Conheça a história de nepotismo, jamais contada antes, da Agente X-26, a técnica da FEE, Dilma Roussef (PT)

nepote

Por POLÍBIO BRAGA

“Nos casos da FEE e da Assembléia, Dilma Roussef foi beneficiada pela relação de parentesco, prática que no debate do SBT denunciou como “imoral” e “ilegal” na situação que teria enfrentado seu adversário Aécio Neves em Minas.”

A agente X-26 foi nomeada por Jair Soares a pedido do marido, com quem foi trabalhar depois com um a FGAL-9 na Assembléia do RS.

Desde que chegou a Porto Alegre no final da década de 70, onde passou a viver com seu marido, o ex-deputado estadual Carlos Araújo, PDT, com quem teve uma filha, Paula, atual procuradora do MPT, a presidente Dilma Roussef passou a ser conhecida como ocupante de diferentes cargos públicos, entre os quais o de Assessora Superior da Assembléia do RS, Diretora Geral da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Secretária Municipal da Fazenda e Secretária Estadual de Minas e Energia.

. Ela serviu aos governos do PDT e do PT.

. Os cargos que ocupou, todos de livre nomeação – CCs, FGs ou secretarias – foram por indicação do marido, inclusive na Assembléia, onde trabalhou diretamente sob as ordens do deputado Carlos Araújo, na Assessoria Superior da Bancada, percebendo ali a mais alta FG da Casa, calculada hoje em R$ 14 mil, sem contar vantagens.

. O que muito pouca gente sabe é que Dilma começou sua vida como servidora pública na qualidade de CC nomeada pelo então governador Jair Soares, do PDS, a quem Carlos Araújo foi procurar em 1983 para pedir o emprego para a mulher. Dilma foi nomeada no âmbito da secretaria do Planejamento para a FEE (Fundação de Economia e Estatística). Lá ela consta da Folha até hoje. Como X-26, técnica X-26. Na época, o PDS era o Partido de sustentação do general João Batista Figueiredo, de quem Soares foi ministro da Previdência. Dilma e Araújo combateram ambos, Contra Jair, apoiaram Alceu Collares, PDT.

. Nos casos da FEE e da Assembléia, Dilma Roussef foi beneficiada pela relação de parentesco, prática que no debate do SBT denunciou como “imoral” e “ilegal” na situação que teria enfrentado seu adversário Aécio Neves em Minas.

. A presidente sabia perfeitamente que sua retaguarda estava a descoberto, mas mesmo assim resolveu acusar o adversário por um tipo de “crime” que “cometeu” várias vezes, muito tempo antes.

. Nos seus 30 anos como empregada contratada, compareceu efetivamente ao trabalho menos de 5 anos. No restante do tempo esteve cedida. Seus salários como X-26  sempre foram pagos pela FEE.

Dilma não trabalhou em 25 dos 30 anos de contrato com a FEE, mas está apta a pedir aposentadoria com valor integral

dilma charuto

Em 1991, o secretário do Planejamento, Walter Nique, empossou Dilma na presidência da FEE. Ao seu lado, encoberto pelo microfone, o marido, Carlos Araújo, então deputado estadual e líder do governo Collares, o patrono da candidatura da mulher. Em 1993, Dilma foi para a secretaria de Minas e Energia.

O que pouca gente sabe é que a presidente Dilma Roussef ainda é funcionária da Fundação de Economia e Estatística, a FEE, RS. Sua identidade funcional é 2963736, cargo técnico X-26, segundo apurou o editor.

. Ela estava em condições de pedir aposentadoria em 2010, quando disputou a presidência, mas achou mais prudente não fazer marola com o caso, porque a mídia iria investigar o caso e descobrir que ela não trabalhou ali em 25 dos 30 anos necessários para se aposentar com salário integral equivalente ao de presidente da FEE, cargo que ocupou no governo Collares.

. Foi por isto que pediu suspensão do contrato de trabalho no dia 29 de março de 2010.

. Vai pedir aposentadoria quando sair do governo e o caso não virar mais notícia

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.