Fernando Garcia ‘embolsa’ até os veículos do Corinthians

Fernando Garcia

Em 2017, através da B2F Marketing, empresa satélite da sua ‘Elenko’, o agente Fernando Garcia, irmão de Paulo Garcia, dono da Kalunga, ingressou com ação judicial contra o Corinthians, cobrando 15% de comissão sobre o valor total da transferência de Matheus Pereira para o exterior.

Detalhe: apesar de possuir apenas 5% do atleta, o clube aceitou pagar pela intermediação de 100%.

Há quem diga, e o Blog do Paulinho acredita, que o procedimento de sempre receber os comissionamentos por via judicial e, ainda assim, permanecer fazendo negócios com o Timão, seria ‘jogo combinado’ entre Sanches e Garcia, para justificar o desfalque aos caixas e até elevar a pendência.

A dívida, neste caso, é de R$ 441,3 mil.

Desta ação, resultou, desde outubro, bloqueio das contas do Corinthians e também de transferência de dois veículos alvinegros: um Fiat Mobi 2019, avaliado em R$ 32,6 mil, e uma Ducato Combinato 2011, no valor de R$ 57 mil, ambos, curiosamente, adquiridos na loja de automóveis em que o ex-presidente Roberto Andrade dava expediente, mas foi expulso acusado de roubar.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.