Advertisements

Pagamento dos ‘naming-rights’ do estádio de Itaquera não consta, também, no Informe Trimestral do Arena Fundo FII

Danilo Barbieri (BRL Trust) – gestor do Arena Fundo FII

Dois dias após protocolar, na CVM, o Informe Mensal de Rendimentos, o Arena Fundo FII o fez também com o Informe Trimestral, todos referentes à contabilidade do estádio de Itaquera.

Não há menção alguma, nem nas ‘Notas’ técnicas, do anunciado acordo com a Hypera sobre os ‘naming-rights’ da Arena.

Obviamente, por consequência, inexiste contabilização de recursos a esse respeito.

A parcela anual seria de R$ 15 milhões.

Os demais dados assemelham-se aos do Informe Mensal, destacando-se a retenção de R$ 4,8 milhões em aplicação financeira e R$ 1,1 milhão, em caixa, para supostas ‘disponibilidades’.

Diferente, apenas, a apresentação de ‘lucro líquido’, no valor de R$ 123,7 mil, no qual 95% do montante, no caso R$ 117,5 mil, teriam que ser repassados aos cotistas, mediante a participação de cada um deles no negócio.

Seria importante verificar se, desde a abertura do Fundo até a presente data, o Corinthians, efetivamente, tem contabilizado, ainda que sejam irrisórios (o clube é cotista minoritário) esses ganhos.


Clique no link a seguir para ter acesso ao Informe Trimestral do Arena Fundo FII, referente a maio de 2021:

Informe Trimestral – Arena Fundo – maio 2021

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: