Advertisements

Governo manobra para levar Flamengo ao Mundial de Clubes; Internacional pode ser beneficiado

O Governo Federal, nos bastidores, com a concordância da Prefeitura do Rio de Janeiro, manobra para trazer para para o Brasil a disputa do Mundial de Clubes da FIFA 2021, que o Japão, por conta da pandemia, desistiu de organizar.

Mas não apenas isso.

Para garantir a presença do Flamengo, aliado de Bolsonaro, a proposta é de iniciar o torneio antes do término do Campeonato Brasileiro, o que obrigaria o país sede a indicar o vencedor anterior.

O Brasil, porém, pode ter outro representante na disputa, como ocorrido em 2000.

À ocasião, o Corinthians se classificou como bi-campeão do país sede, enquanto o Vasco da Gama entrou pelo título da Libertadores anterior, num arranjo até hoje mal explicado entre a FIFA e o Palmeiras, o campeão do período, que abriu mão da vaga sob promessa de participação em 2001 – que seria na Espanha.

Porém, adiado, o Mundial somente foi retomado em 2005, sem a participação do Verdão.

Palmeiras e Galo disputam uma semifinal da Libertadores; Flamengo e Barcelona/EQU, outra.

Se der Mengão no torneio continental, confirmados os critérios da sede, a vaga será do Internacional/RS, vice do campeonato de 2020.

Existem outros candidatos pela sede do Mundial, entre os quais a África do Sul.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: