Advertisements
Blog do Paulinho

Cartola de Futsal do Palmeiras agrediu ex-esposa e foi enquadrado na lei ‘Maria da Penha’

Flávio Diniz Thomaz, cartola do departamento de Futsal do Palmeiras, segundo informações de inquérito em trâmite no TJ-SP, agrediu fortemente sua ex-esposa e, por conta disso, foi enquadrado na Lei Maria da Penha.

Os fatos, segundo informações, teriam ocorrido sob testemunho das filhas menores do casal.

A Justiça deferiu medidas protetivas que incluem a necessidade de, no mínimo, 100 metros de distanciamento entre agressor e vítima.

Trechos do processo são esclarecedores:

“Segundo declarado pela vítima em sede policial, possuiu união estável com o autor por 10 anos, com o qual possui 2 filhas, ambas menores e moram com ela e o autor”

“Diz que estão separados há 2 meses, mas vivendo sob o mesmo teto, em quartos separados”

“Narra a declarante que, na data dos fatos, houve um desentendimento entre o ex-casal por assunto relacionado às crianças, sendo que os ânimos se exaltaram e houve xingamento por parte do autor que disse que ela era uma vadia, vagabunda, puta(sic)”

“Diz que enquanto se exaltava, o autor falava alto com ela, a peitando e cuspindo em seu rosto, dando leves palmadas em seu rosto, colocando os dedos no rosto dela, que recuou e se viu com marcas de arranhão na face”

“Dos fatos, restaram marcas aparentes, sendo que fora expedida requisição de IML para a vítima, a fim de que ela seja submetida, por meios próprios, ao exame de corpo de delito, o qual se comprometeu a realizar”

“Juntado ao presente FOTOGRAFIAS da vítima, retiradas mediante sua prévia autorização”

“Indagada, a vítima informa autorizar e ter preferência quanto ao recebimento de intimações via WhatsApp

“Sobre os fatos supracitados não há testemunhas diretas ou indiretas”

“Vítima foi cientificada dos termos da Lei Maria da Penha, optando por solicitar as medidas protetivas neste ato”

“Vítima sai orientada sobre a incondicionalidade da ação penal no crime de lesão corporal no ambiente doméstico e familiar”

“Ao responder as questões constantes do formulário nacional de violência doméstica, a vítima indicou que o paciente a ameaçou de outra forma e a agrediu por meio de enforcamento, além de lhe desferir socos, chutes, tapas e puxões de cabelo; que ele já a perturbou, perseguiu ou vigiou em locais que ela frequenta e teve outros comportamentos de ciúme excessivo e de controle; que as ameaças ou agressões físicas se tornaram mais frequentes e graves nos últimos meses; que o requerido é usuário frequente de drogas; que ele já falou em suicídio ou em suicidar-se; que ela se separou recentemente do requerido ou tentou ou manifestou a intenção de se separar; que há crianças no núcleo familiar, tendo estas já presenciado os atos de violência; que ela considera ser financeiramente dependente do requerido”

O Palmeiras, localizado a 140 metros da residência da agredida, é presidido por uma mulher e tem realizado, ao longo dos últimos meses, campanhas de combate à misoginia, mas, apesar disso, Flávio permanece como funcionário do clube.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Cartola de Futsal do Palmeiras agrediu ex-esposa e foi enquadrado na lei ‘Maria da Penha’

  1. Pingback: Direito de Resposta a Flavo Diniz Thomaz – Blog do Paulinho

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: