Advertisements

Corrupção ? Advogado que “defendeu” Lusa, e salvou Fluminense, foi indicado – e pago – pela CBF

sestario

Dr. Osvaldo Sestário (foto), conhecido como “porta de STJD”, segundo a Portuguesa, o advogado que teria se “enganado” ao passar ao clube a suspensão de apenas uma partida do jogador Heverton – na verdade eram duas – foi indicado ao clube – e pago – pela CBF.

A ação, sabe-se lá se apenas “equivocada”, deve salvar, nas próximas horas, o Fluminense da degola.

Resta saber se realmente houve a  maracutaia e quem nela, além da CBF, poderia estar envolvido.

Seja por ação, omissão ou até, quem sabe, muito dinheiro.

Certo é que o Fluminense, dias antes, havia se oferecido a quitar os salários atrasados do Náutico – quatro meses – para que o clube de pernambuco vencesse o rival Vasco da Gama – resultado que não aconteceu, demonstrando o desespero não apenas de seus dirigentes, mas também de sua “complicada” patrocinadora.

Fluminense ofereceu dinheiro para quitar salários atrasados do Náutico

A Lusa, que teve, recentemente seu próprio mandatário, Manoel da Lupa, dando patrimônio do clube como garantia de empréstimo pessoal de R$ 30 milhões, não tem lá também dirigentes que demonstrem amor à instituição.

Manoel da Lupa quer entregar a Portuguesa para o BANIF

E a CBF, que pagou o advogado, dificilmente gostaria de ter duas grandes equipes do Rio de Janeiro disputando a sua Série B do Brasileirão.

Muitos se enquadram no perfil de suspeição, mas, até o momento, a escolha do advogado, que a CBF indicava somente aos clubes das Séries B, C e D, para uma equipe de Série A, é realmente uma ação das mais suspeitas.

Embora Sestário defenda a Lusa, sempre “patrocinado” pela entidade que rege o futebol brasileiro, pelo menos, desde a última participação do clube na segunda divisão nacional.

Além disso tudo, é claro o conflito de interesses em se ter um profissional trabalhando para diversas agremiações, num mesmo torneio, com informações privilegiadas dos clubes que, se utilizadas, em tese, com má-fé, podem gerar negócios milionários, porém, não necessariamente lícitos.

Confira abaixo matéria que o Blog do Paulinho publicou em 09 de setembro, denunciando o “esquema” entre CBF e Sestário

CBF e o “esquema” com o advogado Osvaldo Sestario

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: