Advertisements

Button perfeito na Turquia

Jenson Button, em mais uma corrida impecável, venceu o sempre pouco emocionante GP da Turquia.

O inglês largou em segundo, mas logo na primeira volta, beneficiado por um erro de Vettel, tomou a liderança e não mais a deixou.

Entre os brasileiros, Felipe Massa largou bem, pulando de sétimo para a quinta posição.

No final, em rendimento regular, terminou em sexto.

Barrichello foi uma decepção.

Errou na largada e caiu de terceiro para 12 º lugar.

Desesperado foi protagonista de uma sucessão de besteiras.

Na 7ª volta tocou em Kovalainen, perdendo ainda mais posições, ficando em 17º Lugar.

Não contente, na 12 ª volta, bateu em Sutil, quebrou a asa do carro, e foi para os boxes.

Abandonou a prova, com problemas no cambio, quando faltavam apenas 10 voltas.

Nelsinho Piquet fez uma prova razoável, terminando em 17 º lugar.

Mas foi dele o melhor momento da prova, em uma ultrapassagem espetacular sobre Lewis Hamilton.

A sempre surpresa, Mark Webber, terminou em segundo, na frente de Vettel, seu companheiro de equipe.

Só um desastre tira o campeonato de Button.

Confira abaixo o resultado final da prova.

1. Jenson Button – Brawn GP, 58 voltas
2. Mark Webber – Red Bull
3. Sebastian Vettel – Red Bull
4. Jarno Trulli – Toyota
5. Nico Rosberg – Williams
6. Felipe Massa – Ferrari
7. Robert Kubica – BMW
8. Timo Glock – Toyota
9. Kimi Räikkönen – Ferrari
10. Fernando Alonso – Renault
11. Nick Heidfeld – BMW
12. Kazuki Nakajima – Williams
13. Lewis Hamilton – McLaren
14. Heikki Kovalainen – McLaren
15. Sébastien Buemi – Toro Rosso
16. Nelsinho Piquet – Renault
17. Adrian Sutil – Force India
18. Sébastien Bourdais – Toro Rosso

Abandonaram

Rubens Barrichello – Brawn GP
Giancarlo Fisichella – Force India

Facebook Comments
Advertisements

21 comentários sobre “Button perfeito na Turquia

  1. ADVOGADO do DIABO

    Já foi a época em que a F1 empolgava.

    Piquet, Senna, Prost, Mansel e outros…

    Aliás, no período que o Schumacher imperou
    já não tinha graça. Nos dois últimos anos, pareceu
    que a F1 iria voltar a ser competitiva, com Alonso,
    Hamilton, Räikkönen e Massa, mas…

    Agora, este ano voltou a monotonia de antes.

    Consigo assistir só a largada e as duas ou três primeiras voltas.
    Depois, a coisa não sai mais do lugar. As vezes, por curiosidade dou uma olhadinha na chegada.

    A F1 hoje, tá tão emocionante quanto uma partida de peteca entre Cazaquistão e Ilhas Maurício.

  2. Alexandre

    E os porras dos cartolas estragaram a F1.

    Os campeonatos retrasado e passado, decididos na última prova, quando não na última curva, foram, sem dúvidas mais emocionantes do que este, decidido antes mesmo da metade das provas.

    Uma lástima.

    Querem, na verdade, sempre um alemão, vencendo todos, mesmo que Jason não seja o melhor piloto da categoria.

  3. Ramón

    Rubinho abandonou pra nao ter q passar a vergonha de tomar uma volta do companheiro de equipe.

  4. SAO

    rsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrsrsr….. mas a o rubinho esse ano esta melhor q o Felipe Massa, sera q um dia teremos outro q chegue perto do q o Senna fez?

  5. William

    Ta surgindo uma boa geração , Lucas di grassi e Bruno Senna , aguardem….

  6. Dunha

    O Rubinho é o maior LOSER da história. Lamentável. Em 2010 tem que parar.

  7. Leao

    Pô Rubinho, você não consegue andar sem a 7a. marcha? Que saco. A pobre da Ferrari continua com 2 motoristas de taxi. Que vergonha. O Piquezinho é muito tuinzinho. Quem já teve Emerson, Piquet e Senna não poderia ter Massinha de Tomate e Piquezinho. A sorte do Rubinho é que ele é melhor do que os outros 2 malas.

  8. Leao

    Eu falei um monte quando da largada do Grande Prêmio da Turquia. Como eu te odiei Rubinho. Agora, com calma, eu li sua entrevista. Parábens pela maturidade. Sem culpar ninguém você mostrou estar fazendo o seu trabalho. Eu vou continuar vociferando contra você Rubinho. Mas vou continuar respeitando o seu trabalho. Quisera eu estar a 17 anos no circulo da F1. Eu esperava muito de você. Mas a nossa referência era muito alta. Nós tivemos o Emerson, o Piquet e o Senna. estavamos mal acostumados. E tragicamente Senna se foi e deixou um vazio muito grande. Era um espaço dificil de preencher. Talvez você tenha pago o pato por nossa necessidade de ter um grande idolo. Espero que você continue mais um pouco. Se você não estivesse a gente não teria ninguém na F1. O Massinha de Toimate e Piquezinho não contam. São muito ruins. A gente não quer ver brasileiro sendo vice. Mas se você não estivesse, nem vice a gente seria.

  9. Rafael

    Mesmo no período do Schumacher era mais interessante do que agora. Simplesmente não dá vontade de levantar da cama no domingo para assistir.

  10. Marcos

    Barrichello é a maior vergonha esportiva da história do país. Nem Puppo Moreno é tão ruim.
    É rídiculo!! Não tem gana, não tem ousadia, não apresenta nada de novo, não tem estilo de piloto, não tem cara de piloto.
    É um perdedor nato e ainda tem uma cara de pimpão mimado, chorão e pidão!!

    Rídiculo..Tem dinheiro, mas nenhum centavo do seu rico dinheirinho comprará o respeito e a dignidade de seus parentes, que tem que carregar o sobrenome Barrichello, sinonimo de derrotas e alvo eterno de piadas.

    Será que a vida inteira todos os cambios, freios e afins foram contra seu trabalho?

    Tenho vergonha de dizer que nasci no mesmo país de um frustrante sortudo que é muito, muito, muito ruim em seu ofício!

  11. Itamar Morais

    Durante a briga com o Kovalainen e após o toque com o Sutil, já deu pra perceber que o melhor era abandonar pra não forçar o equipamento. Não sei se quebrou algo ou se a equipe decidiu se retirar antes que quebrasse. Pq uma troca de câmbio em Silverstone, palco da proxima etapa deixará o brasileiro longe das primeiras posições de novo.

  12. Leao

    O que tem de presidente de empresa multinacional dando opinião neste blog é uma festa. Ou essa turma é composta de grandes presidentes de empresas ou é composta de frustrados. Para saber da vida do lobo você tem que se colocar na pele do lobo. Quantos dos que escrevem aqui ganham em toda sua carreira profissional o que ganha o pé de chinelo em um ano na F1? Quantos dos que cobram audácia tiveram audácia em sua própria carreira? Quantos dos que escrevem aqui peitaram o seu chefe pedindo promoção ou iriam embora? Quantos dos que escrevem aqui não são a vergonha da própria família? Dá um tempo. Se aparecer um cara que ganhe mais, que faça o seu trabalho sem roubar ninguém e que curte o que faz como faz o Rubinho pé de chinelo, então pode meter o pau nele. O resto é tudo frustrado. Deve estar sentado numa mesa de escritório mandando o Rubinho fazer o que eles nunca tiveram peito. Não considero o cara um grande piloto. Quiçá um bom piloto. Mas que ele é um profissional muito mais realizado do esse bando que escreve por aí eu não tenho dúvidas. Podem botar o curriculum. Vamos ver quem se deu melhor na vida. A inveja é ingrata.

  13. Vinicius Duarte

    Leão,

    Para saber da vida do lobo, não precisa ser ou colocar a pele. Basta observar como agem “outros lobos” da mesma “raça” do RB, ou seja, pilotos de F1.

    RB é um “rico perdedor”: bom piloto como outros 50 que já passaram pela F1, teve em suas mãos carros ruins e carros espetaculares; nunca soube se impor nas equipes, e essa temporada na Brawn serve somente para corroborar a mediocridade de seus resultados: Ross Brawn deu chances iguais aos dois (Button e RB) no início da temporada, e as corridas se encarregaram de dizer quem é o melhor dos dois e merece preferência. E olha que, até o ano passado, ninguém diferenciava um Button de um Barrichello. Era “tudo japonês”.

    RB é isso aí: perdedor e chorão. Nunca vi, nesses anos todos, UMA SÓ entrevista dele dizendo “errei, foi cagada minha”. Sempre culpando os outros. Isso pode funcionar, no mundo da F1, nos primeiros anos; depois ninguém mais cai nessa. Nem eu, que sou de fora.

    PS.: sou pobre, mas não culpo ninguém por isso. Já o RB é perdedor e, daqui a pouco, vai culpar até a parteira que o trouxe ao mundo.

  14. Leao

    Alguns sabem ler. Interpretar textos é para poucos. O que existe de analfabetos funcional é uma grandeza. Parábens Rubinho pela clareza de sua entrevista. Claro e preciso. Eu disse um monte sobre você e continuarei dizendo. Mas concordo com tudo o que você disse na entrevista para a RAI. Divirta-se na F1. Vá para o espaço. A pior coisa do mundo é dar ouvidos a perdedores. Diz o ditado americano: “Para saber como age um lobo, tem que se colocar na pele dele”.

  15. Leao

    Rubinho Pé de Chinelo o perdedor.
    Três vezes vice campeão Paulista de Kart
    Cinco vezes campeão Paulista de Kart
    Três vezes vice-campeão Brasileiro de Kart
    Cinco vezes campeão Brasileiro de Kart
    4º lugar no Camp. Brasileiro de Fórmula Ford
    1989
    Campeão da Fórmula Opel
    1990
    Campeão da Fórmula 3 Inglesa
    1991
    3º Lugar no Camp. De Fórmula 3000
    1992
    4º lugar no Mundial de Fórmula 1
    2000
    3º lugar no Mundial de Fórmula 1
    2001
    Vice Campeão Mundial de Fórmula 1
    2002
    2004
    Campeão das 500 Milhas da Granja Viana
    1998 – 2000
    2001 – 2002
    2004 – 2005
    Que curriculum xinfrim. Você é realmente um perdedor.

  16. marcelo20

    oi tudo bem meu amigo vista o meu blog
    eu sitei oseu ache massa visita o meu
    abraços

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: