Advertisements

V(W)anderlei(y) Luxemburgo é condenado a prisão por fraude eleitoral

A Justiça de Tocantins condenou o ex-treinador em atividade, atual empresário de jogadores, V(W)anderlei(y) Luxemburgo, a um ano e meio de prisão, por transferência eleitoral fraudulenta.

Pelo crime, previsto no art. 289, poderia pegar até cinco anos de prisão.

Luxa ficou ainda, por decisão do juiz Gilson Coelho Valadares, inelegível por oito anos, privando-nos do desprazer de atura-lo como candidato nas próximas eleições.

Por ser primário neste artigo, Luxa não deverá ficar preso, mas terá a pena convertida em prestação de serviços à comunidade, além de ter que pagar multa de cem salários mínimos.

Não é a primeira vez que o vulgo “Madureira” se mete em confusões policiais.

Após a CPI do Futebol, Luxemburgo foi obrigado a alterar a grafia de seu nome, trocando o “W” pelo “V” e o “y” pelo “i”, após constatação de falsidade ideológica em seus documentos.

Além disso, o treinador teve que se acertar com a Receita Federal, que comprovou anos de impostos sonegados, acumulados em seus serviços ao futebol.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: