Advertisements

Todos os homens de Bolsonaro

Da FOLHA

Por CELSO ROCHA DE BARROS

As pegadas da grana até os porões do ‘vacinagate’

Uma expressão em inglês, significando o melhor caminho que se deve tomar para chegar à verdade, passou a ser citada em 11 entre 10 comentários políticos. “Follow the money” (siga o dinheiro) ganhou popularidade no filme “Todos os Homens do Presidente”, que reconstitui a investigação jornalística do caso Watergate até a renúncia de Richard Nixon. O conselho sugere que, num esquema de corrupção, a grana deixa pegadas que conduzem aos porões do poder, seja em Washington ou em Brasília.

A frase está na ordem do dia da CPI da Covid —que encontrou um trilho de sujeira levando à compra da Covaxin— e pode explicar as ações do governo e de quem gravita em torno dele só para se dar bem. Quem são os homens de Bolsonaro?

Siga o cascalho e você encontrará um empresário vestido de verde e amarelo cujas lojas têm o custo maior que o faturamento. Um milagre econômico que dispensa sócios e investidores e, segundo a Abin, possui uma “fonte oculta de recursos”. Siga a gaita e você baterá na porta da Precisa, que fez um acordo para faturar R$ 1,6 bilhão com o rolo da vacina.

Siga o tutu e você entenderá por que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, está sentado em cima de mais de 130 pedidos de impeachment contra Bolsonaro, e por que ele acha (acha ou torce?) que a comissão encarregada de investigar o enfrentamento da pandemia não dará em nada. Siga o arame e você saberá por que é mais importante para Lira negociar um orçamento secreto, aprovar reformas para lá de polêmicas e privatizar a Eletrobras, com a conta de luz ficando mais cara.

Siga o dindim e você descobrirá por que o deputado federal Ricardo Barros conseguiu ser líder na Câmara no mandato de FHC, vice-líder nos de Lula e Dilma, ministro de Temer e é o atual líder do governo Bolsonaro. Segundo os irmãos Miranda, o presidente sabia da ligação de Barros com o vacinagate —e deixou rolar.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: