Advertisements

Empresários de Tiago Alves cobram R$ 100 mil do Palmeiras na Justiça

luxa nobre

No dia 11 de julho, a ENERGY Empreendimentos e Participações Ltda., que, recentemente, negociou 50 % dos direitos do zagueiro Tiago Alves com o Palmeiras, por R$ 75 mil, ingressou com Ação de cobrança contra o clube, um mês após a finalização do negócio.

Pede R$ 95 mil, que deve ser a soma do valor principal com o comissionamento, que, acrescidos de juros e correção certamente ultrapassarão os R$ 100 mil.

No último dia 17, o Juíiz da 24ª Vara Civil, em despacho, deu ordem para que a quantia seja paga imediatamente, sob pena de penhora e outras sanções.

E, dessa vez, não se trata de herança da gestão anterior, mas de negócio realizado por José Carlos Brunoro com seu sócio, V(W)anderlei(y) Luxemburgo, que costuma se utilizar da referida empresa para “esquentar” seus jogadores.

Advertisements

Facebook Comments

7 Responses to “Empresários de Tiago Alves cobram R$ 100 mil do Palmeiras na Justiça”

  1. Lampião - Odaliscas da Fiel, a torcida curicana! Says:

    Pagar 50% de um jogador a R$75 mil

    Que nível de jogador é esse???

    Várzea bugrina???

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. rafael otavio serra Says:

    ATÉ QUANDO ESSAS COISAS VÃO ACONTECER NO PALMEIRAS , DE QUEM É A CULPA AGORA , PELO AMOR DE DEUS SR. PAULO NOBRE , ATÉ QUANDO REPITO , ATÉ QUANDO , E ESTE LAZARENTO DO LUXEMBURGO , DE NOVO SE METENDO NO PALMEIRAS , VAMOS CONTRATAR UM PAI DE SANTO PARA EXORCIZAR , LUXEMBURGO , MUSTAFÁ E MAIS ALGUMAS CRIAS MALDITAS E FANTASMAGÓRICAS QUE HABITAM O PARQUE ANTARTICA

  3. Rogério Lagos Says:

    Paulinho, tudo bem?

    Meu questionamento pode até parecer inocente, mas vamos lá:

    No futebol é proibido que jogadores e técnicos acumulem também a função de empresários, certo? É uma lei/regra mesmo ou “apenas” eticamente desfavorável?

    Bom, partindo da ideia que seja realmente proibido, pergunto: da mesma forma que você tem acesso/sabe que tal empresa é de propriedade de um treinador de futebol, as entidades reguladoras do futebol também não sabem? E, se sabem, por que permitem?

    Imagino que deve rolar muita grana por trás disso tudo, mas sei lá… Não existe ninguém “descontente” com a situação que possa denunciar oficialmente tais atos? Ou ao menos alguém correto que acompanhe o seu blog para agir contra esse tipo de coisa?

    Enfim, apenas um questionamento com tom de desabafo.

    Parabéns pelo excelente trabalho de sempre.

    Abs!

    Paulinho: Todo mundo sabe… a questão são os interesses… o meu é o de falar a verdade

  4. sergio ricardo telles Says:

    É interessante que depois nos Palmeirenses temos que ouvir opiniões desses dirigentes cara de pau, dizendo que a culpa é dos seus antecessores, ora Tiago Alves não da gestão do Paulo Nobre? depois quer que a torcida apoia! Essas entidades privadas que só se utilizam do Patrimônio Publico que sempre estão na tanga, cadê O patrocínio Master, tudo bem agora não tem mais, nas outras gestões havia o que aconteceu com o dinheiro que entrou? Será que o corpo jurídico do Palmeiras não viu que a brecha nos contratos que por isso estão ajuizando o Clube, é muita incompetência, sou obrigado a ver o Mustafá falar e infelizmente concordar o amor é sinônimo de dinheiro! desde 1996 que não vou mais nos estádios, de ver times maravilhosos, que só se interessavam por dinheiro VERGONHA!

  5. Nave Espacial Allianz 2014 Says:

    E ainda querem trazer o luxa.
    Se ele vier a torcida tem que protestar e fazer da vida dele um inferno.

    LUXA NÃO!!!

  6. Fred - Corinthians Beija-Flor Girls Says:

    Espero q o pofexo Luxa assine com as porqueiras no ano do seu Centenada

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Walter Torre, o encantador de porcas

    Luxa, o pofexo

    Paulo Nobre, o playboy pilotinho de rali

    Q trio!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    As Porqueiras merecem!!!!

  7. Alex Franco Says:

    Todo dia um ???

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: