Advertisements
Anúncios

Coluna do Fiori

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

1

Mais Uma da Série: Recordar é Viver

Onde estava Artur Alves Junior, presidente do SAFESP, como também, secretario da COAFESP, analista do trabalho dos árbitros e, principal componente da CA-FPF, nos episódios a seguir?

Os Emblemáticos Incêndios Ocorridos no Antigo prédio da FPF

Durante a semana lembrei-me das dezenas de árbitros afastados no inicio da gestão do “impoluto” Eduardo José Farah que entraram com ação na Justiça do Trabalho com propósito de serem reconhecidos empregados da FPF; como prova, foram anexadas documentações das exigências impostas pela federação, dentre estas:

Dia e hora para entrega dos relatórios, preparação física em local e horário definido pela entidade, exames médicos periódicos, e algumas outras

Primeira Queimada do Histórico dos Árbitros

O passar do tempo enervava o todo poderoso Farah, vez que os membros da justiça trabalhista pediam algumas explicações sobre os fatos; dado momento, parte das fichas contendo histórico dos árbitros foram transferidas para o ultimo andar do prédio da FPF, salvo engano, no andar, localizava-se a residência do funcionário Jovino e família. Como que um conto de fadas, misteriosa e precisamente, ocorreu incêndio que destruiu os arquivos

Segunda Queimada

Passado pouco tempo, Farah decidiu dar melhorada no espaço térreo do prédio, e, na sobra de lugar, determinou que se colocasse outro bocado da documentação referente a historia da arbitragem. Por mera casualidade, aconteceu outro incêndio, que, coincidentemente, consumiu a parte do histórico

Laudos

Ao que sei, nos dois casos, existe laudos assinados por peritos do Corpo de Bombeiros explicando os motivos dos incêndios, mesmo assim, não fizeram minha cabeça.

Cobrança

Por diversas ocasiões expressei ser dever e obrigação do sindicato, exigir da diretoria da FPF, a entrega das documentações e objetos referentes a historia da arbitragem do futebol paulista.

Conclusão

Eventos fortemente deploráveis

Brasileirão – 2.013- Séries A e B

Sábado 21/09

24ª Rodada da Série B

Palmeiras 2 x 1 Sport

Árbitro: Celso Amorim (SC)

Trabalho normal nos itens técnico e disciplinar; resultado normal

23ª Rodada da Série A

Vitória 0 x 0 Grêmio

Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-PE)

Item Técnico

Assistente 02 errou e prejudicou a equipe gremista por ter sinalizado impedimento do atacante Kleber no instante que pegou e passou a bola para seu consorte Alex Telles mandá-la pro fundo das redes da equipe baiana

Domingo 22/09

Corinthians 0 x 0 Cruzeiro

Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)

Item Técnico: Erro intolerável

Por volta do vigésimo quinto minuto da fase inicial, deixou de sinalizar penalidade máxima cometida por Gil, defensor da equipe corintiana, no oponente Borges; houvesse assinalado, após a cobrança, haveria possibilidade de a equipe mineira consignar o gol

Item Disciplinar

Poderia e deveria ter sido mais rigoroso, exemplo:

Danilo, atleta corintiano, deveria ter sido advertido com cartão amarelo por ter dado carrinho perigoso em um dos oponentes

Internacional 0 x 1 Portuguesa

Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)

Item Técnico

Aos dezenove minutos da segunda etapa, bola dentro da área da Portuguesa, dado instante, a redonda tocou no braço de um dos atletas da lusa; bem colocado, o árbitro interpretou corretamente; nada marcou

Item Disciplinar

Acertou na expulsão do atleta Índio, defensor do Internacional

Partida referente à 11ª Rodada da Série A

Quarta Feira 25/09

Santos 1 x 1 Náutico

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (FIFA-AL)

Item Técnico

Aos 39º minutos da segunda etapa Francisco Carlos do Nascimento, prejudicou a equipe do Náutico por ter marcado falta do atleta Leandro Amaro, no santista William José no lance disputado legalmente, ocorrido próximo à entrada da área da equipe visitante:

– Cícero cobrou e, empatou

Item Disciplinar

Fraquinho

Conclusão

Francisco Carlos do Nascimento se ligue; desista da arbitragem.

Copa do Brasil 2013

Quarta Feira 25/09

Corinthians 0 x 0 Grêmio

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)

Item Técnico

Ocorreram dois erros prejudiciais a equipe do Parque São Jorge

– Impedimento inexistente do atacante corintiano Guerreiro, ocorrido na primeira etapa, sinalizado por Kleber Lúcio Gil, assistente 02,

– na metade da segunda etapa, após descida da bola no interior da área gremista, Emerson Sheik, atleta corintiano e Rodolfo, defensor gremista, pularam objetivando a redonda,

– por ter usado de força incompatível, no momento que deu o tranco no costado do corintiano, Rodolfo cometeu falta penal,

– mesmo estando bem colocado, Ricardo Marques Ribeiro, erradamente, nada marcou

Conclusão

Ricardo Marques Ribeiro, mais um dentre os árbitros favorecidos com distintivo FIFA que poderia e deveria desistir de arbitrar futebol

Finalizando

“Não sou obrigado a vencer, mas tenho o dever de ser verdadeiro. Não sou obrigado a ter sucesso, mas tenho o dever de corresponder à luz que tenho!”

Abraham Lincoln

Chega de Mentiras, de Corruptos e Corruptores

Se Liga São Paulo

Acorda Brasil

Sp-28/09/2013

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: