Advertisements

O absurdo caso do River Plate

Conmebol anuncia que final da Libertadores será disputada sem público –  Portal Política Distrital - Notícias sobre Política e Saúde do DF

Com quase todo o elenco infectado por COVID-19, o River Plate possui, entre os inscritos para a disputa da Libertadores, somente dez atletas disponíveis para o duelo de amanhã (19) contra o Santa Fé (COL).

Nenhum deles é goleiro, o que implicaria em, além de iniciar a partida com desvantagem numérica, em ter que colocar um jogador de linha para defender a meta.

Nesse quadro caótico e, obviamente, excepcional, qualquer organizador de torneio decente sequer teria dúvidas em adiar o embate para data posterior ou permitir, no mínimo, uma reposição temporária de atletas.

Assim como um adversário leal, com mínimo de fair play, se recusaria a entrar em campo para enfrentar um clube nessas condições.

Mas tanto a corrupta CONMEBOL quanto o Santa Fé permanecem calados.

Triste retrato de um submundo esportivo que segue alheio à pandemia e voltado apenas, mesmo que às custas do pescoço alheio, ao desejo de embolsar o vil metal.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “O absurdo caso do River Plate

  1. guest

    River Plate da Argentina? País presidido por Alberto Fernandez que tem como vice Cristina Kirshner? Que fez o maior lockdown das Américas? Deve estar havendo algum equívoco…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: