Os oito minutos do Brasil em Londres

O Brasil não fez feio em sua apresentação na festa de encerramento das Olimpíadas de Londres.

Pelo contrário.

Em primeiro lugar pela clara provocação a Rede Record (a festa foi organizada por empresa ligada a Rede Globo), introduzindo no evento uma enorme “Iemanjá”, símbolo religioso da Umbanda, e que representa, no catolicismo, Nossa Senhora.

Os “Bispos” devem ter ficado loucos !

Depois ao tocar a belíssima “Bachianas” do genial Villa-Lobos.

Expressão aguda do bom gosto que, se repetido em 2016, tem a obrigação de homenagear outro de nossos gênios, tocando “O Guarani”, composição primorosa de Carlos Gomes.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.