Advertisements

Nova prorrogação de ação da CAIXA contra o Corinthians expõe inverdades do presidente alvinegro

No ultimo dia 23, a Justiça Federal concedeu novo adiamento do processo movido pela CAIXA contra o Corinthians para que as partes possam entrar em acordo.

60 dias é o novo prazo, que já foi concedido algumas vezes.

O banco pede a quitação do contrato, à vista, pelo valor de R$ 536 milhões (R$ 794,3 milhões, corrigidos desde o início do processo), por descumprimento de diversas clausulas, entre as quais, a inadimplência.

Em desespero, o Corinthians tenta alongar o prazo de pagamento, diminuindo o valor da parcelas.

Porém, diversos entraves dificultam o encerramento das negociações.

A CAIXA quer alongar o valor corrigido, enquanto o clube briga pelo desconto no principal.

Outro problema é que o banco não está aceitando as garantias propostas pelo Corinthians, já que seus imóveis, todos, estão penhorados.

Além disso, o Timão tenta retirar o Arena Fundo da condição de repassador do dinheiro arrecadado pelo estádio, que, obrigatoriamente, em 100%, tem que ser destinado à quitação das parcelas do empréstimo.

O banco não concorda.

Vale lembrar que o Corinthians, antes de enviar qualquer quantia à CAIXA, terá, no atual momento, que quitar pendência com o próprio Fundo, que já se aproxima de R$ 50 milhões.

Em meio ao impasse, os fatos acabaram por desmentir inverdades do presidente do Timão, Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves.

A primeira, contada antes das eleições de 2020, de que o acordo estava fechado; depois, as afirmações de que o Corinthians estaria honrando com as parcelas da CAIXA, e, por fim, de que a primeira parcela dos naming-rights, que, obrigatoriamente, teria que ser repassada ao Fundo (que é parte do contrato), foi destinada, diretamente, ao banco.

Enquanto o processo não se definir, a CAIXA somente aceitaria receber a dívida do Timão nos termos propostos na ação, ou seja, à vista.

Todo o restante é narrativa para enganar torcedores, conselheiros e demais iludidos.

Discurso que não se sustenta ao primeiro pedido de comprovante de pagamento, nunca, em momento, algum, exposto, seja internamente ou à imprensa, pelos espertos cartolas do Corinthians.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: