Advertisements
Blog do Paulinho

‘Confesso que Escrevi’, o livro de crônicas do ‘Pulmão da Máquina’

Na virada do ano, Zé Roberto Padilha, ex-jogador e jornalista, lançou a obra ‘Confesso que Escrevi’, contendo cinquenta crônicas de quando atuou ao lado de monstros sagrados do futebol.

Seu auge se deu no Fluminense, quando foi apelidado ‘Pulmão da Máquina’ – após barrar Mario Sergio na inesquecível Máquina Tricolor de 1975, a pedido de Rivellino.

Jogou também ao lado de Zico, no Flamengo.

No prefácio, Carlos Alberto Parreira trata Zé Roberto como precursor do futebol moderno.

Diferentemente do ex-treinador, porém, o jornalista é crítico ao desgoverno Bolsonaro.

O livro pode ser adquirido na Livraria Favorita, de Três Rios e através do site Museu de Pelada.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: