Advertisements

Arena e Beira Rio: O fim de Porto Alegre

Por HÉLIO PAZ

http://heliopaz.wordpress.com/2008/11/15/arena-e-beira-rio-o-fim-de-porto-alegre/

Paulo Muzell e Ilza do Canto, da bancada do PT na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, produziram uma análise preliminar sobre três projetos enviados pela prefeitura, dia 3 de novembro, tratando da definição de regimes urbanísticos para as áreas do antigo Estádio Eucaliptos (Proc. 06187/08 – PLCE 16), do Internacional (Estádio, Parque Gigante, Parque Marinha, Estacionamento e entornos) (Proc. 06188/08 – PLCE 17) e do Estádio Olímplico e futura Arena do Grêmio, no bairro Humaitá (Proc. 06189 – PLCE 18).

Segundo essa análise, os três projetos terão enormes impactos ambientais e de vizinhança.

 Segue um resumo do documento:

“Em todos os projetos há mudanças no regime urbanístico ampliando a densificação, os índices de aproveitamento, a altura, diversificando o zoneamento de uso e autorizando a transferência de potencial construtivo entre subunidades.

Na área do Estádio Eucaliptos o uso proposto é residencial mas o aumento de índice proposto (até 3, com taxa de ocupação máxima) trará significativo aumento na volumetria da área construída (mais de 60 mil m² exceto áreas não computáveis) e na densidade populacional.

Perguntamos: que conseqüências e impactos terão sobre a vizinhança?

Nas áreas do Beira Rio está sendo proposto um zoneamento de uso com atividade Mista 3, extremamente permissiva, absolutamente incompatível com sua localização, permitindo-se até indústrias de 1400m².

Na beira do Guaíba, no espaço do Parque Gigante, Área Especial de Interesse Cultural, o projeto amplia o zoneamento de uso para atividade Mista 3, permitindo construções de até 3 andares com taxa de ocupação de 66,6%, muito alta para a região.

Junto ao estádio Beira Rio, pouco mais de 100 metros do Guaíba, permite-se construções de até 14 pavimentos.

E na área do atual posto de gasolina, permite-se construir até 17 pavimentos (52 m), altura máxima permitida pelo Plano Diretor, também com taxa de ocupação máxima.

No projeto do Grêmio as duas áreas passam a ter densidades, alturas e volumetrias exageradas, inclusive acima do estabelecido pelo Plano Diretor.

Na Azenha, nos 8,3 ha do estádio Olímpico permite-se alturas absurdas de até 72m (24 pavimentos), zoneamento com atividade Mista 3, extremamente permissivo, índices de aproveitamento máximo, idem à taxa de ocupação. Teremos vários espigões e grande adensamento na área.

Vale repetir a mesma indagação anterior sobre a averiguação dos impactos ambientais e de vizinhança.

Também no bairro Humaitá, futura Arena do Grêmio, permite-se alturas de até 70m (23 pavimentos), zoneamento de uso com atividade Mista 3, taxa de ocupação e índice de aproveitamento máximos, praticamente a repetição do regime urbanístico proposto para a área do Olímpico.

Todos os empreendimentos, do Inter e do Grêmio, terão enormes impactos ambientais e de vizinhança e os projetos privilegiam o capital especulativo, ampliando o uso das áreas e possibilitando as negociações de índices entre as unidades dos empreendimentos”.

Facebook Comments
Advertisements

10 comentários sobre “Arena e Beira Rio: O fim de Porto Alegre

  1. Randal

    Internacional-RS, o time mais desonesto do Brasil.
    Que essa palhaçada jamais seja esquecida.Confessadamente, entrou em campo para ser derrotado.

    Fonte : UOL Esporte – Futebol 02/12/2007 18:06

    ( http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2007/12/02/ult59u138852.jhtm )

    “Insatisfeito com a falta de iniciativa colorada, o técnico Abel Braga esbravejou no vestiário. “A gente poderia estar ganhando mole, parece que estamos andando em campo. O time está muito tranqüilo para o meu gosto”, reclamou.

    Nas começo da etapa final só o Goiás jogava, e depois de uma seqüência de lances perigosos, Jorge Luis cometeu pênalti em Vítor. Em duas cobranças de Paulo Baier, Clemer conseguiu a defesa, mas o árbitro manda repetir porque o goleiro se adiantou. Na terceira chance, Élson bateu no canto direito e fez 2 a 1. O gol levou a torcida ao delírio.”

    Tem gente que achou tudo normal..

  2. Jorge ( Normal )

    O SCCP foi rebaixado por sua atuação durante todo o campeonato brasileiro e não em uma única partida.
    Porém , na última rodada , se tivesse competencia venceria o grêmio e não seria rebaixado.
    Inter e Goiás não tem nada a ver com este timeco de diretores ladrões.

  3. Jorge ( Normal )

    Para Randal e Jorge

    Fonte: Márcio Ramos Luiz | marcio.luiz@rbsonline.com.br

    Clube mais rentável do Brasil em 2007, com quase R$ 19 milhões de lucro, o Inter acredita que pode ter repetido ou até mesmo superado esse desempenho em 2008. O balanço deste ano ainda não foi concluído, mas a direção tem certeza que fechará o ano no azul. E, nesse caso, a cor do rival representa algo bom.
    – Com certeza vamos encerrar o ano de uma forma positiva – garante o vice-presidente de finanças, Pedro Antônio Affatato. – Mantemos a mesma política do ano passado e tivemos uma suplementação de verba – acrescenta o dirigente.
    A verba suplementar a que Affatato se refere foi obtida com a venda de jogadores. Fernandão (Al-Gharafa-CAT), Renan (Valencia-ESP), Sidnei (Benfica-POR) e Wellington (Hoffenheim-ALE) renderam quase R$ 35 milhões aos cofres do clube. O que ajudou a receita prevista subir de R$ 80 para quase R$ 120 milhões.
    Foi esse montante que possibilitou ao Inter bancar a permanência do atacante Nilmar, negando ofertas de clubes europeus, e trazer reforços de peso como D’Alessandro. Contratado em parceria com o Grupo Sonda, o argentino custou quase R$ 17 milhões. Também chegaram jogadores como Daniel Carvalho, Rosinei e Bolívar, entre outros.
    O bom resultado obtido nos últimos anos deixou o Inter bem próximo do modelo de gestão com o qual o clube pretende trabalhar nos próximos anos. O objetivo é subsidiar o futebol com recursos próprios, sem a necessidade da venda de jogadores. Ou seja, os craques devem permanecer no Beira-Rio por mais tempo.
    – Hoje temos uma estrutura de arrecadação que cobre quase que totalmente o custo operacional do clube. Não precisamos mais vender atletas para poder sobreviver. Encaramos a venda de jogadores como um negócio – afirma Affatato.
    Para que esse sonho se torne realidade, o Inter conta com a fidelidade de seu quadro social. Atualmente, os cerca de 80 mil sócios depositam nos cofres do clube cerca de R$ 2,5 milhões por mês. A meta para 2009, ano do centenário colorado, é aumentar o quadro social para 100 mil torcedores e elevar essa receita para mais de R$ 3 milhões mensais.
    Mas é no patrimônio que o Inter deposita as fichas. Os planos são ousados: o clube quer subsidiar o futebol com o Beira-Rio. Por isso, tem investido forte no estádio, com a reforma de camarotes e suítes, por exemplo. Só o estacionamento garante uma renda anual superior a R$ 1 milhão. A remodelação será feita com recursos do próprio clube.
    – Nessa fase inicial, a gente quer pagar o investimento com o aumento da receita. Para o futuro, acreditamos que podemos subsidiar o futebol como um todo. Esse é o nosso objetivo – revela o dirigente.
    Com um passivo trabalhista praticamente zerado, a única preocupação do Inter é com o fracasso da Timemania. A loteria criada pelo governo federal para ajudar os clubes a saldarem suas dívidas fiscais com a União não atingiu o resultado esperado no primeiro ano de vida. O ministro do Esporte, Orlando Silva, estuda mudanças para 2009.
    Mas seja qual for o futuro da Timemania, os colorados têm motivos para ficaram otimistas. No ano em que completará 100 anos de vida, o Inter terá dinheiro em caixa para organizar uma grande comemoração e, principalmente, investir no futebol. E soma de dinheiro em caixa mais craques em campo quase sempre dá no mesmo resultado: títulos.
    – Apesar da crise mundial, a gente uma perspectiva muito boa para o ano do nosso centenário. Principalmente porque a gente se preparou para isso. A gente fez um trabalho muito forte na área de marketing, do quadro social, etc. Temos receitas que nos garantem certa estabilidade – encerra Affatato.

  4. Randal

    Jorge (Normal), a incompetência de um clube dentro de um campeonato em hipótese alguma pode validar o mau caratismo e a falta de ética do time do Sul.
    Ninguém aqui está chorando o rebaixamento.
    Estamos apenas mostrando que o seu time manchou a sua história ao entrar em campo confessadamente para perder uma partida.

  5. Jorge ( Normal )

    O Clemer pegou 2 penaltis . Só quando o juiz mandou cobrar o terceiro e com troca do batedor que houve o gol.
    Se isto é entregae jogo , então não sei mais nada.
    Voces não venceram a partida contra o gremio e querem descontar no Inter.

  6. Hélio Sassen Paz

    Paulinho,

    Poucos são os blogs que denunciam com responsabilidade as falcatruas do futebol brasileiro. E, quanto às emissoras de TV, temos somente os canais ESPN, a cabo.

    Infelizmente, Porto Alegre foi invadida pelo carlismo.

    []’s,
    Hélio

  7. geraldo lina

    Meus amigos, a verdade eh a seguinte.

    De um lado voce tem a mafia russa e de outro um clube de ponta do sul do pais. uma estrutura que, pelo que ouco falar, poderah se comparar em breve com o SAO PAULO FC, assim como o Cruzeiro em Minas.

    Na casa bandida, ladroes engravatados avidos por lucro facil.
    Lucro esse que ( minha opiniao ) deve ter sido ofertado pela mafia russa, os iguais se atraem e normalmente se casam.

    O honesto, aquele que trabalha, e aqui cabe uma analogia com voce, comigo, com todo trabalhador brasileiro, paga a conta, no caso o Internacional.

    Numa canetada, tiraram o campeonato brasileiro do Internacional, que de quebra seria o primeiro de quatro titulos do Muricy Ramalho.

    A diferenca do Internacional pro povo brasileiro, ambos honestos, eh que o Inter soube usar a arma que tinha na mao, e nao digo a instituicao, mas os jogadores, tanto eh que o Abel se mostra irritado com o elenco.
    O povo brasileiro, nao sabe usar o poder que tem, o voto.

    Entao, que isso sirva de licao, roubou aqui, tomou ali.
    Votou errado em uma eleicao, lembre-se na proxima.

    O corinthians caiu porque igual aos sujos e pequenos eh um clube vendido, que precisa de dinheiro de parceiros pra sobreviver, eu chamo isso de prostituicao.

    CLUBE PROSTITUTA, tanto um quanto o outro.
    Se merecem.

    ***(*) ******(*)

  8. Jorge Larrionda

    O S C INTERNACIONAL SEMPRE AJUDOU GRÊMIO, ESPECIALMENTE S C RÉCIFE X INTERNACIONAL (JOSÉ ASMUZ & FALCÃO), PROPICIOU NAQUELE 0X0 QUE GRÊMIO PASSASSE ADIANTE E FOSSE CAMPEÃO NACIONAL. = MERICA QUEBROU PERNA DO BATISTA.

    GRÊMIO X GOIÁS 0X3 (SCOLARI) E INTERNACIONAL SEQUER SE CLASSIFICOU, POIS TODOS ENTREGARAM.

    GAUCHÃO, INTER NÃO VENCEU UM JOGO E MATOU O CAXIAS PROPICIANDO QUE GRÊMIO FOSSE CAMPEÃO GAUCHO (PRESIDENTE JOSÉ ASMUZ).

    ISTO NINGUÉM ENCHERGA?

  9. Jorge Larrionda

    SESSENTA MILHÕES DE REAIS R$60.000.000, COM RENÚNCIA ICMS PARA OBRAS CRIMINOSAS ESTÁDIO BEIRA-RIO, DESTRUIÇÃO TOTAL DA ECOLOGIA, ALÉM DE IR EM DESENCONTRO AOS ANSEIOS DO VERDADEIRO TORCEDOR COLORADO.

    DESTRUIÇÃO DO ESTÁDIO EUCALIPTOS (LOCAL ECOLÓGICO E PROPICIADOR DE LAZER ENTRE PESSOAS, TIRANDO JOVENS DAS RUAS, POIS JOGANDO, DEIXAM DE LADO AS COISAS RUINS DA VIDA.

    POR QUÊ O YEDA RORATO CRUSIUS E ANA AMÉLIA LEMOS (GOVERNO DO E RBS) NÃO DESTINAM ESTE DINHEIRO PARA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E BENEFICENTE EMANUEL DO PASSO DA AREIA?

    ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E BENEFICENTE EMANUEL, CLAMADO POR SOCORRO E PRATICANDO A POLITICAGEM.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: