Advertisements
Anúncios

Conselheiro protocola carta pedindo expulsão de Rosenberg do Corinthians

paulo garcia stabile

O conselheiro oposicionista Osmar Stabile (foto à esq. com Paulo Garcia), indignado como o fato do vice-presidente do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, ter comparado o clube a um “puteiro”, entregou carta ao presidente do Conselho Deliberativo, Ademir Benedito, protocolada também na Comissão de Ética, exigindo a expulsão do dirigente.

Confira abaixo, na íntegra.

Por OSMAR STABILE

Ao
Excelentíssimo Senhor
Desembargador Dr. Ademir de Carvalho Benedito
DD Presidente do Egrégio
Conselho Deliberativo do Sport Club Corinthians Paulista

Senhor Presidente,

Por ter ferido frontalmente e de maneira insofismável o Artigo 24 de nosso Estatuto, na sua letra H, que reza como uma das obrigações dos associados:

‘Não denegrir a imagem do clube por qualquer meio’;

e oferecendo, se assim o fizer de maneira deliberada, como se configura no presente caso, a obrigatoriedade e consequente punição de desligamento de quem o fizer do Quadro Social, como prevê o Artigo 25, nas letras:

‘D) Cometer ato grave contra a MORAL, social e desportiva, em função de seu cargo;

E) Denegrir a imagem do clube’;

Com um misto de profunda tristeza pela forma como o nosso clube foi exposto publicamente e com veemente indignação venho à presença de V.Sa. a fim de solicitar formalmente o desligamento imediato do Quadro Social do Sport Club Corinthians Paulista do associado Luis Paulo Rosenberg.

JUSTIFICATIVA E FUNDAMENTAÇÃO DO PEDIDO.

Como é de conhecimento geral em função de ser uma atitude e uma declaração pública, o referido associado em entrevista à revista New Yorker, de ampla repercussão, não apenas nos Estados Unidos, mas em todo o mundo, caracterizou o fato de ‘dirigir’ especificamente o Corinthians ‘como dirigir uma Casa de Prostituição’!!??

Ora, Senhor Presidente, onde é que nós estamos? Quem trabalha ou presta serviços numa ‘Casa de Prostituição’?

Comparar o Corinthians a um ambiente como uma ‘Casa de Prostituição’ configura-se uma das maiores ofensas já dirigidas a nosso clube em 103 anos de história.

Como explicar a frase às esposas, mães, avós, filhas, adolescentes ou crianças que têm na frequência da nossa Sede Social uma extensão de suas próprias casas?

As esposas, mães e filhas de associados são como as integrantes de uma ‘Casa de Prostituição’? Só se o for na cabeça doentia do associado.

Isto, a par de ‘Casa de Prostituição’, exatamente com esta grafia, constituir-se em atividade ilegal, ou seja em Crime, conforme prevê o artigo 229 do Código Penal Brasileiro.

Serão nossos associados criminosos?

Em prosseguimento, o artigo 30 de nosso Estatuto prevê que, independente do Processo de Desligamento, ou seja, de Eliminação do Quadro Social, que inclui direito de defesa, o Desligamento pode e deve ser IMEDIATO em caráter preventivo, conforme a gravidade do ato praticado, até o encerramento do processo.

Não seria necessário, mas acresça-se que o referido associado é reincidente, o que, Data Venia, Senhor Presidente, agrava mais ainda a falta cometida.

O associado em questão:

Já classificou nosso time de futebol como medíocre;

Já declarou em reportagem à Revista Época, da Editora Globo, que não frequenta o Parque São Jorge porque não é ambiente para ele (sic);

Já disse em entrevista que para visitar Itaquera ele tinha se prevenido e ‘tomado remédio contra urticária’.

Eleito vice-presidente do clube, somente por compor uma Chapa cujos líderes, estes sim, desfrutavam na ocasião da preferência dos associados, abandonou o clube, não o frequentando, já que nunca o frequentou mesmo, mas sem ao menos dar expediente por menor que fosse no mesmo e sem respeitar os votos que recebeu.

Independente disso, porém, não se demitiu e continuou a se valer da carterinha de vice-presidente que ocupa e que lhe dá prestígio fora do Corinthians.

O que mais falta a este senhor fazer impunemente, Senhor Presidente, sem que tomemos uma providência?

Qual o exemplo que estaremos dando à nossa coletividade, permitindo seus impropérios dirigidos exatamente contra o Corinthians, o clube que lhe deu (e dá) projeção, uma vez que fora do clube sua vida profissional, sempre ligada à empresas que foram bancarrota, é eivada de percalços?

Não permanecesse ele com o cargo de vice-presidente do Corinthians seria entrevistado por uma revista internacional?

Que o associado Rosenberg não tenha dedicação e respeito pelo nosso Corinthians, é um problema dele.

Mas que exemplo estaremos dando nós, sócios e conselheiros do Clube sem punirmos seu desrespeito aos associados, assombroso, vulgar e inconcebível?

Perdo-e-me, Senhor Presidente – e o Senhor sabe da admiração que nutro pela sua pessoa como Magistrado e como comandante de nosso Orgão Soberano, que é o Conselho Deliberativo do Sport Club Corinthians Paulista:

Mas não nos posicionarmos agora e desta vez em defesa de nossa agremiação e das famílias dos associados é o mesmo que não respeitarmos à confiança daqueles que nos guindaram à condição de Conselheiros. É não merecermos fazer parte deste Conselho.

É incentivarmos que outras aberrações e insultos sejam cometidos.

De minha parte fica meu mais absoluto protesto e inconformismo com o ocorrido e meu mais veemente Pedido Formal pelo Desligamento do referido associado de nosso Quadro Social,

Termos em que, respeitosamente,

Peço Deferimento

Osmar Stabile
Conselheiro Vitalício
Ex-Vice-Presidente de Esportes Terrestres

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: