Advertisements

A esperteza de Duílio e a ‘inocência’ dos ex-opositores corinthianos

Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves

O presidente do Corinthians, Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves, segura, há meses, a indicação oficial da Diretoria do clube, embora todos sejam conhecidos e já estejam em atividade no Parque São Jorge.

A manobra objetiva driblar o Estatuto, que não permite a membros da gestão o direito a voto na reunião de avaliação de contas do clube.

Uma atitude legal, porém, evidentemente imoral.

Nesse contexto, gera estranheza o fato de quatro nomes, que antes declaravam serem contrários a aprovação de contas da gestão, terem aceitado a posse formal, sabedores que são da ‘malandragem’ executada pela diretoria.

Todos, agora, impedidos de votar na reunião.

São todos inocentes?

Fato é que num ambiente tão conturbado, em que a avaliação de contas tem sido adiada com frequência, a ponto do balanço de 2019 ainda estar em pauta, a perda de qualquer voto, como bem comprova a atitude de Duílio, pode ser decisiva ao futuro do clube.


Em tempo: o déficit apurado nas contas de 2019 foi de R$ 195 milhões e nas de 2020 aproxima-se de R$ 123 milhões.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: