Advertisements

Rosenberg desesperado pelo Pacaembu

pacaemburosenberg

“Queremos desesperadamente o Pacaembu”

Luis Paulo Rosenberg, implorou pelo estádio, em um encontro de vereadores em São Paulo.

Fez ainda uma exposição do projeto corinthiano de arrendá-lo.

De partida o clube teria que arcar com R$ 100 milhões para adequar o local ao um mínimo de conforto e modernidade.

Gostaria de entender o sentido do “desespero” de Rosenberg para trazer mais um problema para o Corinthians.

O Pacaembu é um estádio absolutamente deficitário.

Diferente das novas Arenas, encontrará dificuldades para render dinheiro além das, no máximo, 40 datas em que partidas de futebol serão disputadas no local.

Teremos então, mais de 300 dias parados, sem entrada de dinheiro.

Por ser tombado pelo patrimônio histórico, as reformas ficam prejudicadas.

Acredito que Rosenberg contribuiria mais para o clube se conseguisse encontrar soluções para estancar o crescente endividamento, que tem ocasionado situações constrangedoras ao Corinthians, nos últimos dias.

No “fantástico” mundo de Rosenberg tudo é possível, mas na realidade as coisas funcionam bem diferentes.

Presente ao local, com sorriso irônico, Marco Aurélio Cunha, superintendente do São Paulo, divertia-se com os devaneios do dirigente corinthiano.

As coisas não mudam no Parque São Jorge.

Enquanto o departamento financeiro do Corinthians come mortadela, o de marketing continua arrotando Peru.

Facebook Comments
Advertisements

47 comentários sobre “Rosenberg desesperado pelo Pacaembu

  1. Luís Carlos

    E ainda tem gente que fala que o governador genérico, o Fronhab, o Lula e o Zé Dirceu vão dar uma estádio novinho de grátis ao Corinthians.

    Cem milhões bem aplicados num banco dão quase 800.000 por mês.

    E tem vereadorzinho que deveria voltar a operar fimose …

  2. Paulo Luciano da Silva

    Paulinho. O que mais me estranha é que dizem que ele é são paulino, um publicitário de verdade estaria indo atrás de uma nova Arena, é uma diretoria muito estranha que vai levar o Corinthians a comprar um elefante branco e tombado que não pode ser reestruturado.

    Esse ano marcou-se um amistoso para o dia 17 sendo que três dias antes o clube comemorava nove anos do titulo Mundial e se eu não tivesse mandado um e-mail para o clube, fatalmente não teríamos nem nota oficial, agora essa de Pacaembu. Nem um são paulino confesso faria “melhor”.

  3. ADVOGADO do DIABO

    Não fazem. O Marco Aurélio, ri de qualquer coisa que for de outro clube. Quando é contra o clube dele, ele emburra.

  4. ADVOGADO do DIABO

    Paulinho, algumas considerações:

    Pacaembú – Acho que se bem trabalhado, pode ser muito bom pro Corinthians, afinal, o Pacaembu de fato, é do Alvi-negro mesmo.

    Dívidas: A maior parte das dívidas dos clubes são com o INSS. TODOS os clubes devem, e NINGUÉM vai pagar. Portanto, esta dívida “não existe”.

    Marketing: Quanto ao trabalho de marketing do Corinthians, este ano e ano passado, pra mim foram satisfatórios. Ano passado tinha, mesmo na segunda divisão, o maior patrocínio do Brasil, este ano, idem. Quanto a poluição da camisa, com um monte de marcas, achei que ficou feio e exagerado, mas pra este período de turbulência, acho que foi um mal necessário. Espero que ano que vem, façam um bom contrato com apenas um patrocínio.

    Resultados: Quanto aos resultados, está muito bom. o Corinthians do ano passado pra cá, já disputou CINCO competições. Tirando o Paulista de 2008, que a equipe estava em formação, pois mudou TODO o elenco, chegou a final da Copa do Brasil, deu um passeio na Série B, Já contistou o Paulista 2009 invicto, e já está novamente na final da Copa do Brasil. Portanto os resultados estão bons.

    Denúncias: Todo os dias, o Paulinho publica aqui alguma, ou algumas, denúncias. Acho bom quando são de coisas importantes, acho ruim quando são apenas fofoca. No fundo, o grande vencedor é o próprio Corinthians, pois bem ou mal, os dirigentes sabem que tem alguém fiscalizando. Para os torcedores rivais, estas denúncias são apenas motivos pra virar chacota, pois têm que rir de alguma coisa, pois em campo, hoje, estão atrás do Corinthians. Os últimos resultados mostram.

    Finalizando: Já disse uma vez aqui e vou repetir. Será que se tivesse um Paulinho em cada clube, Palmeiras, São Paulo, Santos… não teria uma denuncia NOVA todos os dias, também??????????

    Só um torcedor INOCENTE pra achar que não.

  5. Vinícius

    Você é capaz de fazer posts muito bons e outros abaixo da crítica, como esse. Coloca uma opinião sem porquês, deixa seu leitor completamente alheio…

  6. Fábio

    Bom mais vale um passaro na mão do que dois voando, ficar falando em arenas para um clube que não tem menor prognostico de montar um estadio ou arena como esta na moda atualmente.

  7. Raphael

    Não vejo nenhum problema na concessão do estadio, em termos de lucro, será bem melhor doque está agora.
    Eu só não acho certo um patrimonio historico, uma reliquia viva e convenhamos o estadio mais charmoso do brasil, virar patrimonio de um clube. O Pacaembu é publico, é do povo, é do Corinthians, Santos, Palmeiras, São Paulo e Portuguesa!

    E sobre conforto, é normal aqui em São Paulo se criticar tudo oque tem que ser criticado. Com isso nossa cidade evolui e a população vive melhor. Porem se for colocar na balança, o Pacaembu está uns 100 anos na frente de muito estadio brasil a fora. A unica coisa que falta nele, são os assentos na area das organizadas e no tobogã. De resto, pequenos problemas que encontramos em qualquer lugar do mundo, como banheiro e estacionamento.

    Só para ter uma ideia, todos nós conhecemos aquela frase: “Passou do Rio, esquece.” E é verdade!
    Esquece higiene, esquece qualidade da comida e esquece conforto. Se você pretende passar umas ferias no Nordeste, para relaxar tem que se conformar com diversas coisas que achamos absurdo no Sul e Sudeste. Até em Minas, passando Governador Valadares, você já começa a ver a falta de opções.

    Como não gosto de generalizar e para o pessoal do Nordeste não me xingar aqui, é logico que as capitais são diferentes né. Mas um caso comum por exemplo na Fonte Nova quando estava aberta, lá não tem problema com banheiro, por parte dos homens, pois eles urinam em qualquer lugar, atras de você se puder. E é normal…

    Então entrando na questão da Copa agora, ninguem deve ser contra a Copa, ela vai ajudar a acelerar muitas obras e dar mais conforto para população. O negocio é que as pessoas por de tras desse empreendimento são sacanas, e vao roubar muito dinheiro.

  8. Ramón

    O fato de ser tombado impede que se altere A FACHADA. Nada impede reformas estruturais ou no interior do estádio.

  9. Ramón

    Paulinho, quando o Corinthians diz que quer construir um estádio, vc critica e diz q o Pacaembu é a casa do Corinthians. Quando o Corinthians desiste de construir e diz que quer o Pacaembu, vc diz que eles deviam correr atrás de uma nova arena. Qual a SUA opinião sobre o tema, afinal?

    Paulinho, desconsiderando os desvios de conduta (que existem em TODAS as administrações), se vc fosse presidente do Corinthians, negociaria todos os jogadores pra fazer caixa e pagar as dívidas. montaria um time nível série C e pagaria aluguel pro SP toda semana? Ou será que tentaria fazer algo melhor, como a administração atual parece estar tentando, buscando os melhores patrocinios do país, lançando campanhas de marketing originais, montando um time q honra as tradições do Corinthians e buscando colocar o clube em evidencia no mundo todo disputando títulos com grandes jogadores…?

    Paulinho: Não tem segredo…é só parar de roubar o clube que o dinheiro sobra

  10. SAO

    os dias sem jogos seria mto ruim, pois nem shows se faz mais no pacaembu……

    eh total perda de dinheiro.

  11. Cássio

    Não acham que investir 100 mihões no Pq São Jorge seria mais interessante. Acho estranho investir grana naquilo que não é seu. É como morar de aluguel e trocar todo o piso e azulejos.
    Com trabalho sério, poderia arrumar patrocinadores, investidores e doações de torcedores, para transformar a Fazendinha numa arena. Tem metrô, ônibus, trem, marginais, Av. Aricanduva, Dutra, Ayrton Senna, tudo perto. Acesso melhor, impossível. É só ver as fotos aéreas do Estádio Vicente Calderon, do At. Madrid e ter certeza que é possível.
    Comparem:
    Atlético de Madrid.
    http://www.cronodeporte.com/wp-content/uploads/2008/10/vicente-calderon-estadio-atletico-de-madrid.jpg
    Fazendinha
    http://www.sampaonline.com.br/postais/parquesaojorge.jpg

    Abraços

  12. José Roberto da Silva

    Quem não consegue trocar gramado de um campinho de várzea, tem uma enfermaria pior que qualquer postinho do SUS, há 90 anos tenta mas não consegue montar um ct, não conseguew acabar com a pedofilia nas categorias de base, não consegue pagar R$ 400,00 para uma produtora que fez filmagens para o pres, não paga aluguel de jogadores, deve para ex-técnicos, perde jogadores por falta de pagamento, tem o nome sujo no mundo futebolístico. não consegue respeito dos pres. dos outros clubes. não tem ula Libertadores, ganha compeonato no sub-mundo, compra um titulo dizendo ser mundial,
    tem contraventor na vice-pres. comandando juizes e desembargadores, faz união com mafiosos, dirigentes que roubam dinheiro da igrejinha do padroeiro do crube.
    Quer administrar o que, o Pacaembu?
    Só pode ser brincadeira, porque o prefeito daría um conclomerado esportivo de tantas tradições com as histórias mais bonitas do esporte nacional para essa gente?
    Quem não tem condições de construir nem um puxadinho vai poder manter e administrar um bem público?
    Só se o Kassab ficou maluco e está louco para acabar com sua carreira política.

  13. Jovaneli

    Paulinho, eis o que penso, baseado em informações que possuo dessa proposta da prefeitura de conceder o Pacaembu ao Corinthians:
    1) É quase certo que haverá acordo entre Corinthians e prefeitura no processo de concessão do estádio ao time de Pq. São Jorge;
    2) A contraproposta corintiana de R$ 100 milhões, dinheiro a ser gasto (ou investido) pelo clube nas melhorias do estádio, respeitando-se os limites de ser tombado como patrimônio histórico, é inferior aos R$ 200 milhões que a prefeitura queria inicialmente;
    3) Mesmo assim, o secretário Walter Feldman deve ceder. Ele, sim, está desesperado. Por incrível que pareça, até mais do que o Corinthians;
    4) Minha única dúvida é se o acordo será válido pelos tais 30 anos, ou se, devido à redução do investimento/gasto corintiano no Pacaembu, haverá queda também no prazo de concessão do estádio;
    5) A lógica seria que a prefeitura reduzisse o período de cessão do estádio ao Corinthians, mas, dado o desespero da prefeitura em se livrar do estádio, pode ter de engolir o que o Corinthians quer;
    6) E por que a prefeitura está tão desesperada? Simples, o Pacaembu tem causado um enorme prejuízo ao município. As receitas do estádio (restritas ao aluguel do estádio para jogos) giram em torno de um milhão de reais, sendo que os gastos superam os R$ 2 milhões. Ou seja, mais de um milhão de reais de prejuízo, de dinheiro público colocado no Pacaembu pela prefeitura;
    7) Considerando todo o Complexo do Pacaembu, as despesas da prefeitura (dinheiro público) passam dos R$ 5 milhões ao longo de um ano;
    8) Só que a proposta de concessão não inclui o complexo nem o Museu do Futebol, que é de responsabilidade da Secretaria de Cultura do Estado. Só o Pacaembu está “à venda”;
    9) O maior problema do Pacaembu é a dificuldade em se fazer shows por lá, cuja receita é imprescindível para que reduza os prejuízos ou até consiga dar lucro. Teoricamente, há um acordo para que se possa fazer dois shows por ano no local. Mas na prática a associação de moradores do bairro, a “Viva Pacaembu”, tem conseguido impedir (na justiça, inclusive) que se realize shows no estádio;
    10) A esperança corintiana seja a de convencer o pessoal da associação a permitir ao menos dois shows por ano. A prefeitura diz manter diálogo com a “Viva Pacaembu” nesse sentido;
    Olha, tenho pra mim que o acerto entre prefeitura e Corinthians está próximo. Será a união da fome (prejuízo da prefeitura com o estádio) com a vontade comer (corintianos querendo uma casa no Centenário e provavelmente uma sub-sede da Copa de 2014).
    Sobre as dificuldades de modernização do estádio, elas existem, porém, pelo qaue pude apurar, dá para fazer muita coisa dentro da lei: interligação o tobogã aos outros lances de arquibancadas; substituição da pista de atletismo e do corredor entre as arquibancadas por mais cadeiras, o que elevaria a capacidade do estádio dos atuais 37 mil para 45 mil, além de um estacionamento subterrâneo na região da Praça Charles Miller (metade da área comporta o piscinão, mas na outra parte é possível fazer o estacionamento).
    *Obs.: o que escrevi é baseado em documentos que possuo (tenho os números ref. receitas e despesas do Pacaembu em 2008) e em entrevistas com gente da prefeitura e do estádio e uma mini-entrevista com esse senhor Rozemberg, que só quis me atender por e-mail e ainda assim mal e porcamente. De todo modo, os R$ 100 milhões que anda falando agora já disse antes para mim.

  14. ADVOGADO do DIABO

    Esta idéia de que o Pacaembu é de todos, é do passado.
    Aliás, de um passado muito, muito distante.
    Esta afirmativa não procede, mais.

    O Pacaembu, já foi de todos.
    Hoje, só tem um “dono” de fato.

    Uma pergunta:
    99,9% dos jogos que acontecem no Pacaembú é de que time????????????

    Portanto, se o Corinthians NÃO jogasse mais no Pacaembu, o que seria deste estádio???????????????????????????????????????????????????????

    A realidade é a seguinte:
    O Corinthians precisa do Pacaembu.
    O Pacaembu precisa do Corinthians.

    O Corinthians deveria adquirir o estádio
    por usucapião.

  15. paulomonteiro

    O fato de ser tombado nao e’ problema, sou arquiteto e ja fiz projetos que dependiam de aprovação dos orgaos de patrimonio, cada obra ou bairro tombado tem suas diretrizes e resoluções que podem ser vistos até no site da prefeitura, se voce seguir, pode reformar sem problemas… isso é uma lenda urbana, puro chute e palpite de quem nao entende do assunto e quer falar sobre patrimonio historico….afinal, foi feito o museu do futebol la dentro, foi obra de reforma e foi aprovado e elogiado…oras.

  16. marcos

    e as lojas , restaurantes , museus , visitas , nào trariam dinheiro ???
    pacaembu é um simbolo de SP mais a marca TIMAO seria perfeito !!criticar é facil , o que vc e e seu idolo citadini fariam ???

  17. Muppet

    E baseado no que vc diz isso?

    Vc tem a projeção de negocios que o Corinthians pretende com o Pacaembu ?

    Que tal só comentar qdo vc tiver certeza de algo, o seu chutometro não está calibrado.

  18. Leao

    O anão de jardim ri do que? É tão insano quanto a reforma do Panetone. O roto rindo do rasgado. Pelo menos a gente não enfia no rolo o Governador e o Prefeito de São Paulo. Vamos acabar com estas duas fantasias politicas.

  19. Ramón

    Parar de roubar seria ótimo… Porém, isso é quase uma utopia. Mas tem mta empresa administrada por gente honesta que está quebrando. Independente do caráter dos diretores, tem q haver competencia. E essa diretoria mostra muito mais competencia do que a anterior.

  20. Jakke

    Teria sim. pelo menos no MEU clube.

    Ai, como eu queria GRITAR pra todo mundo ouvir o que estão fazendo comigo.

  21. eliandro

    A situação está da forma que o SPFC deseja, o Palmeiras com uma arena que não sai e o Corinthians arrendando uma bomba. Aliás, queria saber pq o Pacaembu é tombado? Fizeram um puxadinho na dec 70 ou 80 que chamam de tobogã e é todo deficitário – pq aqueles banheiros quimicos é o fim – o ideal é demolir tudo aquilo e construir outro no lugar.

  22. Fábio

    Tradição Alvinegra??

    Qual time com mais titulos conquistados no Pacaembu ?? 🙂

    Inclusive um Brasileiro contra o “Tradicional time do Pacaembu” em 1994..

    Ou seja, o Pacaembu sempre foi do Verdão.. 🙂

    Mas sobre o assunto do post, eu acho uma vergonha essa “doação” de estadio, o Pacaembu é patrimonio publico, sem mais!

  23. Jones 8-1-1

    opinião neutra de um palmeirense e engenheiro: essa realmente é a melhor opção

  24. Jones 8-1-1

    inclusive o jogo de estréia do Pacaembu foi uma vitória do Palmeiras sobre o Coritiba

  25. Fábio

    Contra fatos e números não há argumentos, o Pacaembu não é a casa do Corinthians.

    “Não podemos passar o centenário sem uma casa própria. Queremos desesperadamente o Pacaembu”

    e sobre essa frase de Luis Rosenberg, concordo que um time do tamanho e tradição do Corinthians não pode ficar sem uma “casa própria”, porém, não possuem um estádio por imcompetencia do Clube, não existe outro culpado, a não ser o próprio clube.

  26. José Roberto da Silva

    Porque o curintia não arrenda o campo do Vila Nhocune? tem arquibancada para 123 torcedores.
    é só colocar mais um assentos metálico que chega a 2000 lugares.
    Prá quem não tem estádio é um bom negócio.
    Só tenho pena do clube da várzea, vai levar um belo calote.

  27. alberto

    Para que arrendar ou alugar por um tempo pré-determinado é a mesma coisa.
    É melhor ficar como está, ou seja paga o aluguel só quando jogar. e deixa as despesas todas p/ a prefeitura, como: manutenção, luz, água, taxas e impostos, etc..
    E veja a loucura do Sr. Rosenberg.
    Livra a prefeitura destas despesas e ainda investe R$ 100.000.000,00.
    Já que pretende investir R$ 100.000.000,00 vamos arrumar investidores e mais o apoio da massa corinthiana construimos um ESTÁDIO NOSSO.
    Pode ter certeza se isto acontecer o Sr. Valter Feldmann (secretário de esportes) e toda a torcida dos BAMBIS vão estar rindo dos corinthianos por tamanha burrice. E logicamente adeus ao nosso ESTÁDIO.

  28. SIDNEY

    Meu caro São Paulino é uma pessoa instruida e não entra em litígio com a policia, portanto esqueça.

  29. Raphael

    O problema é que o centenario é logo ali, e construção de estadio demora no minimo uns 3 anos. A iniciativa de juntar grana para montar estadio deu errado da ultima vez, os caras eram ligados a diretoria no final das contas. E convenhamos, tirar mais dinheiro da nossa torcida que já é tão extorquida pela diretoria não é uma boa ideia.

    Não adianta, ou pega o Pacaembu, apesar dos pesares, ou se começa no Parque São Jorge uma junta ou comitiva que se mantenha durante os mandatos até conseguir acumular caixa, ou conseguir investimento e financiamento para a construção do estadio. Tirando o Pacaembu, o unico caminho é começar do zero. O problema é qual presidente vai ter essa iniciativa?

    O presidente não precisa necessariamente ter dor de cabeça com isso, é só delegar a alguns conselheiro da oposição e da situação, e começar a trabalhar para tornar isso realidade.

    Pode ter certeza que o presidente que tomar essa iniciativa vai ficar para historia do Corinthians!

  30. Jakke

    Ta com vergonha do seu time?

    Vem pro Sampa que vc não terá vergonha nunca mais, só orgulho!

  31. Maria Helena

    Em entrevistas há algum tempo, este senhor Rosenberg que deve ser anti corinthiano ( alguns dizem que é torcedor dos xxxxxxxxx), afirmou que os custos da reforma ficaria entre 100 a 200 milhões. Como todo mundo caiu de pau em cima dele, mudou o discurso para 100 milhões.
    Supomos que seja 100 milhões. Pega essa grana e investe num projeto de um estádio nosso ou investe na ampliação da Fazendinha.
    Agora gastar um dinheiro num Pacaembu que nunca será nosso e cheio de restrições por ser tombado não tem explicação.
    Duvido que Freud explicaria.
    Andrés Sanches não permita esta sacanagem com a massa corinthiana.

  32. Gabriel Garcia

    Só quero dizer uma coisa…no “fantastico” mundo do Rosenberg e do presidente Andrés Sanches o Ronaldo era do Corinthians…olha só o Ronaldo é do Corinthians!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: