Dilma Rousseff tem que interceder contra Marco Maia (PT)

A simples insinuação do Presidente da Câmara, Marco Maia (PT), de acobertar seus “companheiros”, criminosos condenados pelo Mensalão, acreditando ser possível impedir suas prisões ao mantê-los dentro de uma casa que é do povo, e não do PT, merece dura repreensão da presidenta da República, Dilma Rousseff.

Em se confirmando o absurdo, que Maia seja punido exemplarmente, com prisão, se possível, e a PF invada sim a Câmara, para desratizar o já fétido ambiente do local.

Prender esses ladrões do dinheiro público é questão de honra para um país que avançou tanto em simplesmente condená-los, fato que deveria ser corriqueiro, mas não é.

Para manter sua independência na presidência da República, demonstrando ser a mandatária de um país, não a submissa de um partido, Dilma não pode sequer pestanejar ao dar a retaguarda necessária à PF para que os mandados de prisão, se de fato for esta a decisão do Ministro Joaquim Barbosa, sejam cumpridos.

Se os mensaleiros forem acobertados pela Câmara, contra a vontade da população, e lá ficarem sem que nenhuma medida seja tomada, o Brasil assinará o atestado de território sem Lei, ou com legislação punitiva apenas para desprovidos de poder e recursos financeiros.

E ai, se o povo brasileiro tiver um mínimo de vergonha na cara, não pode deixar a questão passar batido, insurgindo-se, dentro do que a legislação permite, contra aqueles que acreditam serem donos do Brasil.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.