Venda de Paulinho é nota plantada pelo BMG

Um conhecido “boca de aluguel” da imprensa noticiou que o jogador Paulinho, do Corinthians, foi negociado com o CSKA, da Russia.

Não é verdade.

O “jornalista” recebeu ordens, tudo indica, remuneradas do BMG para soltar o boato, buscando assim pressionar o atleta e seu staff a aceitarem a proposta.

Esta sim, que de fato existe, de 10 milhões de Euros.

O Banco do mensalão possui 45% dos direitos do atleta.

Já para o Corinthians sobrariam irrisórios 10%, enquanto o Pão de Açúcar teria direito aos outros 45%.

Vale lembrar que é exatamente dos caixas do BMG que costumam sair “taxinhas” que remuneram dirigentes alvinegros, além de um conhecido comentarista da BAND, amigo de quem inventou a “notícia”.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.