Advertisements

Reunião confirma candidatura de Piovesan a presidência do Corinthians (atualizado)

Piovesan e Mané da Carne

Antonio Rachid será um dos vices e Maritan negocia para ser o outro

Em reunião, ontem à noite, na sede da Kalunga, Paulo Garcia comunicou aos demais candidatos (supostamente oposicionistas), Augusto Melo, Mario Gobbi (representado por Sergio Janikian) e Ricardo Maritan, que não será candidato à presidência do Corinthians.

A razão da desistência é a necessidade de salvar a própria empresa, em péssimas condições financeiras, que tenta, há alguns meses, lançar IPO no mercado de ações, mas é impedida pela frequência de notícias negativas atreladas à marca, principalmente as ligadas ao clube de Parque São Jorge.

Na sequência, Garcia anunciou que seu grupo lançará, como adiantado ontem pelo Blog do Paulinho, Emerson Piovesan, ex-diretor de finanças de Roberto Andrade, para presidente e Antonio Rachid – flagrado comprando votos nas últimas eleições – como 1º vice.

Osmar Stabile, que era especulado para a 2ª vice-presidência ficou de fora e, segundo soubemos, tentará, ainda hoje, implorar pela vaga na campanha de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves, candidato de Andres Sanches.

“Não aguento mais ficar de fora, preciso entrar na gestão”, confidenciou a alguns amigos.

Garcia iniciou, pós revelação, a tentativa de convencer os demais candidatos a desistirem do pleito e juntarem-se a Piovesan, deixando aberta, até o momento da confirmação da inscrição, a vaga numa das vice-presidências.

O pretexto era o de combater, em frente única, a chapa de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves.

Incomodado, Augusto Melo declinou, após argumentar que está em campanha há mais de um ano e que a adesão deveria ocorrer ‘no sentido contrário’.

Mario Gobbi, através de Janikian, deixou aberta a possibilidade, no futuro, se uma das campanhas estiver claramente à frente da outra.

Enquanto isso, como se estivesse com o ‘rabinho abanando’, o aventureiro Ricardo Maritan, conforme adiantado por esse espaço, fez exatamente o que dele se esperava.

Semanas antes implorou, sem sucesso, ao delegado Gobbi, uma de suas vice-presidências.

Depois, sugeriu apoio a Augusto Mello, impondo, claro, condições semelhantes.

Até com Duílio tentou compor.

Ontem, com a brecha sugerida, praticamente se acertou com Paulo Garcia.

Ou seja, se nova mesa de reuniões não mudar as coisas – tudo é possível, a chapa do dono da Kalunga será formada por Emerson Piovesan, Antonio Rachid e Ricardo Maritan.

Para muitos, uma composição lançada para retirar votos oposicionistas, com objetivo principal, diferentemente do apregoado na reunião, de facilitar a vida de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves, que há anos permite a farra de três empresários no departamento de futebol do Corinthians, entre os quais Fernando Garcia, irmão de Paulo Garcia, o dono da Kalunga.


Em tempo: para ser candidato a presidente, Emerson Piovesan terá que pedir demissão da Federação Paulista de Futebol, local em que exerce função remunerada, para, supostamente, trabalhar sem receber salários no Corinthians.


ATUALIZAÇÃO:

TUDO MUDOU!!!

Horas após a reunião que o definiu como candidato de Paulo Garcia à presidência do Corinthians, Emerson Piovesan, que estava receoso, desistiu de concorrer.

O grupo apoiará a candidatura de Mario Gobbi.

Garcia, nas próximas horas, deverá acertar a composição.

Augusto Melo, por enquanto, mantem-se como candidato, assim como Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: