Advertisements
Blog do Paulinho

Presidenciável do Corinthians é investigado por suposta participação em fraude

Andres Sanches (2º da esq. para a dir.) e Augusto Mello (5º)

Em novembro de 2020, o técnico de laboratório Marcelo Borbely Biondani juntou-se a diversas outras vítimas do notório golpista Alexandre Goya, que sobrevive de abrir e fechar empresas de ‘móveis sob medida’.

A manobra consiste em pegar o dinheiro adiantado dos clientes e, depois de protelar diversos prazos de entrega, encerrar as empresas e fugir do local físico alugado.

Biondani perdeu R$ 15 mil; outros, bem mais.

A última loja, denominada ‘Siena Planejados’, estava localizada na Avenida Regente Feijó nº 530:

Goya, entre diversas ações, responde a processo, instaurado no mesmo ano (2021), por estelionato:

Na tentativa de reaver o prejuízo, a vítima entrou na Justiça e, após intenso trabalho de investigação, identificou manobra do golpista em desfazer-se do patrimônio repassando-o, em curto espaço de tempo, em nome de diversos amigos.

Nesse contexto estaria inserido Augusto Mello, candidato a presidente do Corinthians.

A justiça investiga possível facilitação do cartola ao golpista.

Vamos à cronologia do fatos:

  • 20/11/2020 – a vítima contrata os serviços do golpista;
  • 03/12/2020 – sinal de R$ 12 mil pagos, restando R$ 3 mil na entrega dos móveis;
  • 05/02/2021 – aprovação do projeto final
  • 02/04/2021 – prazo de entrega dos móveis (nunca entregues);
  • 11/05/2021 – automóvel HONDA/HR-V EXL CVT – placa FMZ- 8226 – Renavam 01056625020, constava, no registro do Detran, em nome de Alexandre Goya, o golpista;

  • 30/05/2021 – 19 dias depois, o automóvel passa a constar como de propriedade de Augusto Mello:

  • 02/06/2021 – após constatar a possível manobra, a vítima entra na Justiça para bloquear a transferência – deste e de outros bens – na tentativa de reaver o prejuízo;
  • 27/10/2021 – a juíza Deborah Lopes, da 2ª Vara Cível do Tatuapé, manda qualificar Augusto Mello para que seja intimado e investigado sobre possível crime de ‘fraude contra credores ou à execução”

 

  • 18/01/2022 – Justiça manda intimar Augusto Mello e ordena bloqueio do automóvel suspeito, registrado em nome do cartola:

  • 20/01/2022 – Apenas dois dias após o bloqueio, ou seja, com a ordem em vigor, mas ainda, por falta de intimação, efetivamente não cumprida, o veículo bloqueado passa a constar em nome de Mislene G. S. Lopes:

Informada, a Justiça ainda não se manifestou à respeito.

Augusto Mello, de qualquer maneira, terá que prestar esclarecimentos.

É voz corrente em Parque São Jorge o hábito do candidato de andar acompanhado de gente, supostamente, ligada à criminalidade, alguns até apontados como eventuais sócios de seus empreendimentos.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Presidenciável do Corinthians é investigado por suposta participação em fraude

  1. guest

    1. “móveis sob medida”

    2. Não seria melhor ocultar o nome dos usuários que fizeram a consulta no RENAJUD?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: