Advertisements

Maracanã é Mario Filho

Mario Filho, o criador das multidões | IELA - Instituto de Estudos Latino-Americanos

Desnecessário, diante da repercussão negativa e do que já foi falado em diversas mídias, discorrer dezenas de linhas para dizer o óbvio, ou seja, que desomenagear Mario Filho para inserir o nome de Pelé no estádio do Maracanã trata-se de verdadeira aberração.

Não só pelo contexto histórico, da atuação do jornalista para viabilizar a obra monumental, mas também porque o Rei sequer é o jogador que melhor atuou no palco carioca, embora, indiscutivelmente, fosse superior a todos.

Adotando o critério esdrúxulo da Lei aprovada, todos os estádios do Planeta deveriam ser nomeados ‘Pelé’.

No Maracanã, o grande nome foi Zico.

Mas pode-se falar de diversos outros, como Rivelino, Romário, etc.

Todos mais inesquecíveis do que Pelé para o torcedor carioca.

Eis o ponto.

Nem eles deveriam retirar de cena o grande Mario Filho.

Questão de respeito, história e merecimento.

Talvez, em ato de generosidade, Pelé, que já é nome de estádio em Maceió, poderia pronunciar-se à respeito, agradecendo pela honraria, mas negando-se a recebê-la.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: