Advertisements

Corinthians, enfim, devolverá terreno à Prefeitura

Após longa batalha jurídica, que culminou com a sentença obrigando o Corinthians a devolver, voluntariamente, o terreno de entrada do Parque São Jorge à Prefeitura, o assunto finalmente foi solucionado.

O local será, de fato, devolvido, mas a utilização do mesmo, como estacionamento, permanecerá a mesma.

Porém, se antes o dinheiro arrecadado, além da responsabilidade, eram do clube, agora ficará tudo para a Prefeitura, que instaurará a “Zona Azul” para cobrar estacionamento no local.

Perde o associado, que antes tinha prioridade, e agora terá que dividir o espaço com motoristas freqüentadores de outras localidades, além do clube, que terá sua área útil sensivelmente reduzida.

Facebook Comments
Advertisements

45 comentários sobre “Corinthians, enfim, devolverá terreno à Prefeitura

  1. moacir

    UÉ, VOCE TORCEU TANTO PARA ISSO ACONTECER!

    Perde o associado, que antes tinha prioridade, e agora terá que dividir o espaço com motoristas freqüentadores de outras localidades, além do clube, que terá sua área útil sensivelmente reduzida.

  2. h@milton

    Relatório MPSP

    O loteamento denominado “Jardim Leonor” foi inscrito sob o nº 64 no 11º Registro de Imóveis da Capital no dia 27 de junho de 1952 pela Imobiliária Aricanduva, sendo que, em 23/08/51, já havia sido expedido Alvará de licença para a empresa “MERCO”, antiga proprietária, promover o retalhamento da gleba.
    Vários processos modificativos foram apresentados pela ARICANDUVA, dentre os quais a alteração tratada no processo etiqueta 0.0,30.822/52, atualmente PA 1984-0.017.902-1, relativa ao espaço livre “D”, doação objeto do presente inquérito.
    Tal doação, ocorrida em agosto de 1952, portanto posterior ao registro, parece ser nula, porque o imóvel doado não mais pertencia à doadora. Segundo PATR, mesmo considerando a participação do Município como interveniente, anuindo a doação, tal fato não a tornaria válida, pois não houve desafetação do bem público, que pertencia à classe de bens de uso comum do povo, tampouco autorização legislativa, como exigia a legislação da época.
    Acrescente-se que houve solicitação, segundo PATR “ficcional” (fls. 114), para que a área doada ao SPFC continuasse sendo computada como área livre. O código de obras da época, em seu art. 733, estabelecia: “Quando o terreno a arruar tiver superfície igual ou superior a quarenta mil metros quadrados, o es:paço ocupado por vias de comunicação (ruas, avenidas, etc) não poderá ser inferior a vinte por cento da superfície total do terreno. Deverá, além disso, ser deixada para espaços livres (praças, jardins, squares, etc), de domínio público, uma área correspondente, pelo menos, a:
    – cinco por cento da área total- na zona urbana;
    – sete por cento da área total – na zona suburbana:
    – dez por cento da área total – na zona rural. “
    Considerando que o loteamento “‘Jardim Leonor” estava inserido em área rural, foi levado em conta pelos órgãos responsáveis que dez por cento da área total do loteamento fora reservada para espaço livre, o que inclui os 99.000 metros quadrados doados ao SPFC, que, na prática, nunca foi uma área livre, um bem público de uso comum do povo, como definido pelo art. 66, CC/16.
    A respeito da destinação da área, consta expressamente do Processo Municipal que a área objeto da doação continua, para todos os efeitos, sendo computada como área livre do loteamento (fls. 48v do atual PA 1984-0.017.902-1).
    PATR informa detalhes sobre a legislação vigente à época às fls. 117/118.
    Logo, o pedido de reversão da doação encontra-se em cheque, pois revoga-se algo que era válido, o que não parece ser o caso tratado nos autos deste Inquérito Civil. A doação, ao que tudo indica, parece ser nula. Expressiva corrente doutrinária já manifestava, ao tempo em que vigia o Código Civil de 1916, que os atos nulos podem ser invalidados a qualquer tempo. Pode-se dizer, ademais; que tal entendimento foi o escolhido pelo Novo Código Civil, eis que seu art. 169 declara que ” o negócio jurídico nulo não é suscetível de confirmação, nem convalesce pelo decurso do tempo”. (fls. 122)
    Ainda sobre a destinação do espaço livre, informa a Secretaria de Negócios Jurídicos que “a doação do espaço livre “D” do loteamento Jardim Leonor ao SPFC ensejou redução do porcentual de áreas destinadas ao Poder Público, fixado na art. 733 do Ato 663/64, ( … ), o que tornou O empreendimento irregular. Neste sentido, o Município deveria ter exigido, para aprovar o projeto modificativo que previa a supressão do espaço livre “D”, a indicação de nova área, de modo a atender a disposição legal retro citada, uma vez que a área destinada à construção de estádio particular não poderia ser computada como espaço livre”.
    Eventuais problemas continuaram a ocorrer na medida em que o loteamento era aprovado pelos órgãos técnicos da Prefeitura Municipal, em diferentes épocas (fls. 135/137), sem qualquer exigência de compensação. Afirma a PGM que “a não exigência dos órgãos técnicos de complementação do espaço livre, para a provação e aceitação do loteamento em questão, decorre do fato de considerarem o espaço livre “D” como área pública” .
    A própria PGM segue sua manifestação declarando que a área, antes da doação, era pública (fls. 137 e seguintes): “E, de fato, é área pública. Senão vejamos. O Decreto Lei 58/37 determinava que, uma vez inscrito o parcelamento, as ruas e os espaços livres tornavam-se inalienáveis. Referido texto legal não proibia a modificação do plano de arruamento, porém o percentual da gleba destinado a ruas e espaços livres deveria ser respeitado diante da nova situação fática do parcelamento”.
    Mesmo a anuência do Sr. Prefeito, à época, não supre as formalidades que eram exigidas: autorização legislativa para desafetar a área, por ser de uso comum do povo, e aliena-la, nos termos do que dispunha o art. 6º do Código Civil de 1916 c/c o art, 32 da Lei Estadual 02 01/47 (Lei Orgânica para os Municípios do Estado de São Paulo).
    Ainda que pairasse dúvida sobre se a área objeto de doação já havia ou não integrado o domínio municipal, já que o Ato 663/34 estabelecia que os logradouros públicos somente poderiam ser aceitos oficialmente se o interessado fizesse doação de suas respectivas áreas ao Município, tal discussão está superada sob a luz da norma expressa através do Decreto Lei 58/37:
    Art. 3º – A inscrição torna inalienáveis, por qualquer título, as vias de comunicação e os espaços livres, constantes do memorial da planta.
    Corrobora a tese o fato do Sr. Prefeito, à época, ter sido chamado para anuir a doação. Se a área fosse de fato propriedade da Imobiliária Aricanduva, não seria necessária a participação da Prefeitura Municipal na doação .
    O próprio SPFC, na pessoa de seu Presidente, Sr. Cícero Pompeu de Toledo, reconhece que o local objeto da doação pertence ao domínio público em carta à Prefeitura datada de 29 de janeiro de 1952:
    “Após conferência que mantivemos esta manhã com o Exmo. Sr. Dr. Dario de Castro Bueno, M.D. Secretário de Obras desta Prefeitura, chegamos à conclusão de que o doação pretendida pelo São Paulo Futebol Clube deverá ser pleiteada diretamente da Prefeitura Municipal e não da Imobiliária Aricanduva. Isto porque, ao promover o loteamento da área e solicitar O respectivo alvará, já está comprometida a Aricanduva com a Prefeitura Municipal e, deste modo, qualquer modificação no plano geral, seria de competência exclusiva da Prefeitura”.
    O Clube estabelece, inclusive, a distinção entre as áreas doadas (pois receberia, em época distinta, outra área da Imobiliária Aricanduva), deixando claro e explícito que a área maior, de cerca de 98.000 metros quadrados, é aquela que pleiteia junto à Municipalidade (fls. 196).
    Resta claro, portanto, que existem indícios concretos indicando que a doação celebrada entre a Imobiliária Aricanduva e o São Paulo Futebol Clube é nula, indo além dos fatos concretos narrados na representação.- quais sejam de que o SPFC não cumpriu os encargos da doação (na hipótese de que esta última fosse válida). Existe, ainda, a possibilidade de eventuais irregularidades na aprovação do loteamento Jardim Leonor, haja vista a não exigência, por parte da Prefeitura Municipal, de compensação da área livre que fora doada ao clube.
    São Paulo, 27 de setembro de 2010
    José Borbolla Neto
    Servidor Executivo Responsável

    O relatório acima mostra o grande descaso ao bem público e a conivência da Prefeitura da época. Vou destacar dois pontos aqui, primeiro o reconhecimento por parte do presidente do SPFC quanto ao terreno não ser de propriedade da Imobiliária Aricanduva e sim da Prefeitura. Isso em 29/01/1952:
    ?Após conferência que mantivemos esta manhã com o Exmo. Sr. Dr. Dario de Castro Bueno, M.D. Secretário de Obras desta Prefeitura, chegamos à conclusão de que o doação pretendida pelo São Paulo Futebol Clube deverá ser pleiteada diretamente da Prefeitura Municipal e não da Imobiliária Aricanduva. Isto porque, ao promover o loteamento da área e solicitar O respectivo alvará, já está comprometida a Aricanduva com a Prefeitura Municipal e, deste modo, qualquer modificação no plano geral, seria de competência exclusiva da Prefeitura?.
    Porém a história do estádio do Morumbi conta, em 04/08/1952:
    Após a ativação da Comissão Pró-Estádio (criada em 15.05.1952), o São Paulo consegue junto a Imobiliária Aricanduva um terreno de 99.873m², em 4 de agosto de 1952.
    Fonte: Site oficial do SPFC
    Se você ficou na dúvida se eles comentam na nota completa que o terreno é público, ja te adianto que não. Se você ficou na dúvida se a maioria dos são paulinos sabem disso, ja te adianto que não… preferem falar que a prefeitura esta dando um estádio pro Corinthians e bla bla bla. Estudar a própria história que é bom, naaaaada.
    Porém em outra fonte do clube diz-se:
    No mês de dezembro de 1951, a prefeitura de São Paulo doou uma parte do terreno (90 mil m²) e a outra parte (68 mil m²) foi comprada pelo São Paulo.
    Fonte: spfc.net
    Datas diferentes, histórias diferentes… Estranho! Mas vamos ao segundo ponto que quero destacar no relatório. A conclusão de José Borbolla Neto, o servidor executivo responsável, isso em 27/09/2010:
    ‘Resta claro, portanto, QUE EXISTEM INDÍCIOS CONCRETOS INDICANDO QUE A DOAÇÃO CELEBRADA ENTRE A IMOBILÁRIA ARICANDUVA E O SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE É NULA, indo além dos fatos concretos narrados na representação.- quais sejam de que o SPFC não cumpriu os encargos da doação (na hipótese de que esta última fosse válida). Existe, ainda, a possibilidade de eventuais irregularidades na aprovação do loteamento Jardim Leonor, haja vista a não exigência, por parte da Prefeitura Municipal, de compensação da área livre que fora doada ao clube.’
    Nula? Se é nula o que esperam pra tomar uma atitude? Se é nula porque não pediram pra Prefeitura levantar qual seria o valor do aluguel neste período? Pro lado de Itaquera fizeram uma repercussão grande em cima disso! Calcularam até qual seria o valor do aluguel, caso fosse cobrado, que o Corinthians teria que pagar. Este no valor de R$ 151 mil por mês de acordo com o terreno/local.
    Fonte: Folha
    E um terreno no Morumbi? Fiquei curioso de qual seria este valor. Por que ninguém pediu pra levantar qual seria? Acho que irão pedir ainda, pelo menos prefiro pensar assim.
    O relatório deixa claro que existe uma concessão do terreno, e toda concessão cabe de uma reciprocidade em relação a parte que recebe o terreno e a Prefeitura. Ou seja, a Prefeitura cede o terreno, mas exige em troca alguns benefícios à população pelo uso deste terreno. No caso do São Paulo FC, exigiu-se:
    Um parque infantil de livre acesso à população e um estacionamento, que deveria ocupar uma área de 25 mil metros quadrados
    Fonte: UOL
    Apesar de nada disto ter sido feito, o pior foi ter usado o espaço para aumentar as propriedades do clube particular. Assim, hoje não é mais possível (por falta de espaço) atender as velhas normas da concessão. Agora leia o que diz o promotor Raul de Godoy Filho, responsável pelas investigações, isso em 10/09/2010:
    ?Vamos aguardar o retorno do ofício e, confirmada as irregularidades, o Ministério Público pode promover uma ação ou um termo de ajustamento de conduta. Caso o São Paulo não consiga cumprir com o que foi determinado no acordo, vamos analisar o que pode ser feito em troca, de forma adequada, e que não afete o aspecto urbanístico?
    Fonte: UOL
    Isso a mais de 6 meses atras e caiu no esquecimento pelo jeito.
    Algum barulho pros lado do Jardim leonor? Não. Mais uma vez preferiram se concentrar em Itaquera.
    São mais de
    50 anos em que o São Paulo FC usa um terreno público de forma irregular. Cadê as ações do Ministério Público durante todo este período? Cadê as ações dos jornalistas esportivos? Estes que parecem defensores do bem público ao cobrar o Ministério Público quanto ao terreno de Itaquera. Cadê o número do processo para o cidadão brasileiro acompanhar o andamento deste imbróglio?
    Curiosidades I: O terreno de Itaquera pode ser acompanhado no site do TJSP pelo nº
    053.01.016060-7 Para acompanhar o do Morumbi, qual nº é? Ou vão me dizer que o Ministério Público ainda não acionou
    o clube quanto ao terreno do Jardim Leonor.
    Curiosidades II: Você sabia que a região denominada Jardim Leonor, possui este nome em homenagem a mulher do governador Adhemar Pereira de Barros? Ele era responsável pelo loteamento (políticos e suas empresas adoram isto) da região do Morumbi e tinha como vice-governador em 1962 Laudo Natel.
    Curiosidades III: Com a destituição de Adhemar de Barros, Laudo Natel se tornou governador em 1966. Ao mesmo tempo, Laudo Natel foi presidente do São Paulo FC na década de 60, época que o Morumbi avançou.
    Voltando… Não entendo toda essa pressão em cima do Corinthians em relação ao terreno de Itaquera. Pelo fato de não ter construído o estádio no período de 5 anos. Um terreno em que o foco ainda é o mesmo, a construção do estádio.
    Um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) ja esta pronto para ser assinado, conforme o prefeito Kassab. Nota do jornal Marca Brasil
    Neste TAC, com certeza aumentará as obrigações do Corinthians com os moradores da região. Lembre-se que por ser um terreno público, a Prefeitura exige do beneficiado com o espaço, uma contribuição social com os maradores da região. O que fará o São Paulo para os moradores da regiao? De onde vai conseguir espaço para isto? Lembrando que usou o espaço do parque e estacionamento para aumentar o patrimônio do clube.
    Logo, o Ministério Público que ja tanto atrasou o início das obras do estádio Corinthiano, continue mostrando seu empenho, exigência e pressão em quem deveria ter construído um parque e usou o espaço para aumentar seu patrimônio e lucrar com isso. Pressione quem não fez estacionamento, aumentando seu patrimônio e lucrando com isto.
    Se não bastasse toda essa incoerência de atitude em relação a ItaqueraxMorumbi, pra piorar a Prefeitura ainda gastará mais de R$ 3 bilhões em projetos visando o entorno do Morumbi, área nobre de São Paulo. E quando se falou em R$ 478 milhões para o entorno de Itaquera, área pobre de São Paulo, os jornalistas que se acham ‘defensores do bem público’ fizeram todo aquele barulho digno de vergonha.
    Sendo que a vergonha maior é que se por norma da concessão do terreno do Morumbi previa-se um parque e um estacionamento, será com dinheiro público que estas normas serão atendidas! Não entendeu? Explico.
    O clube usou o espaço necessário para aumentar seu patrimônio. Mas serão destes R$ 3,1 bilhões de dinheiro público que será construído um estacionamento ao lado do Morumbi. E a iniciativa não foi da Prefeitura! Pois foi o São Paulo quem elaborou o projeto, encaminhou o mesmo pra Prefeitura e conseguiu a aprovação. Segue abaixo a nota:
    As obras incluem a revitalização da praça Roberto Gomes Pedrosa, com a construção de um estacionamento de três andares para 1650 carros. Apesar de se tratar de um investimento público de infraestrutura, a parte do projeto próxima ao estádio foi encomendada pelo próprio São Paulo ao arquiteto Ruy Othake e entregue pelo clube à prefeitura.
    Fonte: IG
    É uma vergonha um clube usar de forma irregular um terreno público por mais de 50 anos, não respeitando os termos de concessão, e ainda conseguir patrocínio com o dinheiro do povo. Conseguindo com DINHEIRO PÚBLICO e conivência da Prefeitura, um estacionamento que o próprio São Paulo FC deveria ter construído.
    Fazendo uma analogia, é como se uma pessoa que mora de aluguel (e não paga suas mensalidades) pedisse ao locador para fazer uma reforma na casa do jeito que ela deseja. Tu acha que ele fará?
    Vamos agora cobrar o Ministério Público e ao mesmo tempo cobrar para que todos estes jornalistas que tanto cobram Itaquera, que cobrem também um pouco o Morumbi… pelo menos tentem disfarçar né. Porque esta ficando cada vez mais claro que as críticas são parciais e totalmente clubísticas. E assim como a população nacional, a maioria é de anti Corinthianos.

  3. Alguns Fatos

    Na verdade o Corinthians não perde nada.. Quem ganhava não era o clube e sim “terceiros”…
    E convenhamos.. Ohh Jurídico incompetente….
    Também pudera.. Jovens formados na Arcadas que se curvam às vontades de bicheiros e outros deliquentes , são obrigados a vestir camisetas indo contra todos os principios de direito e democracia, não servem pra nada mesmo..

  4. h@milton

    ATÉ O UFC ESTA PARA REPROVAR O CONCRETÃO DO NATEL!

    Após o UFC Rio no sábado, a diretoria do UFC admitiu em entrevista ao iG que estava próxima de fechar a realização do evento no Pacaembu. A maior proximidade das arquibancadas em relação ao gramado no estádio municipal e os incentivos da prefeitura pesaram mais alto e fizeram a entidade descartar o Morumbi.

    “Queremos saber qual estádio irá dar a melhor experiência aos fãs presentes. O fã do UFC precisa ter a chance de vibrar e assistir bem às lutas e nos preocupamos com isso. O Pacaembu leva

    vantagem, pois fica mais fácil para os torcedores enxergarem o octógono. O Pacaembu é a melhor opção”, afirmou o vice-presidente do UFC Marshall Zelaznik

    O show no dia 16 de junho contará com o retorno de Anderson Silva ao octógono contra o vencedor da luta entre Chael Sonnen e Michael Bisping da semana que vem. O evento ainda terá a revanche entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva, protagonistas do reality show “The Ultimate Fighter” no Brasil.

  5. SIM

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK . ESTADIO MUNICIPAL DE ITAQUERA . KKKKKKKKKKKKKKKKKKK . FAZEM ESTACIONAMENTO E DOAM AO SPFC ? . TOMAM O ESTACIONAMENTO DO CUrintia ? . KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

  6. Barbies da Fiel

    EU TENHO CERTEZA QUE NINGUÉM LEU ESTA MATÉRIA DO CTRL C E CTRL V, VAI SE INFORMAR MELHOR LÁ NA SUBPREFEITURA DO MORUMBI SEU RECALCADO INVEJOSO DE MERDA.

  7. O Corinthiano (O Original)

    Acho justo … não é porque sou corinthiano que devo ser insano ao ponto de bater o pé para algo nesse sentido … Esse fato é algo semelhante a praça que estava sendo utilizada como estacionamento em frente ao Morumbi …

    Tá decidido e pau no cú dos prejudicados ….

  8. O Corinthiano (O Original)

    Só complementando … digo que foi uma boa solução pois a área “pelo jeito” continua murada e sem acesso a avenida … pois pior seria se fosse anexada à avenida … e o fato aumentaria o perigo para os pedestres que frequentam o local devido ao volume de veículos que transitam na região …

    Quanto a cobrar … cada um com seus problemas !!!

  9. h@milton

    Então vc já sabe o conteúdo!
    Quem não sabe lerá!

    SEU BIBA DE MERDA!

    O clube mais sujo do Brasil quiça do mundo!

  10. aldo londres

    Essa história do UFC esnobarem o Pinicão rosado não vai ficar assim não viu…pois, as donas hj do Pinicão (Traffic e A.Gutierrez), vão dar o troco…pois, elas tem muita força na politica de SP…tanto é que, VÃO ROUBAR $$$ PÚBLICO E FAZER O TÃO SONHADO PUXADINHO BAMBI.
    kkkkkkkkkkkkkkkk

  11. Guidu

    Para nos chamar de “Barbies Girls”, você só pode ser sãopaulino. Caro amigo, não adianta! A mídia, o mundo e o universo sabem que os únicos afrescalhados são vocês! Até porquê, BAMBI pegou e pegou mesmo… Basta ver nos programas de humor que, basta aparecer alguma coisa gay, que se remetem a vocês… A propósito, não vá fingir que está dormindo pro RICARDÃO, hein!

  12. carlos

    Continua a luta inglória do corinthiano que a todo custo tenta esconder a roubalheira que esta sendo a construção de um estadio particular com dinheiro publico usando argumentos estapafurdios e dados que pega na famosa midia verde(cruz de savoia do seu cruz e quetais),tradicionais paga paus do tricolor.com suas versões da historia do SPFC,como se um porco
    e agora uma galinha tivessem alguma moral pra contar.

    Aliás esse pobre de espirito invejoso,o comediante hamilton virou a versão galinha do porcolino aldo londres,dois bocós que levam sua vida em função do tricolor.E por essa e por outras são os mais zuados do blog.Dois sem noção.

    O coitado ainda acha que tem razão.

    Cuida do seu galinheiro cheio de bandidos,se preocupa com seu time que ja tem bandidagem demais.Engraçado falar em clube sujo.Bem quem um galinha ?Piada

    Devolve o estacionamento pra prefeitura e fica na sua palhaço.

  13. carlos

    Deixa o idiota falar.ele precisa falar no São Paulo.
    Bela merda essa luta ser no pacaembu
    É que agora a galinhada term novo idolo,o Fala Fina.

    Imagina o morumbi lotado de galinha?Sai pra lá,não precisamos disso.Já tem show marcado em abril….não precisamos de UFC e muito menos galinhada cacarejando no templo do futebol.

  14. O Corinthiano (O Original)

    Vejo que 2012 será diferente hein Paulinho ??? … Ano passado você não liberaria um comentário deste … Vamos ver se continua … Democracia é isso !!! .. Parabéns …

  15. Terencio Trindade

    Espero que o jornalista Paulo Cesar não esteja esperando os meninos do Coronthians perderem um jogo na Copa São Paulo para fazer um comentário. Seria muito oportunismo barato. Da mesma forma que atual diretoria despresou as categorias de base a imprensa o faz, incluindo o dono deste blog. É lamentável a cobertura que a imprensa esportiva dá as categorias de base dos clubes.

  16. Chrys Barcellos

    Só espero que não esqueçam que o terreno do clube do Corinthians ia desde a Rua São Jorge até a margem do Rio Tietê onde foram instaladas as primeiras piscinas do clube que eram tanques dentro do rio e onde os associados praticavam remo, uma das atividades mais comuns nas primeiras décadas do Corinthians. Quando a prefeitura desapropriou esta parte do terreno para a construção das avenidas marginais, foi feito um acordo e sedido parte do lado oposto onde hoje é a Av. Condessa Elizabeth, onde é o estacionamento atual que será devolvido e passará a ser zona azul. Só não consigo entender porque a justiça está devolvendo esse terreno à prefeitura, nesse caso a prefeitura que não cumpriu sua parte do acordo.

  17. Carlitus

    Obrigado a devolver voluntariamente?

    É isso que eu chamo solução “negociada”.

  18. Cúrintianu bom, é cúrintianu preso

    Tudo que é ladroagem e corrupção parece estar ligado à esse Cúrintia, atenção goverandor, construa uma Penitenciária de Segurança Máxima em Itaquera, e joguem todos esses vagabundos lá dentro.

  19. Jesus Fucking Christ

    nessa você dançou.
    todo mundo quando ve alguma coisa gay seja na tv,na rua,cinema sempre lembra da são paula. pode espernear que num vinga….Não To Chamando Todo São Paulino De Viado!!! mas que o apelido de Bambi pegou e ficou não tem como negar!!! Querem zoar os outros? Sejam criativos.
    Torçedores do Brasil todo.sejam eles quais clubes torçam,quaisquer estados,regioões do pais….vcs ficarão pra sempre com o apelido que pegou.
    Quando admitirem isso vaõ parar de querer provar ao contrário.
    inventem outro adjetivo prerrogatório que quiserem mas esse vocês levam pra sempre

  20. ALEXANDRE ALVES

    JA SOMOS O MAIOR DE TODOS E TAMBÉM TEMOS A CAMISA MAIS LINDA DO MUNDO E NÃO FOI A GLOBAMBY QUE REALIZOU A PESQUISA E SIM UM INSTITUTO BRITANICO CONCEITUADO NO ASSUNTO.
    HÁ DAQUI A POUCO AS DRAGAYS VÃO DIZER QUE O ANDREZ COMPROU A OPINIÃO PUBLICA EUROPEIA.!!!KKKKK

    O TREM BALA VAI SER CAMPEÃO DE NOVO VIU TRAVEKADA

  21. Alvaro

    zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

  22. O Corinthiano (O Original)

    rs … Ai Paulinho … arrumou um Truta ??? … O Mensageiro se doeu … rs …

    Desculpa ai Mensageiro … não era minha intenção mexer com seu “cumpanhero” …

  23. André Luiz

    A garotada que era para disputar essa Copa São Paulo pelo corinthans,estava disputando pelo Flamengo de Guarulhos.
    Esses garotos que aí estão,são de emprsários.
    Sacanagem de todos os lados.

  24. Barbies da Fiel

    BIBA É AQUELE QUE VC CHAMA DE PAI, UMA VEZ FILHO DE TRAVECO, TRAVECO SEMPRE SERÁ. VAI COMER CHURRASCO DE GATO NO EMPRESTADÃO TROUXA.

  25. carlos

    QUE MANÉ INSTITUTO BRITANICO CONCEITUADO SEU JUCA.Para de falar merda.Foi um site e contou com votos maciços de brasileiros.

    Como voce é otário,sempre acreditando em conto de fadas
    Já começa falando que é o maior de todos….hahahahaha
    Em que é o maior seu ze mané?

  26. simone

    Por que tudo o que vem do corinthians cheira a armação, a coisa errada, hein?
    Estádio com dinheiro público, do qual todos nós brasileiros somos “sócios” involuntários, cargo na CBF, será que não basta? Tudo lá é por debaixo dos panos, mais sujo que os outros…Incrível!
    Depois arrotam que têm dinheiro, mas desse jeito, até o mendigo da minha rua…

  27. O Corinthiano (O Original)

    O estacionamento a prefeitura queria de volta …o estádio o governo nos viabilizou … vai chorar até quando ??? …

    Assim começo a ficar com dó

  28. Rivelino Santos

    É uma péssima noticia para o associado e para o Corinthians. Eu realmente não sei o que comentar sobre o assunto. Eu não tenho um conhecimento de tudo que aconteceu com detalhes. Eu não vou usar esse espaço para fazer um comentário vazio.

    Tem novidades no blog de Rivelino.
    O ANO DE 2012 COMEÇOU QUENTE PARA O FUTEBOL BRASILEIRO.
    RONALDINHO GAÚCHO OU VANDERLEI LUXEMBURGO ?
    CAMPEONATO PAULISTA.
    CAMPEONATO CARIOCA.
    A PRIVATIZAÇÃO DO MARACANÃ.
    http://www.rivelinosantos.wordpress.com
    E-mail rivelino.futebol@hotmail.com
    Muito obrigado e que o nosso bondoso DEUS abençoe a todos.

  29. Nilton

    Pronto,sera que agora os veadinhos do morumbi,vão fazer o mesmo e devolver o terreno doado de forma iregular?

  30. luiz

    só quanto tua mãe parar de babar no meu ovo ,favelado de merda ……………………………..

  31. A VERDADE

    Ui Luiz,todo munda sabe que é você que gosta de babar ovo dos seus “amiguinhos”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: