Advertisements

Como explicar ? Corinthians pagou, mas empresa do Panamá é a verdadeira proprietária de Defederico

Em 2009, o Corinthians pagou quase R$ 10 milhões para contratar o meia Defederico, apresentado no Parque São Jorge como o “Novo Messi”.

Bastaram algumas partidas para se notar que a comparação era absurda e que os valores da transação eram desproporcionais à qualidade do produto adquirido.

Três dirigentes corinthianos, à época, participaram ativamente do negócio.

Andres Sanches, André Negão e Luis Paulo Rosenberg.

Porém, após a última temporada de Defederico, emprestado ao Independiente, da Argentina, com salários superando os R$ 200 mil mensais, bancados pelo Corinthians, descobrimos uma informação difícil de explicar.

Embora o Corinthians tenha dispensado uma fortuna em sua contratação, estranhamente os direitos econômicos do atleta não pertencem ao clube.

Apenas os federativos, que, em tese, nada valem.

Segundo o site oficial do Independiente, que relaciona todos seus atletas e os respectivos proprietários, os direitos econômicos de Defederico, 100%, pertencem à empresa BLUESAND S/A, radicada no Panamá.

Segundo informações, conhecida fonte de higienização de dinheiro.

O Corinthians, que pagou uma fortuna, e continua arcando com o salário do jogador, além de ter pago R$ 400 mil de comissão a intermediários, em caso de revenda, nada receberá.

Confira abaixo o link e a reprodução da página oficial do Independiente.

http://www.clubaindependiente.com/independiente/2012/06/informe-derechos-economicos-del-plantel-profesional3/

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: