Advertisements
Anúncios

Reinaldo Carneiro Bastos, provável novo presidente da FPF, é conhecido por intimidar e pedir “resultados” a arbitragem

reinaldo carneiro

É certa a escolha de Reinaldo Carneiro Bastos para disputar as eleições da Federação Paulista de Futebol, com apoio de Marco Polo Del Nero e José Maria Marin.

Ou seja, vencerá.

Os “esquemas”, portanto, serão mantidos.

Bastos tem atuação conhecidíssima nos bastidores do futebol paulista desde os tempos em que infelicitava o Vale do Paraíba em sua triste gestão, nos anos 80, à frente do Taubaté.

Desde sempre foi acusado de pressionar – no pior sentido da palavra – árbitros e dirigentes, além de ser próximo do que pior existia no Brasil em matéria de dirigentes, como, por exemplo, Nabi Abi Chedid, que lhe deu o primeiro cargo na FPF.

Reinaldo foi acusado, também, durante o escândalo do Brasileirão de 2005, pelo próprio juiz “ladrão”, Edilson Pereira de Carvalho, de ser o dirigente da FPF que lhe pedia para “fabricar” resultados, paralelamente ao que ocorria no famoso esquema da jogatina.

Vale lembrar que ambos são oriundos da mesma região, em São Paulo.

Recentemente, pressionado pelo sócio, o Deputado Vicente Cândido (PT), Del Nero quase mudou de ideia com relação ao apoio concedido, agora, a Bastos, porém o enorme rabo preso, que esconde tantas e tantas ações inconfessáveis de bastidores, fizeram-no manter o que já estava apalavrado.

O futebol de São Paulo, que esteve por anos nas mãos pouco confiáveis de Del Nero, nos próximos anos descerá ainda mais no degrau da moralidade esportiva – ou da falta dela – sob o comando de um dirigente – como diria o ex-árbitro Fiori:  “que, para se dar bem, acende vela para Deus, o Diabo e o “Talvez.””

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: