesses ambientes privados e protegidos.

Se o poder público não disponibiliza, como deveria, espaços próprios para o saudável congraçamento e encontro entre jovens, nem por isso os brilhantes moços que os organizam deixam de ter alternativas interessantes.

E todas elas são protegidas pela Constituição.

AVISO

O inc. XVI do art. 5º garante que “todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização”, bastando “prévio aviso à autoridade”.

Ora, por que não organizar os encontros no sambódromo ou outros locais públicos? Os convocados pela internet não vão faltar. Meninos e meninas levam o som, comidas e bebidas (sem álcool de preferência). Aí a festa será “legal”, no duplo sentido: com muita animação e sem riscos de liminares e multas.

Juridicamente, basta os organizadores enviarem cópia da convocação à prefeitura e à Secretaria da Segurança.

MAURO RODRIGUES PENTEADO é advogado, árbitro e professor de direito comercial da USP

Advertisements

Facebook Comments

64 Responses to “Tais como são, os “rolezinhos” atentam contra direitos coletivos”

  1. MOSQUETEIRO Says:

    Éssa discussao é simples de se resolver, qualquer pessoa tem o direito de frequentar um Shoping, desde que nao seja em bando.

  2. A NAÇÃO MAIS RICA DO MUNDO ESCOLHEU O CT DO S.P.F.C.....ENQUANTO ISSO O PAÍS DOS HOMENS BOMBA E ASSASSINOS ESCOLHERAM O SPORT CLUBE PUTEIRO PAULISTA. NADA MAIS OBVIO NÈ. Says:

    ENTÃO………QUE ESSA. TCHURMINHA DE ROLEZINHO SE REÚNEM E VÃO REIVINDICAR TODOS OS SEUS DIREITOS. QUE TAL UM ROLEZINHO NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO………. OU ALGUÉM DESSE BLOG ACHA QUE ALGUMA COISA VAI MUDAR COM BLÀ. BLA. BLA …. NESSE PAÍS.

  3. Jackson Souza Barbosa Says:

    Sou contra sim, já Fui vitíma desses bonde, no ponto em frente o shopping.

  4. Delegada Helô Says:

    Críticas de segregação em 1,2, 3….

    Hipocresias à parte, todos nós temos um senso de certo e errado e, as imagens mostraram uma baderna que tocou o terror em quem estava nos locais. Também foi noticiado o espancamento de um guarda municipal, se não me engano, em uma praça de Guarulhos. NINGUÉM em sã consciência quer ferir os direitos destes jovens, tirar-lhes o direito de ir e vir, de frequentar locais públicos, muito menos provocar um apartheid, como muitos estão falando. Se as regras de sociedade não são obedecidas, abre-se o precedente para a barbárie, o vale tudo, o desrespeito a ordem, deste modo o direito ferido são de outras pessoas, por exemplo os trabalhadores que frequentam shoppings, sim por que ao contrário do que dizem, não somos burgueses. A grande maioria dos assalariados frequentam shoppings, cinemas, praças de alimentação e às vezes restaurantes, que por sinal têm sido vítimas de arrastões. Imagino na copa, quando a força policial estiver postada nos entornos de estádios e o resto estiver desprotegido, vai ser um Deus nos acuda.

    Então aos que vierem contestar posts como o meu, fica a pergunta:

    Se você estivesse no shopping, com seus filhos pequenos e isso ocorresse o que você faria? Como você se comportaria? Se uniria aos jovens na baderna ou tentaria proteger seus filhos?

    O direito é uma via de mão dupla, onde o seu não pode privar o meu, mas sempre deve passar pelo crivo do bom senso, do respeito e do que é justo.

  5. A NAÇÃO MAIS RICA DO MUNDO ESCOLHEU O CT DO S.P.F.C.....ENQUANTO ISSO O PAÍS DOS HOMENS BOMBA E ASSASSINOS ESCOLHERAM O SPORT CLUBE PUTEIRO PAULISTA. NADA MAIS OBVIO NÈ. Says:

    A DIFERENÇA É QUE…….POBREZINHO GOSTA DE ROLEZINHO…….E O RIQUINHO GOSTA DE ROLEXZINHO. SÃO AS DIFERENÇAS SOCIAIS DESSE PAÍS.

  6. Caldas Says:

    Ainda não tenho uma opinião formada a respeito e acho que o assunto tem ainda muito que ser debatido, mas de uma coisa tenho certeza, se a “desculpa” para as liminares são de que os shoppings são uma propriedade privada a PM não pode agir lá dentro da forma que está agindo.

  7. Dejair Says:

    Ah, mas para a “esquerda caviar” , quem é contra é reacionário , nazi-fascista

  8. Sempre a Verdade Says:

    só apóio rolezinho de motoboy.

  9. Tony Harper Says:

    Eu vi o vídeo do guarda municipal sendo espancado, bateram até com capacete nele, as informações são que ele havia abordado um grupo de adolescentes com bebida alcoolica, ou seja, estava fazendo seu trabalho…

    Povo está ficando cego, os black block lá que bateram no policial pregavam o socialismo, anti capitalismo, mas tem um retardado lá filmando com IPHONE!!

    Não se enganem, nestes “protestos” tem MUITOS jovens bem de vida e ricos que só querem aparecer no facebook, falsos moralistas…

  10. Lampião - GAIVOTAS DA FIEL, é do CURINTIAAAAAAA Says:

    Paulinho

    logo abaixo comentários do

    Jesuisssssssssss e Peixoxota, os alienados que comem merda.

  11. Edu Says:

    O autor deste texto, é de outro planeta….esses rapazes nao querem apenas se reunir……eles querem afrontar…..depredar….

  12. Fred2 Says:

    vamos a mais sugestões:

    que tal um rolezinho em frente a uma agencia de empregos?
    ou em frente de :

    – Sede da PF,
    – Sede da RF,
    – Palácio do governo

  13. MOSQUETEIRO Says:

    Se continuar esse estado de coisas que acontece neste pais, como auxilio cadeia, bolsa familia, esse roubo descarado desses politicos…as pessoas que realmente sao produtivas e que sustentam esses absusrdos estao vendo que só tem obrigaçoes a cumprir e nada que lhes favorece, nao dou 10 anos para que este pais fique as traças, aqui o malandro, o vagabundo é protegido pelas leis…até quando a sociedade vai ficar sustentando esses politicos pilantras…nao se espantem se um desses canalhas que habitam a nossa politica, lançar a bolsa shoping.

  14. AntimidiaBlog Says:

    bla, bla bla bla, bla bla, bla bla bla, bla bla, bla bla bla…….

  15. Osvaldo SEP Says:

    Concordo 100% com o Mosqueteiro,

  16. Fábio Fuscaldi Neto Says:

    O comentário da Delegada Helô foi perfeito!
    O direito de cada um começa onde termina o do outro. Aqui, penso eu, ninguém quer a proibição de qualquer jovem ir ao shopping, e sim de evitar a baderna. Mas, como temos muitos “xiitas” por aqui, a mania de perseguição da “direita burguesa” contra a “esquerda oprimida” é latente. Tenhamos todos o bom senso necessário para avaliar: os jovens estão lá para se divertir ou estão atrapalhando a diversão dos outros, seja gritando, ouvindo música alta ou brigando? Acho que o ponto principal é esse, independentemente de ideologia (que imagino que muitos deles nem saibam o que é isso, se são de direita ou de esquerda…)

  17. Diogo Batalha (@diogobatalha) Says:

    “Ora, por que não organizar os encontros no sambódromo ou outros locais públicos?”

    Tradução: Vá ser pobre, mas longe de mim.

  18. Peixoto-Pres.Prudente/SP Says:

    Duvido que se esse “rolezinho” tivesse sido agendado por playboys do Colégio Pedro II e correlatos, ou pelos boyzinhos de Higienópolis, se teríamos policiais, oficiais de justiça, etc, impedindo a entrada dos meninos de camiseta da Hollister, de tênis de mil reais, de rolex no pulso…e claro, brancos de olhos claros…
    Qualquer imbecil sabe que só tiveram essa reação porque são pobres e pretos da periferia…
    É como se dissessem: Fiquem nas Favelas, aqui não é o seu lugar!!!

  19. Xipi Says:

    qdo era muleq, nas ferias de janeiro jogava gol com caixote, descalço na rua, nao precisa de pai rico ou tenis da moda pra ter um lazer saudavel
    gente humilde luta pra ser alguem na vida de cabeça erguida, dignidade nao tem nada a ver com status social
    bando de vadios criados a base de funk e bolsa familia, e a tendencia eh piorar

  20. Sou Curintiano Corrupto e Pilantra Says:

    Peixoxota, playboy nao promove relezinho, isso eh coisa manipulada pela turma do 9 dedos que quer provocar os caos em Sao Paulo, vide Campinas, a policia fazendo seu trabalho vao dizer que, com a ajuda da imprensa, que torturaram, bateram nesses “coitados” que apenas queriam se sentir “incluido” na sociedade capitalista. Quando acontece isso a petralhada se sentem dos “pobres” andando de carros importados, blindados, aviao, etc.
    Mas isso ja virou moda, todo ano de eleicoes para governador e presidente SP vira esse caos orquestrado para depois culparem o governo. Podem se preparar que esse ano sera um inferno vermelho em SP.

  21. Renato Says:

    Peixoto, o que você tem a dizer sobre Lulla e a elite petista apoiarem Malufs, Sarney, Roseana Sarney, Collor, Valdemar Costa Neto,…

    Espero sua resposta.

  22. kasparaitis Says:

    Peixoto, eu e meus amigos (todos pobres, ninguém ganha mais de três salários mínimos, não se preocupe) estamos marcando um rolezinho para o próximo fim de semana no quintal da sua casa. tudo bem, né? ah! não esqueça de providenciar bastante pinga pra galera, faz o favor!

  23. Fernando Says:

    Gente sem educação tem que ser colocada no seu devido lugar mesmo.

  24. Mirassol 6x2 Says:

    Mirassol 6 x 2 Disse:
    janeiro 13, 2014 às 11:31 am
    É preciso limpar pessoas de baixa renda destes locais. O certo é cobrar ingresso para se entrar em shopping, e ingresso caro. Prefeito Hadad, é preciso construir um barracão em Parelheiros, colocar barracas de cachorro-quente, churrasco grego e bolo de fubá, fliperama e mandar essa gente pra lá. Vamos deixar o Brasil pra quem produz e paga imposto de renda.

    E hoje o Paulinho me surpreende com um texto de um professor da USP falando a mesma coisa que eu postei em outro tópico, só que com outras palavras.

    Peixota: pegue estes vagabundos e leve para sua fazenda em Presidente Prudente. Chame também o Lula e o Dirceu. Assim o presídio estará completo.

  25. Carlitus Says:

    Lugar de vândalo é na Jaula.

  26. Junior Says:

    MOSQUETEIRO Disse:
    janeiro 14, 2014 às 8:58 am

    “as pessoas que realmente sao produtivas e que sustentam esses absusrdos estao vendo que só tem obrigaçoes a cumprir e nada que lhes favorece, nao dou 10 anos para que este pais fique as traças, aqui o malandro, o vagabundo é protegido pelas leis…até quando a sociedade vai ficar sustentando esses politicos pilantras…”

    Comentário perfeito se não tivesse saído das mãos de uma pessoa que defende com unhas, dentes e opiniões a construção de um estádio que corre em seus vãos a corrupção do governo do PT.

    Vai dizer que não tem nexo? que odeio seu time? que tenho dor de cotovelo? releia seu comentário.

  27. Fernando Says:

    Os comunistinhas de faculdade piram

  28. Osvaldo SEP Says:

    Mirassol 6×2 , OU MELHOR….JUDAS…Assume o nome, não se esconde

    Voce vomitou : É preciso limpar pessoas de baixa renda destes locais. O certo é cobrar ingresso para se entrar em shopping, e ingresso caro.

    Aonde esta escrito que Shoping é local publico ?

    Voce sabia que tem que pagar estacionamento em Shoping ?

    Deixa de ser escroto, e aproveita, voce, o Peixoto, e outros vermelhos que estão de biquinho aqui e expliquem

    PORQUE O GOVERNO INVESTIU 682 MILHÕES DE DOLARES NUM PORTO EM CUBA E A TRANSPOSIÇÃO DO SÃO FRANCISCO ESTA LARGADA AQUI ?

    QUERO VER MACHO RESPONDER, MAS NÃO COM LINK DE BLOG VERMELHO, EU QUERO COISA OFICIAL

  29. Osvaldo SEP Says:

  30. Mirassol 6 x 2 Says:

    Caro Osvaldo SEP, volte para a escola de latinha.
    Sua orelha deve ter tapado seus olhos, ou você é um daqueles analfabetos funcionais de que tanto falam aqui no blog.
    Sou CONTRA o rolezinho ou qualquer manifestação de pessoas mal-educadas (inclua-se nela).
    Não sou Judas, nem nenhum dos acéfalos que você chama de parente.
    Não sou do PT, odeio Fidel Castro e seu cubismo, não compactuo com os ideais de Stallin ou de outro sociopata qualquer.
    Eu acho que rico e pobre não devem se misturar, até porque eles tem culturas diferentes. Ou você se sentiria bem na Praia Grande? Outra coisa, não confunda pobreza com cor da pele ou origem: pobre não é sinônimo de negro ou nordestino, assim como rico não é sinônimo de branco ou japonês.

    Vamos deixar o Brasil para aqueles que pagam o imposto de renda!

  31. Jesus Says:

    Rolezinhos, assassinatos, roubos, assaltos, corrupção, fogo em coletivos, nunca na história desse Estado estivemos tão à mercê do fracasso da política de segurança da tucanalha. Pobre Estado, em que mãos fomos parar….!!!

  32. Roberto Silva Says:

    daqui a pouco vão sugerir que seja realizado um censo desta gente e que sejam colocados em guetos, para futuramente serem deportados para campos de trabalho forçado e depois a solução final para a pobreza no Brasil… não adianta a policia se meter lá, jogar essa gente de volta para as favelas, se chegando lá não vão ter nenhuma opção de diversão, lazer, cultura. assim como não tem educação, saneamento basico e um monte de coisas… dentro da nossa sociedade, tudo o que não é elite precisa ser combatido, proibido. precisamos é proibir a corrupção, o sistema politico falho, a falta de investimento em educação, o descaso (quando não sacanagem) com a saúde publica, o mensalão, o bolsa familia e essa politicagem de ter a economia acima de tudo.
    o brasil esta virando um país fascista.

  33. Osvaldo SEP Says:

    JUDAS, E AS DECAPTAÇÕES NO MARANHÃO ???

  34. Delegada Helô Says:

    Roberto Silva Disse:
    janeiro 14, 2014 às 3:31 pm

    O Roberto foi cirúrgico. Existe uma guerra de classes, sendo patrocinada pelos governos, independente destas siglas partidárias, pois todos sabemos que eles se aliam, fazem conchavos e governam juntos. A erradicação da miséria tão decantada pela “presidenta” não condiz com a realidade. Estão jogando o povo contra o povo e, enquanto isso viajam nos aviões da FAB, fazem comprinhas mensais para casa, na módica quantia de 1 milhão, viajam juntos para a África do Sul, aumentam impostos, confiscam poupanças na CEF, constroem estádios superfaturados e a lista é imensa. Então aqui no blog alguns ofendem a nossa inteligência e defendem o indefensável. O Diogo Mainardi resumiu o que é a política ou melhor politicagem neste país. Eu não confio em partido nenhum, sou obrigada a votar e, há anos não repito o voto para não reeleger, costumo apostar e se der errado a aposta, pelo menos troquei o ladrão.

    Agora Roberto quem vai ficar confinado em casa, com grades e vivendo apavorado, somos nós, aliás já estamos, por que os direitos humanos, são desumanos com que anda na lei, trabalha e carrega este país nas costas.

  35. jesus Says:

    CGU: ação em SP serve de exemplo a outras capitais

    O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, elogiou nesta segunda-feira, 04, a atuação da Controladoria Geral do Município (CGM) de São Paulo, criada pelo prefeito Fernando Haddad (PT) no início do mandato – e que organizou a operação que levou à prisão na semana passada quatro fiscais acusados de formar um esquema de recebimento de propinas que permitia a sonegação de impostos na gestão Gilberto Kassab (PSD). “É um trabalho exemplar, o qual deveria ser seguido por outras capitais”, disse Hage, após participar de evento em São Paulo.

    Hage destacou os resultados obtidos pela Controladoria Geral de São Paulo em ações de sindicância patrimonial. “A sindicância patrimonial é extremamente eficaz na tentativa de identificar desvios de dinheiro público.”

    Em entrevista nesta manhã à Rádio Estadão, o prefeito de São Paulo disse que a CGM cruzou dados cartoriais, de contas bancárias e da Receita Federal e identificou “algumas centenas” de servidores com patrimônio incompatível com a renda. De acordo com Haddad, a partir daí teve início uma investigação com quebra de sigilo telefônico, fiscal e até ambiental que chegou ao esquema de corrupção da Secretaria de Finanças.

    Os quatro servidores foram presos sob acusação de cobrar propina para reduzir o valor de Imposto sobre Serviços (ISS) em casos, por exemplo, de empreendimentos imobiliários. Um dos fiscais, Luis Alexandre Magalhães, já foi solto no início da madrugada desta segunda-feira, 04, depois de aceitar um acordo de delação premiada – dar detalhes do esquema em troca de redução de pena.

  36. Fred2 Says:

    Mirassol 6 x 2 Disse:
    janeiro 14, 2014 às 2:10 pm

    típico fascista.
    Nasci pobre, estudei na época da ditadura em escola pública no meio de pobres e bem ricos, graduei eng civil, passei em concurso e trabalhei em estatal, paralelamente fui professor, larguei o serviço na estatal pq não aguentava corrupção, Fui filiado ao PT ate 1993, larguei pq não aguentava a corrupção, conheço uma dezena de deputados do PT ( me arrependo enormemente de um dia ter me juntado aquela gente) Trabalhei e muito numa empresa privada, ganhei muita grana, muito mais do se tivesse naquela estatal corrupta. Não fiquei rico, mas quase..
    Não vejo nada de errado em misturar preto com branco, pobre com rico, japonês com chines, ou argentino com paraguaio
    Errado é misturar bandidos e delinquentes com pessoas honestas.

  37. Bumba meu boi no curica Says:

    MOSQUETEIRO Disse:

    janeiro 14, 2014 às 8:58 am

    Se continuar esse estado de coisas que acontece neste pais, como auxilio cadeia, bolsa familia, esse roubo descarado desses politicos…as pessoas que realmente sao produtivas e que sustentam esses absusrdos estao vendo que só tem obrigaçoes a cumprir e nada que lhes favorece, nao dou 10 anos para que este pais fique as traças, aqui o malandro, o vagabundo é protegido pelas leis…até quando a sociedade vai ficar sustentando esses politicos pilantras…nao se espantem se um desses canalhas que habitam a nossa politica, lançar a bolsa shoping.

    Prezado, até já lançaram a Bolsa Istadio, que os trabalhadores(de verdade) estão pagando….para os assassinos de Oruro se divertirem…….tudo ideia do nove dedos, que é mais um ídolo dessa (dis)torcida alienada, doente, idiota

  38. Jones 8-1-1 Says:

    impunidade…

    a mãe de todos os problemas de nosso país… simples assim

  39. Marco_Palmeirense Says:

    Eu na semana passada descobri um dos organizadores da página do Face ROLEZAUM SHOPPIM que organizava a invasão do Shopping IGUATEMI, o responsável é este cidadão JOÃO PEDRO MUNHOZ – aluno da USP ( https://www.facebook.com/munhoz.jp) e membro do partido socialista do PSOL, só que ele já apagou seu perfil do face, quem não deve não teme.

    Discuti com ele no face e ele confessou que estava organizando o evento do relezinho, e que isso é mais uma das estratégias para enfraquecer os burgueses e confrontar o capitalismo opressor – kkkk logo em seguida o esquerdopata apagou seu face das redes, foi por medo, pois disse que iria denuncia-lo para autoridades policiais.

    Há partidos nanicos comunistas querendo usar esse jovens alienados de periferia como massa de manobra para anarquizar a sociedade.

    Achei seu perfil no Youtube, pena que nãodeu tempo de tirar o print do face do vento, seria uma prova contra esse canalha comunista caviar.

    http://www.youtube.com/user/munhozjp?feature=watch

  40. fernando Says:

    A impressao e que estamos sentados num barril de polvora. Ha um grande contingente de garotos que estao sem objetivo na vida. vem de familias onde nao foram educadas , passaram por escolas publicas que nao ensinaram nada, e hoje sao analfabetas com diploma, nao estao trabalhando por que o governo para melhorar o indice de desemprego proibe que jovens abaixo de 18 anos tenham emprego, porem tem acesso as midias sociais, pois qualquer celular pre pago hoje tem internet. As manifestaçoes sao fruto dessa incoerencia social que eles desfrutam na sua vida. Entao qualquer coisa que de algum objetivo as suas vidas, seja um baile funk, pertencer a torcida uniformizada, fazer rolezinho no shopping se torna o estimulo que falta a essa garotada perdida.E nao ha como reverter isso, nao nos proximos 20 anos.infelizmente.

  41. Xande Says:

    fosse eu jovem, iria tentar a vida fora do Brasil.
    Isso era uma zona com os militares, mas era uma zona de respeito.
    agora virou uma zona bagunçada. Não tem lei, ninguem é de ninguem.
    Pena que esteja velho para tal.

  42. Osvaldo SEP Says:

    JUDAS, VOCE AINDA NÃO EXPLICOU 2 COISAS

    1 – PORQUE O GOVERNO COLOCOU 682 MILHÕES DE DOLARES NUM PORTO EM CUBA E AQUI NO NORDESTE TEM MUITA GENTE PASSANDO SEDE, PORQUE A TRANSPOSIÇÃO PROMETIDA PELO PADIM LULA NÃO FOI FEITA AINDA.

    2 – O QUE VOCE TEM A FALAR DA SEGURANÇA DO MARANHÃO, ONDE MANDA A FAMILIA SARNEY, ALIADOS DO PT, ONDE HOUVERAM DECAPTAÇÕES E MUITO MAIS

    JUDAS, TEU AZAR É QUE TEM GENTE QUE NÃO ESQUECE, E LEMBRA O QUANTO VOCE É SUJO PORQUE SÓ ACUSA, E NUNCA PROVA NADA.

  43. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    Osvaldo SEP Disse:
    janeiro 14, 2014 às 3:32 pm

    http://cubaarchive.org/home/index.php

    Interessante!!!

  44. Osvaldo SEP Says:

    JUDAS NUM POST LA ATRAS VOCE VOMITOU ISSO AQUI

    http://revistaforum.com.br/blog/2013/05/169-milhao-de-familias-abrem-mao-do-bolsa-familia/

    Famílias beneficiadas declararam voluntariamente que ultrapassaram a renda limite de R$ 140 por pessoa

    REVISTA FORUM ? DE 05/2013 ? VOCE NÃO TEM VERGONHA NA CARA ?

    CADA MENTIRA SUA EU VOU DESNUDAR AQUI.

  45. Osvaldo SEP Says:

    Eu tenho uma sugestão de LEI para barrar os “di menor”.

    Se cometerem algum crime, alguma infração, que a pena recaia sobre os pais.

    Sim, porque quem teve educação, aprendeu o que é limite, e ja que não impuseram limites, que paguem pelo que produziram.

  46. Osvaldo SEP Says:

  47. Osvaldo SEP Says:

    Xande Disse:
    janeiro 14, 2014 às 9:24 pm

    Falou tudo, tinha respeito, tinha segurança, e quem trabalhava não tinha que ter medo.

    Eu comecei a trabalhar com 15 anos, hoje não poderia, porque fizeram a lei que protege o “di menó” e só com 18a pode, ai voce ve um bando de vagabundo na rua sem ter o que fazer, porque o que seria util, como trabalhar, o governo não deixa.

  48. Osvaldo SEP Says:

    EU-AV

    Sera que CUBA o país modelo dos PETRALHAS, deixaria fazer uma Comissão da Verdade ?

  49. Osvaldo SEP Says:

    JUDAS, OLHA NA TERRA DOS SARNEYS QUE VOCES LAMBEM O SACO DELES

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/01/15/presos-de-3-a-cada-4-cidades-do-ma-nao-tem-acesso-a-advogados-publicos.htm

    Presos de 3 em cada 4 cidades do MA não têm acesso a advogados públicos

    Além dos problemas no sistema prisional, o Maranhão também sofre com a falta de defensores públicos, o que deixa mais de três quartos dos municípios do Estado sem advogados gratuitos.

    Segundo dados da Defensoria Pública, existem apenas 120 profissionais para defender toda a população maranhense, que passa de 6,5 milhões de habitantes.

    JUDAS, VOCE AINDA NÃO EXPLICOU PORQUE DEIXARAM CORTAR A CABEÇA DE 3

  50. Jesus Says:

    Gestão tucana em Minas recicla programas federais

    Vitrine do PSDB para a disputa presidencial neste ano, as gestões do senador Aécio Neves e de Antônio Anastasia no governo de Minas Gerais (2003-2014) têm reciclado e rebatizado programas petistas do governo federal–dos quais alguns já foram alvo de críticas de tucanos.

    Atual presidente do PSDB, Aécio é um dos principais nomes de oposição ao PT e o provável candidato tucano à Presidência neste ano.

    A existência de programas em Minas semelhantes aos do governo federal dá brecha para pessoas receberem duas vezes o benefício, um estadual e um federal.

    O Minha Casa, Minha Vida, por exemplo, principal programa de habitação da gestão petista, ganhou um similar tucano chamado de Morar em Minas, sem integração entre os bancos de dados.

    O governo federal e o de Minas afirmam que cabe às prefeituras fazer um pente-fino dos benefícios e evitar que as pessoas sejam contempladas com duas casas.

    Um dos casos mais antigos é o Fome Zero, conjunto de ações de combate à pobreza criado no início do primeiro governo Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, do qual fez parte o Bolsa Família. O Fome Zero foi substituído pelo Brasil Sem Miséria, lançado pela presidente Dilma Rousseff em 2011.

    O Fome Zero recebeu duras críticas do PSDB, que divulgou um documento oficial dizendo que o programa “contém aspectos ultrapassados, paternalistas e autoritários, como a distribuição de cupons de alimentação”.

    Pouco depois, em 2004, o então governador Aécio Neves implantou o Minas Sem Fome, com foco na capacitação técnica e distribuição de sementes para os pequenos produtores rurais. Dos R$ 116 milhões gastos no programa, 36% são recursos federais.

    “[O Minas Sem Fome] surgiu como um subprograma do Fome Zero, complementando-o, mas não guarda proximidade com o mesmo”, disse a Emater-MG (empresa estadual de assistência rural).

    Ações desse tipo faziam parte do Fome Zero, mas o Bolsa Família preponderou em atenção e em recursos. Em 2006 o governo federal iniciou também um programa de distribuição de sementes.

    ‘DIÁLOGO’

    Outras duas marcas do governo Lula na área de esportes, o Segundo Tempo e o Bolsa Atleta, foram recicladas posteriormente em Minas.

    Aécio fez o Minas Olímpica Geração Esporte, que também oferece a estudantes atividades esportivas no turno oposto das aulas e tem 43% de seu custo bancado pelo governo federal. Já Anastasia criou o Minas Olímpica Bolsa Atleta, nos mesmos moldes de patrocínio a atletas.

    “Há um diálogo entre as políticas públicas. Às vezes os Estados têm iniciativas que se transformam em políticas federais, mas na maior parte das vezes é o inverso porque o governo federal tem melhores condições de criar, propor e aportar recursos”, afirmou Valter Bianchini, secretário nacional de Agricultura Familiar e que participou do início do Fome Zero.

    Procurado, o PSDB de Minas disse, em nota, que os programas não se basearam no governo federal e que tem acontecido o contrário.

    Cita o exemplo da Rede Viva Vida, criada por Aécio em 2003 para investir na infraestrutura hospitalar para gestantes, cuja ideia foi repetida pelo governo Dilma na Rede Cegonha, lançada em 2011.

  51. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    Jesus Disse:
    janeiro 15, 2014 às 12:11 pm

    Depois que o PT COPIOU e ampliou (graças à estabilização promovida pelo plano Real) o Bolsa Escola mudando o nome para Bolsa Família, não vejo nada demais.

    Se, copiou e está dando certo para a população parabéns, só não pode fazer merdas como construções trincando, caindo, faltando material e desviando recursos, estará ótimo.

  52. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    Osvaldo SEP Disse:
    janeiro 15, 2014 às 8:39 am

    O autor da ideia SERIA FUZILADO EM PRAÇA PÚBLICA COM TRANSMISSÃO AO VIVO PARA O MUNDO!!!

    Mas, preste atenção nos movimentos cubanos com relação ao EUA, estão balançando o “rabinho”, pois acordaram e perceberam que precisam viver num mundo real, sem faz de contas, sem utopias sem babaquice. Estão descobrindo que terias NÃO PAGAM CONTAS.

    Mas, por aqui a esquerdinha que está se lambuzando, continuam enfiando as teorias para os outros e praticando o “nababismo”.

    Eu dou muita risada dos sonhadores – não os que sonham de verdade com um mundo melhor – que falam muito Brasil afora.

    Pode observar, todos os que desejam um “mundo igual”, ou são “discurseiros” ou são sangue suga. Infelizmente.

  53. MOSQUETEIRO Says:

    Marco_Palmeirense Disse:
    janeiro 14, 2014 às 7:47 pm
    Eu na semana passada descobri um dos organizadores da página do Face ROLEZAUM SHOPPIM que organizava a invasão do Shopping IGUATEMI, o responsável é este cidadão JOÃO PEDRO MUNHOZ – aluno da USP ( https://www.facebook.com/munhoz.jp)

    ————————————————————————————-

    Numa hora como essa eu sinto saudades da ditadura militar, devia pegar um FDP desses e pendurar no pau de arara, vcs iam ver como acabava essa frescura de rolezinho. Como diz aquela piada do trenzinho na vitrine da loja de brinquedos que o gaucho arrebentou tudo, ele falou o seguinte: esse bicho tem q matar quando ta no ninho, que depois que cresce vira monstro…esses sao os futuros politicos do nosso brasil…(minusculo mesmo)

  54. Jesus Says:

    Os hipócritas que aplaudiram o massacre do carandirú (abominável) hoje lançam repulsas (falsas) pelos assassinatos no Maranhão, também não condenaram até agora as execuções em Campinas. Bando de rola bostas.

  55. Osvaldo SEP Says:

    JUDAS, VOCE É HIPÓCRITA, VOCE É FALSO, VOCE MENTE, SUA OPINIÃO NÃO VALE ABSOLUTAMENTE NADA, PORQUE VOCE É UM MANIPULADO, E PAGO PARA TENTAR MANIPULAR OUTROS.

    VOCE QUANDO NOTA QUE NÃO TEM SAIDA SAI ATIRANDO PARA TUDO QUE É LADO, MAS NUNCA RESPONDE O QUE TE PERGUNTARAM, POR QUE ? PORQUE VOCE SABE QUE EU TE COLOQUEI NA PAREDE, MOSTREI TUAS MENTIRAS, E NEM TEM COMO ARGUMENTAR CONTRA.

    VOCE É UM COITADO, E EU SOU SEU PIOR PESADELO.

  56. Sebastian Says:

    É a corja do PT fazendo desse país um lugar mais sujo, mais violento e mais insuportável pra se viver… Pobre sempre pode e sempre poderá entrar, comprar e passear nos shoppings. Criminosos em bando fazendo arrastões não são pobres, são orquestrados pelo PT para causar desordem jogando as pessoas umas contra as outras como é prática da cartilha comunista desde sempre; dividir uma sociedade para que ela não possa se unir e resistir aos canalhas no poder. Qualquer brasileiro que sabe interpretar o que está acontecendo se sente oprimido pela vergonha e pela vontade de ir embora desse saco de lixo chamado Brasil. Ano que vem, se essa laia abjeta de vagabundos e vermes ganhar novamente mais 4 anos para roubar e nos violar a decência só resta sair sem virar as costas. Muitos dirão que é exagero meu. Mas quando eles estiverem invadindo seus quintais com qualquer desculpa e vc não puder nem chamar a polícia vc vai ver que eu estava certo.

  57. Jesus Says:

    Que vergonha governador (governador???). Olhem a situação do nosso Estado!!!

    Análise: Nova postura expõe dificuldade de Alckmin com o PCC

    O Ministério Público diz que o PCC tem mais de 11 mil membros no Brasil, no Paraguai e na Bolívia. Do total, 7.800 estariam em São Paulo, 1.800 fora das cadeias. A facção movimentaria cerca de R$ 120 milhões por ano.

    Ao reunir a cúpula de suas polícias e anunciar a criação de uma força-tarefa para lidar com o tema, o governador Geraldo Alckmin demonstra dar crédito à denúncia.

    Força-tarefa vai investigar crime organizado 24 horas por dia, diz Alckmin

    Mas como essa denúncia pode receber crédito do governo Alckmin? Não era este o governo que até pouco tempo atrás dizia que o PCC se resumia a 30 chefes presos?

    Numa entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo” em 2011, o então secretário da Segurança, Antônio Ferreira Pinto, disse exatamente assim: “O PCC são no máximo 30 presos influentes que exercem algum poder de decisão e estão cumprindo pena em um só presídio, em Presidente Venceslau”.

    A nova postura, portanto, expõe a dificuldade histórica do governo com o tema.

    No mesmo 2011, um relatório de 245 páginas intitulado “São Paulo sob Achaque” listava todas as falhas do Estado naquela que ficou conhecida como a maior crise de segurança da história de São Paulo: a onda de ataques do PCC em maio de 2006 que resultou no assassinato de 43 agentes públicos, e os indícios da reação de PMs encapuzados com até 122 execuções.

    O documento, feito por pesquisadores da ONG Justiça Global e da Clínica de Direitos Humanos da Faculdade de Direito de Harvard (EUA), já classificava como “inaceitável” a inexistência de pelo menos um relatório oficial e abrangente detalhando os episódios de maio de 2006.

    Ainda mais eloquente foi a postura do próprio Alckmin, ainda em 2006, quando a documentarista de uma rede americana o questionou sobre o tema. “Esse é um assunto do governo do Estado de São Paulo, era bom perguntar às autoridades do governo”, disse ele, recém-afastado do cargo para disputar a Presidência naquela eleição.

    Quando a repórter insistiu, Alckmin encerrou a conversa dizendo assim: “Se eu soubesse que era isso, eu não teria dado a entrevista. Bye, bye”. O vídeo está no YouTube.

    É difícil imaginar que tudo isso, ao longo dos anos, não tenha contribuído para corroer a credibilidade do governo quando o assunto é PCC.

    Haverá ganho, portanto, se o crédito à denúncia do Ministério Público representar uma mudança de postura.

  58. Osvaldo SEP Says:

    http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2014/01/1398035-francisco-afasta-brasileiro-e-cardeais-de-comissao-do-banco-do-vaticano.shtml

  59. Osvaldo SEP Says:

    Agora a FOLHA presta JUDAS ?

    HIPÓCRITA

  60. Jesus Says:

    O porque de algumas revoltas….Deve ter algum parente no meio, será?

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/01/1397965-em-2013-expulsao-de-servidores-federais-por-corrupcao-cresceu-197.shtml

  61. Osvaldo SEP Says:

    Vc esta revoltado JUDAS ? Parentes seus ? Porque isso é no governo ATUAL.;

  62. San Castilho Says:

    O fato não é a discriminação , segregação , apartheid o diabo a quatro. Eu estive num desses shoppings onde acontece os tais encontros. Desconhecia até então estes encontros. Eu detesto shoppings, ou seja, multidões. Mas não tive outra alternativa neste dia. Quem presenciou face a face, sabe o terror que é. A polícia e os seguranças, estavam apavorados literalmente. Estavam saqueando as lojas, confundindo a polícia e assaltando as pessoas que estavam saindo do lugar. Muita gente correndo apavorada. Eles se espalhavam no estacio

  63. San Castilho Says:

    *Continua
    no estacionamento. Centenas deles. E na minha opinião, quem defende a ação ou chama isto de exclusão, segregação.. é que ñ viu de perto. Pelo amor né gente, tem “pseudos estudiosos” querendo explicar esse fenômeno. Li coisas ridí
    culas do tipo que diziam que o Brasil é um País racista. E claro, aqui não se contrata funcionários negros, ñ temos modelos negros, atores negros… e o shoppings é frequentado só pela alta burguesia e Arianos.. Hahaha quanta idiotice pra gringo ver.

  64. artemiza marcondes rezende Says:

    É LI MUITOS COMENTÁRIOS E CONCORDO COM MUITO DELES, VÁ PASSEAR NO IBIRAPUERA NO SESC MAS LONGE DE MIM, NÃO É, MAS A CULPA VOLTO A DIZER É DO JUDICIÁRIO QUE NÃO RESPEITA A CONSTITUIÇÃO, QUE DIZEM SER CIDADÃ. CIDADÃ PARA QUEM? PQ POLITICOS CORRUPTOS, TVS. COMPRADAS QUE NÃO PAGAM IMPOSTOS NEM IGREJAS, OS 1% QUE DETEM O PODER, + BANCOS, TIM CLARO ETC, E NÓS QUE SOMOS OS 99% QUE PAGAMOS OS SALÁRIOS DELES? TEMOS OQUE, NOSSA VIDA DEVASSADA, POR TOSTÃO QUE GASTEMOS E O IMPOSTO DELES QUE REPRESANTAM A JUSTIÇA COMPROVAM SEUS BENS PELO QUE GANHAM, SERÁ? VEJAM BEM POR QUE ESTAMOS LUTANDO, O PODER JUDICIÁRIO É O CULPADO DE TUDO E EU SOU TESTEMUNHA VIVA, SECOMUNIQUEM ESTOU PRONTA A ADERIR QQ CAUSA CONTRA ESTE GOVERNO CORRUPTO E O JUDICIÁRIO MODIFICADO POR EMENDA CONSTITUCIONAL POR ASSINATURA COMO FICHA LIMPA VAMOS ACABAR COM A MAMATA DO JUDICIÁRIO.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: