Advertisements

Parte dos salários de jogadores do Corinthians será quitada em Bitcoin

Ao que parece, não foi à toa a aproximação do ‘Mercado Bitcoin’ com o Corinthians, anunciada, porém, apenas como acordo de patrocínio.

É bem mais do que isso.

Segundo informações, parte dos salários de jogadores do Corinthians, principalmente os que vieram do exterior, será quitada em Bitcoin.

Na contabilidade, porém, apenas a conversão em Real ficará exposta.

Se confirmado, trata-se de procedimento com grande possibilidade de fraude.

Em comparação, seria o mesmo que, nos anos 80, quando a inflação era de quase 100%, o sujeito receber uma quantia num dia, dar entrada pelo valor à data, e, quando movimentá-la, estar operando com recurso diferente do que o oficializado.

Isso porque o Bitcoin, por conta da especulação – nem sempre lícita, por vezes, chega a variar 10%, 15% apenas num dia (pra mais ou para menos).

O Mercado Bitcoin será o operador dessas transações no Corinthians, que possui as demais contas, tradicionais, bloqueadas pela Justiça.

Coincidentemente, segundo fonte, alguns cartolas alvinegros já abriram contas na plataforma.

Os agentes e jogadores, por óbvio, também.

A diretoria do Corinthians, em tese, poderia enviar e receber, em minutos, qualquer valor, na moeda que bem entender, ao exterior, sem que o Banco Central tenha qualquer controle sobre as transações – a não ser que declaradas.

Vale lembrar que Duílio ‘do Bingo’ possuí ramificações bancárias em paraísos fiscais.

Até mesmo para dirigentes não cercados por escândalos tratar-se-ia de uma operação temerária e que, consequentemente, precisaria ser evitada.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: