Advertisements
Anúncios

Botafogo complica a vida do Corinthians, no Maracanã

Em partida absolutamente equilibrada, de bom nível, o Botafogo, com um gol no finalzinho, venceu o Corinthians por um a zero, no Maracanã.

Gol do menino Hyuri.

O Timão começou a primeira etapa no ataque, surpreendendo o adversário, que demorou a acertar a marcação.

Logo aos 3 minutos, Douglas arriscou na entrada da área e obrigou Renan a se desdobrar.

Sheik perdeu grande oportunidade, aos 5 minutos, batendo por cima do gol após assistência de calcanhar de Romarinho.

Somente aos 16 minutos o Botafogo criou sua primeira oportunidade, por sinal, a melhor do jogo, até então, quando Seedorf recebeu sozinho dentro da área, em posição de impedimento, driblou a Cassio com categoria, mas quem fez o “gol” foi Paulo André, que salvou espetacularmente, em cima da linha.

Daí por diante o jogo ficou mais equilibrado, com a equipe da casa adiantando seu ataque e o Corinthians buscando incomodar no contragolpe.

Aos 25 minutos, Seedorf armou um sem-pulo na cara de Cassio, mas furou, facilitando a vida do goleiro.

Sete minutos depois, Romarinho bateu escanteio pela direita e a bola sobrou par Sheik, que bateu por cima da meta.

No início da etapa final, logo no primeiro minuto, Danilo recebeu bola de Sheik e bateu da intermediária, em curva, levando perigo a Renan.

Igor obrigou o goleiro botafoguense a fazer boa defesa em batida cruzada da esquerda para a direita, já dentro da área.

Após dez minutos de pressão total do Corinthians, Lodeiro achou Rafael Marques sozinho na esquerda, que bateu cruzado com enorme perigo para Cassio.

Tentando levar o Botafogo para o ataque, Oswaldo de Oliveira colocou em campo a jovem promessa Hyuri, no lugar de Elias.

Quinze minutos e Cassio caçou a borboleta habitual, em cruzamento pela direita, deixando o torcedor corinthiano com o coração na boca, sem consequências porque a zaga alvinegra afastou o perigo.

O tempo foi passando e o jogo se equilibrando.

Cassio fez duas boas defesas, aos 20 minutos, em lances diferentes de Edilson.

Aos 22 minutos, Seedorf bateu falta da intermediária e Cassio, de manchete, botou para escanteio.

Com o Botafogo mais no ataque, Tite sacou Romarinho, aos 23 minutos, colocando Pato em seu lugar.

Cansado, Marcelo Mattos saiu, no Botafogo, para dar lugar a Lucas Zen, aos 31 minutos.

No minuto seguinte, Douglas bateu escanteio na cabeça de Pato, e a bola passou, com perigo, à esquerda do gol.

Paulo Victor entrou no lugar de Sheik, aos 36 minutos.

Com caibras, Lodeiro saiu para dar vaga a Octavio, dois minutos depois.

Igor, aos 43 minutos, saiu machucado, entrando em seu lugar o zagueiro Felipe.

Quando tudo parecia definido, Edilson lançou Hyuri no contra-ataque que, com enorme categoria, na saída de Cassio, decretou a vitória botafoguense.

No final, o Corinthians “dos empates”, perdeu, se complicando no campeonato, enquanto o Botafogo se mantém no encalço desse incrível Cruzeiro, que venceu mais uma, mantendo a vantagem na liderança do Brasileirão.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: