Advertisements

O VAR do Vasco da Gama

A vergonhosa participação do Vasco da Gama na Série B do Brasileirão, após expressivos quatro rebaixamentos, exemplifica bem o nível de cartolas que infelicitam o clube ao longo das última décadas.

Quando não ladrões, incompetentes, ou, por vezes, a união das duas ‘qualidades’.

Iludido, o torcedor já tratou um desses ladrões como ‘mito’; outro, enquanto jogador, como ídolo, mas, ultimamente, tem apostado em espertalhões como se fossem ‘salvadores da pátria’.

Agora, para enganar novamente, a diretoria do clube jogou na mídia uma cruzada contra o VAR, que, óbvio, tem problemas de gestão no Brasil, mas, efetivamente, não é responsável pelos anos de vexames vascaínos.

Em verdade, somente uma solução seria possível para tentar, talvez, salvar o futuro cruzmaltino: a verificação, minuciosa, da vida pessoal e profissional de todos os conselheiros, com a consequente expulsão de quem, por ventura, apresentar problemas, e a impossibilidade dos que não consigam comprovar a origem de suas rendas de exercerem qualquer cargo administrativo no clube.

Um VAR na política, esse sim, absolutamente necessário.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: