Advertisements
Anúncios

Brasil vence Itália e garante primeira colocação

A Seleção Brasileira, novamente jogando bem, venceu a Itália, por quatro a dois, garantindo a primeira colocação de seu grupo.

Foi um jogaço, equilibrado, mas com os brasileiros dominando a maior parte da partida.

Fred foi o destaque, marcando seus dois primeiros gols no torneio.

O Brasil iniciou o jogo da mesma maneira que nas partidas anteriores, pressionando e tentando abrir o marcador logo de cara.

Aos 50 segundos, quase conseguiu, quando Hulk fez grande jogada, entrou na área, bateu cruzado, mas Buffon fez grande defesa.

Na sequencia, Oscar quase marcou em chute fora da área.

Com o tempo, a Itália equilibrou a partida, que seguiu muito brigada, com ambas as marcações se sobressaindo sobre os ataques.

Neymar recebeu grande passe de calcanhar de Oscar, aos 23 minutos, batendo cruzado à esquerda do gol.

Dos 25 aos 33 minutos, tivemos três alterações por contusões.

Duas da Itália, com a saída de Montolivo e Abate para a entrada de Giaccherini e Maggio, e uma do Brasil, com Dante no lugar de David Luiz.

Quando tudo indicava que o resultado do intervalo seria o empate, aos 46 minutos, Neymar bateu falta na área, Buffon fez grande defesa em cabeçada de Fred, mas, no rebote, Dante bateu para as redes, em posição de impedimento, abrindo o marcador.

Assim que começou o segundo tempo, aos 30 segundos, Oscar fez boa tabela com Fred, mas concluiu fraco, facilitando a defesa do goleiro italiano.

Porém, aos 6 minutos, Ballotelli, num toque magistral com a parte de fora do pé, pelo alto, deixou Giaccherini na cara do gol, que empatou a partida.

Foi praticamente o primeiro chute a gol dos italianos no jogo.

Mas nem deu tempo de comemorar.

Quatro minutos depois, com enorme categoria, Neymar bateu falta que ele próprio sofreu, no ângulo esquerdo de Buffon, e desempatou, num golaço.

Sem alternativa, a Itália avançou sua equipe, e o Brasil passou a explorar os contra-ataques.

Balotelli bateu falta da intermediária, aos 16 minutos, a bola desviou na zaga e Julio Cesar defendeu de soco, com dificuldades.

Aos 20 minutos, Marcelo fez grande lançamento para Fred, que dominou bem e bateu melhor ainda, na saída de Buffon, ampliando o marcador.

O gol deu margem para Felipão retirar Neymar do jogo, poupando-o, colocando Bernard em seu lugar.

A Itália foi para cima, pressionou e, aos 25 minutos, diminuiu o placar com Chiellini, em lance confuso após a arbitragem ter apitado penalidade em Balotelli, e depois deixado o lance seguir, ocasionando grande reclamação dos brasileiros.

Felipão, cauteloso, colocou Fernando no lugar de Hulk, que novamente jogou bem.

A pressão italiana era forte quando Maggio acertou o travessão de Julio Cesar, de cabeça, aos 34 minutos.

Deu tempo ainda para, aos 43 minutos, Bernard rolar a bola para Marcelo bater na entrada da área, Buffon rebater, e Fred dar números finais ao marcador.

Quatro a dois.

No final, a vitória da Seleção Brasileira serviu para ratificar a boa fase da equipe, além de empurrar a Espanha no colo dos italianos, que terão que se desdobrar para continuar no campeonato.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: