Advertisements

STF mantém ação contra Kia Joorabchian

O Supremo Tribunal Federal manteve a Ação Penal contra o testa de ferro da Máfia Russa, Kia Joorabchian.

O bandido internacional é acusado de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

A defesa do iraniano, patética, como de costume, alegou que ele desconhecia a origem do dinheiro, vindo do exterior, que entrou ilegalmente no Brasil.

Pelo menos desta vez não apresentaram atestado de pobreza.

O Ministro Celso de Mello tratou de negar o Habeas-Corpus.

No que fez muito bem.

Kia terá problemas, nos próximos dias, com a justiça da Inglaterra.

Está sendo investigado pelos mesmos crimes que cometeu no Brasil.

Deve ser coincidência.

Facebook Comments
Advertisements

21 comentários sobre “STF mantém ação contra Kia Joorabchian

  1. euclydes zamperetti fiori

    Da mesma maneira com q. os “ilibados” politicos e empresarios deste Brasil brasileiro depositam oq roubaram no exterior os de Lá fazem-no aq.

    Posteriormente colocam advogados para defende-los como o faz Maluf e outros ladrões quer da direita , esquerta do meio ou da PQP, ficam alardeando q. nada possuem em outros paises + colocal defensores.

    Estes canalhas roubaram do sofrido povo Russo q. como nós passa por diversas dificuldades e são tratados com gado, enquanto seus politicos vivem nababescamente.

    Os q. com os mesmos se aliam deveriam sofrer penas maiores.

    zamperetti fiori
    cidadão e
    ex-árbitro de futebol

  2. Marcos R. Cabral

    Humm…. quero só ver como o presidente que tem medo irá administrar o Corinthians, caso a fonte seque. Mas, ele sabia disso qdo aceitou o dinheiro. Dias piores virão no Pq. São Jorge.

  3. Rafael

    Ah mais ele ta muito preocupado com a tua opnião, até acho que ele vai perder o sono..kkkkk Cara tu é um ridiculo, vai achar um serviço vai.

  4. Tiago M

    Menos Paulinho, menos.

    Vc acha MESMO que os advogados do Kia admitissem que ele sabia da origem do $ ???

    O Kia volta ao Brasil quando ele quiser pra fazer o que ele quiser, a instancia de poderes que estao entre os contatos dele no Brazil sao outras. Bem maiores, Infelizmente. Podemos nao gostar disso, mas nao podemos negar que eh fato.

    Quanto a Inglaterra, eh bom se informar melhor. Comece pela lista de de pessoas que se exilam la so por ter $$. Com $$ la o unicos risco que vc corre eh receber um titulo de SIR.

  5. perckison

    pauinho vc sabe se vai passar o jogo do sao paulo x cruzeiro na liertadores
    quinta feira ?

  6. emir

    “Patética defesa” ! Paulinho, sua tenaz luta, até saudável, é contra o Kia. O advogado dele, que não o conheço, não tem nada a ver com as eventuais mazelas de seu constituinte. É só separar as coisas, e seu método de fazer jornalismo será interpretado com mais seriedade. É só uma sugestão de leitor.

    Paulinho: Agradeço sua sugestão. Mas não posso ter opinião ruim sobre a defesa ?

  7. ADVOGADO do DIABO

    RESPOSTA:

    Marcos, dias piores virão no Pq. São Jorge????
    Virão nada, não seja inocente.

    No mundo da política e do futebol PODE TUDO.

    Ou vc acredita em duendes?
    ________________________________________________________________

    PERGUNTA :

    Por que o Daniel Dantas pode ter HABEAS CORPUS e o kia, NÃO?
    _______________________________________________________________

    COMENTÁRIO:

    Se eu fosse o Kia, contratava o advogado do Maluf.
    ______________________________________________________________

  8. Luís Carlos

    Bom, lavagem de dinheiro no Brasil nunca foi crime e o Kia lavou dinheiro aqui justamente porque sabia disso.

    Se lavagem de dinheiro fosse crime no Brasil não haveria políticos para fazer as leis nem juízes para julgar o Kia.

  9. Israel (Ribeirão Preto-SP)

    Ao Perckison, o jogo que vc pergunta passará no SportTV e na Fox (Net-Sky-TVA, etc….) no horário das 22,00 horas.
    Quanto ao Kia, a justiça será feita.

  10. Marcos R. Cabral

    Advogado do Diabo.

    Minha colocação é muito simples e objetiva:
    – o custo para se manter o elenco corinthiano é altíssimo. Nem mesmo o “outdoor” da camisa corinthiana é suficiente para cobrir todas as despesas.

    Ou vc acha que o clube é superavitário???????

  11. Jorge Xavier

    Pode Paulinho.

    Você pode “ter opinião ruim sobre a defesa” mesmo não entendendo nada de Direito.

    O que não pode é contestar o resultado, qualquer que seja, baseado na sua “opinião”.

    Afinal a sua opinião é a sua opinião e NÃO É O ESTADO DE DIREITO, né?

  12. José Roberto da Silva

    Tá bom Jorge Xavier
    Vou citar um caso vamos ver se você c ontinua com a mesma opinião.
    Será que não podemos contestar este resultado?

    O empresário e ex-deputado federal Sérgio Naya vai ser lembrado como o dono da construtora Sersan, responsabilizada pela morte de oito pessoas no desabamento de um prédio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A empresa foi acusada de ter utilizado material de baixa qualidade no edifício, chamado Palace 2, que ruiu em 22 de fevereiro de 1998. Naya ocupava cadeira na Câmara dos Deputados à época e, dois meses depois, teve o mandato cassado por quebra de decoro parlamentar. O empresário era filiado ao então PPB de Minas Gerais.

    O ex-deputado chegou a ficar preso por 137 dias, entre 1999 e 2004, mas, em 2005, foi absolvido pela Justiça, que colocou a culpa do desabamento no engenheiro responsável pela obra, José Roberto Chendes, que teria, conforme a decisão, errado também nos cálculos para construção do prédio. Naya, porém, foi condenado a pagar indenização de 1 mil salários mínimos por danos morais a cada uma das cerca de 170 famílias que adquiriram apartamentos no edifício. Nem todas receberam o dinheiro.

    Depois do episódio, Naya passou temporada em Miami, na Flórida, nos Estados Unidos. Durante o período, apareceu em vídeo afirmando que não tomaria champanhe em taça de plástico porque, conforme o empresário, era “coisa de pobre”.

    Do currículo de Naya consta ainda denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro contra ele por fraude de execução fiscal. O ex-deputado, conforme o MPF, esvaziou o patrimônio da LPS Participações e Empreendimentos, da qual a Sersan era sócia majoritária. O objetivo, ainda conforme o Ministério Público Federal, era o de evitar a cobrança de impostos que a empresa não pagou à União.

    DÍVIDA

    Naya devia também ao estado do Rio de Janeiro. Em 2005, o valor que o ex-deputado deixou de pagar ao governo fluminense era de R$ 660.523,20, referentes basicamente ao não recolhimento do Imposto sobre Serviços (ISS). Para quitar o débito, a Justiça tentou penhorar 22 imóveis do empresário, mas apenas 11 puderam ser vendidos porque a outra metade já havia sido bloqueada por moradores do Palace II em ações pelo prejuízo que registraram no desabamento do prédio.

    O empresário foi ainda investigado pela Polícia Federal sob suspeita de importação irregular de equipamentos médicos. O próprio Naya, conforme vídeos divulgados em março de 1998, admitiu ter “facilidade” para trazer do exterior máquinas de ultrassom e aparelhos de hemodiálise. As declarações foram gravadas durante encontro do parlamentar com vereadores de Três Pontas, no Sul de Minas.

    O ACIDENTE

    • O Palace 2 era um edifício residencial na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, que desabou em 22 de fevereiro de 1998, matando oito pessoas

    • O prédio começou a ser construído pela Construtora Sersan, do ex-deputado Sérgio Naya, em 1990. A previsão de conclusão da obra era 1995, mas acabou atrasando

    • Em 1996, segundo moradores, o edifício foi interditado pela Defesa Civil depois que um operário morreu ao cair no fosso do elevador, que estava com defeito

    • A construtora já havia sido processada quatro vezes pela má construção, que não havia recebido o habite-se da prefeitura do Rio

    • Diante do ocorrido, ficou comprovado que o edifício fora construído com material de péssima qualidade, inclusive utilizando areia de praia, o que levou ao desabamento, além de comprovado erro de cálculo nas vigas de sustentação

    • O primeiro desmoronamento ocorreu às 3h de 22 de fevereiro de 1998, quando as colunas 1 e 2 do edifício, onde haviam 44 apartamentos, desabaram

    • Dois dias depois, a prefeitura anunciou que o restante do edifício seria implodido

    • O segundo desmoronamento ocorreu pouco antes das 13h de 27 de fevereiro. Trinta minutos antes, laudo técnico havia recomendado que os moradores voltassem ao edifício para recuperar seus bens

    • Vinte e dois apartamentos foram destruídos nessa queda

    • A implosão ocorreu às 12h de 28 de fevereiro e foi transmitida ao vivo para todo o Brasil pela televisão

    Será que realmente foi feita justiça neste caso?

    Por acaso você era proprietário de algum apto nestes prédios?
    Não?
    Então entendo sua opinião

  13. Hugo - Corinthians

    Melhor contratar o advogado do advogado do Maluf, pois até mesmo Ricardo Tosto, defensor do Maluf, foi preso pela Polícia Federal.

  14. Hugo - Corinthians

    Do blog do jornalista Reinaldo Azevedo, terça-feira, 16 de junho de 2009 | 6:53

    Lula está certo! Airton, do Flamengo, tem de ir para o Irã. Mas não pra jogar bola…

    Esta que segue é muito boa para quem gosta de futebol e acompanha um pouco o esporte. Já que Lula comparou os conflitos no Irã a uma partida entre Flamengo e Vasco, o leitor Nestor Carvalho teve uma idéia excelente, a saber:

    Se a coisa está desse jeito por lá, o Ahmadinejadi podia contratar o Airton, nº 14 do Flamengo, que se especializou em pisar nos adversários caídos. Bola, ele não joga nada, mas pisar nas barrigas e virilhas dos adversários no chão é com ele mesmo. Grande futuro nas disputas “futebolísticas” do Irã…

    Comento
    Para quem não sabe do que Nestor está falando: na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, Airton pisou nas costelas — nada menos — do craque Nilmar. As travas de sua chuteira ficaram estampadas no corpo do jogador. Uma vergonha. Uma agressão covarde. Mesmo assim, foi absolvido pelo Superior Tribunal de (in)Justiça Desportiva. Bem, aí o inocente foi à luta, né? Anteontem, o Flamengo levou um vexaminoso (perdão, flamenguistas!) 5 a zero do Coritiba (o time é com “o”).

    Como Airton fora absolvido em sua delinqüência desportiva contra Nilmar, ele deve ter achado que esse negócio de pisar em adversário é não apenas legal como bacana. E pisou de novo, desta vez em Ariel. E aí não foi mais nas costelas. Ele procurou os países baixos do argentino. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva está mesmo de parabéns…

  15. Jorge Xavier

    José Roberto da Silva, você faz uma mistura total para desacreditar o Estado de Direito.

    Falhou alguma (ou em muitas vezes)? Sim.

    Você, ou o Paulinho, podem sim contestar o resultado. Dentro das ferramentas que o ESTADO DE DIREITO oferece.

    Sua opinião pessoal é nula.

    Vá estudar Direito, entre com um recurso ou qualquer outra ferramenta jurídica que o valha e tente mudar a situação.

    O que não pode É TER DE ACEITAR A SUA OPINIÃO OU A DO PAULINHO COMO A ÚNICA VÁLIDA.

    Se for assim, prefiro morar na Coreia do Norte.

  16. Tiago

    Paulo,

    Como leitor assíduo de seu blog notei que tenho grande dificuldade de abri-lo pela conexão do Speedy-Telefônica.

    Isso é só comigo? Pela net abre que é uma beleza!

    Querendo, me envie um e-mail que eu lhe envio maiores detalhes.

    Att

  17. Químico

    Minha conexão também é do Speedy da telefônica e nunca tive problemas em acessar o Blog do Paulinho . Com exceção dos dias em que a telefônica travou e alegou ter sido alvo de hackers … ( tá bom … então tá … ) .

    Abraços Caro Tiago .

  18. Pingback: Fique por dentro Ação » Blog Archive » STF mantém ação contra Kia Joorabchian « Blog do Paulinho

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: