Advertisements
Anúncios

Brasil joga mal e perde para Suiça

A Seleção Brasileira não jogou bem na derrota, por um a zero, perante uma boa equipe da Suiça, que, além da já conhecida eficiência na marcação, ataca agora com mais qualidade.

No primeiro tempo ainda equilibrou um pouco a partida, mas na etapa final o time de Felipão foi amplamente dominado pelo adversário.

Jefferson, embora sem culpa no gol,  foi um desastre, tudo indica, nervoso com a oportunidade.

Neymar foi apenas razóável.

Daniel Alves e Oscar se portaram muito abaixo do que poderiam render.

Somente Paulinho e Thiago Silva se destacaram individualmente.

O Brasil começou o jogo marcando pressão no ataque, foi melhor nos primeiros quinze minutos, com os suíços equilibrando as ações na sequencia.

Logo aos 3 minutos, Neymar fez boa jogada pela esquerda com Oscar, que cruzou para Hulk, de primeira, bater por cima.

Novamente Hulk, aos 16 minutos, recebeu bola na cara do gol passada por Fred, mas o goleiro adversário defendeu bem, fechando o ângulo.

Jefferson defendeu batida de Shaqiri, aos 18 minutos, quando a Suiça já incomodava mais a equipe nacional.

Oito minutos depois, o goleiro brasileiro pegou um chute de Xhaka pelo rabo, mas conseguiu se recuperar, evitando o frango.

A partida a essa altura era bem disputada, com alguns lances ríspidos, pouco lembrando um jogo amistoso.

Marcelo, como de costume, era o brasileiro mais destemperado.

Paulinho, aos 38 minutos, acertou o travessão, de cabeça, aproveitando-se de cruzamento bem feito por Neymar.

Aos 40 minutos, Neymar fintou dentro da área e foi agarrado pela camisa, em penalidade não marcada pela arbitragem, se bem que, tivesse continuado no lance, poderia ter boas chances de abrir o marcador.

Logo após uma boa defesa de Jeferson em chute de Shaqiri, Hulk encontrou Oscar livre, na pequena área, que pegou mal na bola e bateu por cima da meta.

Mal começou o segundo tempo e Daniel Alves, de maneira desastrada, aos 2 minutos, tentou cortar um cruzamento para escanteio e marcou um golaço, no ângulo, contra o Brasil.

Os suíços se empolgaram a partiram para o ataque, criando nova oportunidade de gol, aos 4 minutos, com Seferovic.

Pane na defesa do Brasil aos 6 minutos, quando Dante recuou a bola para Jeferson que, desastrado, quase fez lambança.

A Suiça comandava inteiramente o jogo quando Felipão resolveu alterar a equipe, aos 11 minutos, colocando Maxwell no lugar de Marcello, nervosinho, e Jô no de Fred, apagado.

Na sequencia, Hernanes entrou no lugar de Oscar, que também não jogou bem.

O Brasil criou sua primeira jogada apenas aos 16 minutos, quando Maxewel cruzou rasteiro para Hulk, de primeira, bater por cima, com perigo.

Um minuto depois o atacante brasileiro saiu da partida para dar lugar a Lucas.

Com a Suiça ainda melhor, Jean entrou no lugar de Daniel Alves, aos 23 minutos.

Daí por diante, muito pouca coisa aconteceu, com os Suiços controlando o resultado e o Brasil, ineficiente, sem criar incomodos para o adversário.

No final, a derrota brasileira, devido às conquistas recentes, pouco deve incomodar no ambiente da Seleção, mas servem de alerta para que não se pense que tudo está perfeito, e de que há sim muita coisa a ser treinada, e melhorada.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: