Poá Têxtil tenta implementar “esquema” no Flamengo

Aproveitando-se do momento confuso no Clube, onde a campanha eleitoral desvia as atenções do dia-a-dia da administração, a SPR (Poá Textil) volta a fazer investidas para conseguir contrato com o Flamengo.

A mesma que tem no dirigente corinthiano Luis Paulo Rosenberg, de tantos e tantos problemas, um sócio oculto.

No passado, a Vulcabrás, detentora exclusiva dos direitos de toda linha têxtil do Flamengo, barrou a entrada da Poá Textil (SPR)no clube, conhecedora que é do “modus operandi” da empresa, já que convive com ela no São Paulo e Cruzeiro.

Venda sem notas fiscais, comissões por baixo do pano, etc.

Com a possível mudança do fornecedor de material esportivo de Olympikus para a Adidas, a SPR (Poá Textil) tenta agressivamente aproveitar-se desta “brecha” para conseguir entrar no Clube e para isso, como comenta-se nos corredores, conta com dois defensores de pe$o, o Presidente de Conselho do Fiscal, Leonardo Ribeiro e do Conselho de Administração, Maurício Gomes de Mattos.

Os mesmos que fizeram das tripas coração para expulsar o galinho Zico do Flamengo.

Resta saber como a Presidenta Patrícia Amorim vai lidar com o assunto.

Atenderá aos interesses do Flamengo e de seus parceiros, ou aos de campanha, beijando as mãos de gente que  tem grande peso no jogo eleitoral, mas nem sempre se importa verdadeiramente com o rubro-negro ?

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.