Advertisements

Conselheiro do Corinthians, desembargador intimida leitor do Blog do Paulinho

Miguel Marques e Silva

Desde o mês passado, o leitor do Blog do Paulinho sente a ausência, na sessão dos comentários, do ativo internauta Cláudio Natal Nunes, que sumiu do espaço sem dizer ‘adeus’.

Soubemos, ontem, a razão do desaparecimento.

Miguel Marques e Silva, conselheiro do Corinthians e desembargador do Tribunal de Justiça, processou o leitor.

O magistrado, noutras oportunidades, fez o mesmo com o Blog do Paulinho.

Não há, porém, no TJ, registro algum de que Miguel tenha tomado atitude semelhante com pessoas complicadíssimas do Parque São Jorge, embora seja testemunha dos malfeitos de Andres Sanches e seu grupo – de quem já foi até diretor das categorias de base -, além de improvável não saber que a formação de atletas do Timão é comandada, extra-oficialmente, por notório contraventor ligado ao jogo do bicho.

Seria triste, em sendo o caso, ver um magistrado deixar de lado, talvez por razões políticas, a obrigatória necessidade de agir contra supostos crimes para, em tese, intimidar jornalistas independentes e seus leitores por opiniões contrárias a seus pensamentos ou, talvez, interesses.

Fato é que Miguel, após Nunes se defender na ação, desistiu do processo.

Se o objetivo era, como parece ser, apenas o da intimidação, funcionou com o leitor, mas não com o Blog do Paulinho.

A título de curiosidade, o advogado utilizado pelo desembargador, tanto nas ações contra este jornalista quanto na do leitor é famoso no meio da cartolagem: trata-se de Antonio Carlos Meccia, ex-procurador do TJD da FPF e atual membro do Tribunal de Disciplina da Conmebol, sempre indicado pelo ilibadíssimo Marco Polo Del Nero.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: