Advertisements

Justiça obriga São Paulo a pagar R$ 10,3 milhões a André Cury por intermediações de Ganso e Pratto

André Cury

Em 17 de agosto de 2020, o São Paulo, através do então presidente Leco, assinou documento confessando dívida com o agente André Cury, dono da ‘Link Assessoria Esportiva’, pelas intermediações dos jogadores Paulo Henrique Ganso e Lucas Pratto.

O clube comprometeu-se a pagar 750 mil Euros de comissionamento por Ganso; 625 mi Euros referente a Pratto.

A quantia foi convertida em R$ 7.438.750,00 e o cronograma de pagamento estipulado em seis parcelas de R$ 1.239.791,65, com vencimentos em fevereiro, março, abril, maio, junho e julho de 2021, ou seja, já sob a gestão Casares.

Até o momento, nenhum pagamento aconteceu.

Por conta desse calote, Cury ingressou na Justiça cobrando, além da pendência integral, juros, multas e demais correções.

Ontem, o juiz Helmer Augusto Toqueton Amaral, da 8ª Vara Civel de São Paulo, ordenou que o clube pague R$ 10.387.831,24 ao agente, além de custas processuais, que podem atingir 20% do montante.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: