Advertisements

Novas denúncias contra a CREFISA: banco de horas, empréstimo de 22% ao mês para aposentados, etc

No último domingo, o Blog do Paulinho publicou denúncias graves contra a CREFISA, efetuadas pela ex-funcionária L.M, que, entre outras coisas, indicou o sumiço do ‘banco de horas’ dos trabalhadores da empresa:

Leila Pereira, a pandemia, o Leilão do INSS e o sumiço do ‘banco de horas’

Ontem, o funcionário W. procurou-nos, também para desabafar:


“Bom dia Paulinho. Não quero me identificar, pois preciso trabalhar para levar o sustento para casa”

“Trabalho em uma das lojas no RJ”

“A Crefisa é uma empresa que procura burlar todos os direitos trabalhistas e que não tem nenhuma consideração aos seus colaboradores”

“Bem, o maior lote que foi adquirido no INSS está concentrado no RJ, existem lojas que chegam a receber por dia mais de 100 benefíciarios para liberar o benefício, com estruturas bem precárias, as vezes com menos de 50 mts2”

“Sendo obrigado atender a todos, sem horário para almoçar, pois o ponto eletrônico faz o registro de almoço automaticamente, só marcamos o horário de entrada e saída”

“Somos obrigados após a liberação de benefício, força este cliente a fazer empréstimo pessoal com juros que podem chegar até 22% ao mês, podendo comprometer até 55% do salário dos beneficiários”

A empresa simplesmente sumiu com nosso banco de horas, e ninguém fala mais nada.

No próximo dia 19 será feriado do comércio, a Crefisa nos considera como lojistas, daí somos obrigados a trabalhar neste dia e depois tirar uma folga no sábado.

Ou seja trocamos 8 horas de trabalho por 4 horas de folga, já que trabalhamos de Segunda a Sexta das 09 às 18 hs e sábado das 09 às 13 hs.

Obrigado por nos ajudar a desabafar toda nossa indignação, pois não temos onde recorrer

Nunca tivemos um sindicato sério.

Perante a justiça a empresa alega que somos apenas cadastradores e que temos metas apenas de divulgação dos produtos e não vendas, pelo argumento deles seria como se estivesse na loja esperando o cliente entrar para cadastrar ele no sistema e enviar para a mesa de análise.

Com o projeto do INSS, somos obrigados a ir com o cliente no caixa 24 hs sacar o pagamento, fazer transferência (Ted), criar senha de acesso ao aplicativo, desbloquear cartões de pagamento.

Sem contar os advogados que vão com o beneficiários na loja e precisamos fingir que somos bancários.

Sendo que a empresa abriu conta digital para todo mundo e não temos sistema para operar está conta.

Agora do nada cancelaram o cartão pré-pago para novas adesões e mesmo assim aqueles que já tinham pagam 11,50 por saque e 5,80 por transferência. Gerando várias reclamações na loja.

Enfim a empresa é uma bagunça, as pessoas da matriz são ignorantes e nos tratam com desdenho não temos suporte algum.

Trabalham sempre com ameaças de desligamento, se não bater a metas, se for ao médico, se ficar grávida, se tirar 30 dias de férias. Enfim temos que fazer o que eles querem, em troca de uma salário.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: