Advertisements

Corinthians socorre “organizada” no DHPP

Logo após a apreensão de R$ 150 mil, pela policia, na sede da facção criminosa “Gaviões da Fiel”, muitos telefonemas de socorro foram atendidos no Parque São Jorge.

O resultado, triste, foi a presença do diretor jurídico do clube, Luis Bussab, num plantão de Delegacia do DHPP, dizendo que os valores apreendidos pertenciam ao clube.

Muita gente diz que a história não é verdadeira.

E, mesmo que fosse, demonstraria a enorme “colaboração” da diretoria com essa gente, fornecendo ingressos em consignação, segundo Bussab, referente a duas partidas, e, aparentemente, não se importando em receber os valores.

Sim, porque faz algum tempo que os ingressos da partida contra o Cruz Azul foram negociados e, levando-se em consideração que são vendidos à vista, nada justificaria o montante ainda não ter sido repassado ao clube, muito menos estar em espécie na “organizada”, em vez de numa conta bancária.

Na verdade, informações dão conta de que seriam valores arrecadados pelo crime organizado e que, pressionado, o dirigente alvinegro estaria “acobertando” a ação.

Em sendo verdade, teríamos neste episódio novo crime sendo cometido, e que deveria ser apurado pelos poderes competentes.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: